Jovem se sensibiliza e doa óculos para aluno de escola em Belford Roxo - Jornal Destaque Baixada

DESTAQUE

Home Top Ad




PUBLICIDADE

Jovem se sensibiliza e doa óculos para aluno de escola em Belford Roxo


Ganhar um brinquedo novo pode fazer a felicidade de qualquer criança. Mas o menino Jonathan Oliveira da Rocha, de 7 anos, aluno do 1º ano do ensino fundamental da Escola Municipal Tenente Valmor Lynch Valença, no bairro Shangrilá, em Belford Roxo, ficou mesmo contente foi em ganhar seus óculos novos, presente de grande importância para sua vida e seu desenvolvimento escolar. O presente foi dado pelo morador Daniel Silva de Lima, o Danielzinho, de 22 anos. Nascido e criado no bairro Shangrilá, Danielzinho conhece bem as necessidades da população. Em uma conversa informal com a diretora Jane Oliveira e com a professora Angélica Fernandes, ele ficou sabendo das dificuldades de Jonathan, se sensibilizou com o caso e prontamente resolveu ajudá-lo. “Estive algumas vezes na escola, conversei com a direção e vi o esforço do Jonathan em querer estudar. Não era justo ele ter tanta dificuldade de enxergar e com isso resolvi ajudá-lo. O menino fez todos os exames necessários e agora está ganhando os óculos. Fiquei muito feliz em poder colaborar com o menino”, disse emocionado. 

A diretora Jane Oliveira disse que Jonathan é um aluno muito aplicado e querido por todos os colegas de turma. “Ele tinha muitas dificuldades. Os óculos vão ajudar bastante no seu desenvolvimento e também no seu dia a dia”, enfatizou. De acordo com a professora Angélica Fernandes, a turma é formada por 20 alunos e cada criança tem uma história de vida. “Temos muitas carências. Muitas de nossos alunos sofrem com o abandono dos pais e a separação. Aqui realizamos um trabalho sócio-educativo com elas”, informou a professora.


Feliz em ver que o filho não terá mais dificuldades para enxergar, a mãe de Jonathan, Jaqueline Silva Oliveira, de 34 anos, que trabalhava como trocadora de ônibus, mas agora está cumprindo aviso prévio, não tinha palavras para agradecer a Danielzinho. “Fui mandada embora e estava muito preocupada, sem saber como iria conseguir comprar novos óculos para o meu filho. Graças a Deus, o Danielzinho viu a nossa necessidade e se sensibilizou com o nosso caso. Sem ele nada disso seria possível”, acrescentou Jaqueline.

23/08/2017

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, informe nossa equipe 21 984040-254

Post Bottom Ad

Pages