Belford Roxo já tem seus Defensores da Paz - Jornal Destaque Baixada

DESTAQUE

Home Top Ad




PUBLICIDADE

Belford Roxo já tem seus Defensores da Paz


Belford Roxo já conta com seus Defensores da Paz. A formatura dos 40 alunos que participaram da segunda edição do curso de Formação Defensores da Paz, promovida pela Defensoria Pública do Estado do Rio de Janeiro (DPRJ), foi realizada na Câmara Municipal e contou com a presença da coordenadora geral de Programas Institucionais da Defensoria Pública, Daniella Vitagliano, do procurador Geral da Prefeitura, Ricardo Tonassi, que representou o prefeito Wagner Carneiro, o Waguinho, da secretária de Assistência Social e Cidadania de Belford Roxo, Daniela Carneiro, a representante do Centro de Direitos Humanos de Nova Iguaçu, Yolanda Florentino e o secretário de Cultura, Bruno Nunes. 

Os participantes receberam certificados de conclusão e crachás de "Defensores da Paz". Ao longo do segundo semestre de 2017, os alunos participaram de 20 aulas relacionadas às temáticas dos Direitos Humanos (o que é educação em direitos e para que serve, como funciona o sistema de justiça, os direitos das crianças e dos adolescentes, da mulher, o direito à saúde e outros). A ação contou também com atividades como o Cine Debate e batalha de rap. De iniciativa da Coordenadoria de Programas Institucionais da DPRJ e do Núcleo de Defesa dos Direitos Humanos (Nudedh), o curso foi realizado em parceria com o Centro de Direitos Humanos de Nova Iguaçu (CDH) e recebeu apoio da Prefeitura de Belford Roxo. As aulas foram ministradas na Casa de Cultura de Belford Roxo. 

O procurador Geral Ricardo Tonassi disse que é importante a parceria da Prefeitura com a Defensoria Pública do Estado. “Sabemos da importância do trabalho desenvolvido pelo órgão. Ficamos orgulhosos de Belford Roxo ter sido uma das cidades escolhidas para este projeto de tão relevância”, enfatizou o procurador. A secretária de Assistência Social e Cidadania, Daniela Carneiro, disse que todo o aprendizado no curso será de grande valia para ajudar à comunidade. “Sabemos que muitos moradores desconhecem seus direitos e, com o aprendizado e, com o curso, os participantes serão agentes multiplicadores em suas comunidades, informando os seus direitos”, acrescenta. O secretário de Cultura, Bruno Nunes, parabenizou a todos da Defensoria Pública pelo desenvolvimento do projeto e aos participantes pelo empenho e dedicação no curso. 

Canal de comunicação

Para a coordenadora geral de Programas Institucionais da Defensoria Pública, Daniella Vitagliano, o curso é um canal de comunicação eficiente para que os alunos possam obter conhecimento adequado e ajudarem a solucionar problemas em suas comunidades. “Há casos de pessoas que não tem nem mesmo a certidão de nascimento. E, com os ensinamentos, os participantes poderão ajudá-los e vão contribuir para uma sociedade mais justa e igualitária”, ressaltou a coordenadora. A representante do Centro de Direitos Humanos de Nova Iguaçu, Yolanda Florentino, disse que foi muito importante para os moradores de Belford Roxo e da Baixada.

O orador da turma, Leandro Maia, ficou muito contente em concluir o curso Defensores da Paz. “Acredito que todos irão levar os conhecimentos e o aprendizado adquiridos para a vida. Seremos realmente agentes multiplicadores dos Direitos Humanos em nossa sociedade”, frisou. Salatiel Siqueira Lima, foi outro que participou do curso. “Aprendemos a lidar com o público e saber um pouco mais sobre os direitos humanos e diversidade”, disse.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, informe nossa equipe 21 984040-254

Post Bottom Ad

Pages