Hospital de Belford Roxo completa um mês com 13 mil atendimentos - Jornal Destaque Baixada

DESTAQUE

Home Top Ad




Post Top Ad

Hospital de Belford Roxo completa um mês com 13 mil atendimentos


Com fortes dores no corpo a doméstica Simone da Silva Tavares, não imaginou que pudesse conseguir atendimento médico rápido. Em companhia da filha Ianca, 22, procurou o Hospital Municipal de Belford Roxo (HMBR) no bairro Piam e não poupou elogios. “Fui muito bem atendida. Estou satisfeita”, disse. “Minha mãe estava com suspeita de chikungunya e fiquei surpreendida, pois o critério de risco, aqui no hospital, é levado a sério mesmo. Todos os exames foram realizados imediatamente. Excelente”, assegurou a filha. A unidade completa um mês de funcionamento. Sua reabertura aconteceu no dia do aniversário da cidade (3 de abril) depois de passar por reforma completa em toda a sua estrutura. Cerca de 13 mil pessoas já foram atendidas no HMBR nos primeiros 30 dias de funcionamento.


Com 62 leitos e capacidade para receber até mil pessoas diariamente, o Hospital Municipal realizou quase cinco mil atendimentos na primeira semana. Para o diretor- técnico da unidade, o médico Danton Novaes, sua reabertura gerou uma expectativa grande na população. “A verdade é que as pessoas procuraram o hospital nos primeiros dias, em busca de atendimentos que poderiam ter sido feitos nos postos de saúde da cidade e isso deixou o HMBR muito movimentado. No dia de sua reinauguração tinha fila do lado de fora. É como se tivesse soltado o freio de mão da população”, definiu o diretor. Médico com especialidade em Urologia, Danton trabalha com gestão hospitalar há 15 anos e já administrou hospitais em várias capitais do país. Ano passado, ele esteve como diretor geral do Hospital Rocha Faria, em Campo Grande, no Rio de Janeiro.

PRONTO ATENDIMENTO

Novinho, equipado, climatizado e informatizado, o hospital municipal funciona como pronto socorro 24h. Três pediatras, dois ortopedistas, quatro clínicos e um chefe de equipe fazem plantão diariamente. Nos primeiros 30 dias, 2.386 crianças passaram pela pediatria, que tem acesso exclusivo, separado do corredor de emergência. Pelo menos, 333 pacientes precisaram passar pelo exame médico radiológico no setor de tomografia. “Estou muito satisfeita com o atendimento, muito mesmo. Cheguei com meu marido, que já teve AVC (Acidente Vascular Celebral), passando muito mal e rapidamente ele foi encaminhado para o médico. Se o hospital não estivesse funcionando eu teria que procurar socorro em outro lugar. Graças a Deus o prefeito nos deu essa tranqüilidade”, assegurou Maria Helena Coelho.


Para o diretor Danton, o prefeito Wagner Carneiro, o Waguinho, foi “audacioso” quando abriu o hospital. “O prefeito Waguinho teve muita coragem e determinação para reabrir o HMBR num momento de crise financeira nacional. O mais interessante é vê-lo aqui no hospital, quase que diariamente e até de madrugada, acompanhando o funcionamento e conversando e aceitando sugestões dos pacientes. Quem faz isso ? Essa troca de informações com o usuário é sinal de que há preocupação com a qualidade do serviço público”, afirmou o diretor.

COM EMOÇÃO


Fabiana Bento da Silva, 40, fez questão de retornar ao hospital para agradecer. Emocionada, ela contou que chegou à unidade no dia 26 de abril com hemorragia. “Estava mal e perdendo muito sangue. Pensei que fosse morrer”, disse. Fabiana estava com sangramento ocasionado por miomas e foi prontamente atendida pelo diretor- técnico do hospital, o médico Danton Novaes. “Foi ele que me salvou. Parou tudo que estava fazendo para me dar os primeiros socorros e estabilizar a hemorragia. Deus colocou ele no meu caminho. Hoje estou aqui para agradecer ao doutor Danton e toda a sua equipe. Esse hospital tem um atendimento espetacular”, assegura.

Sobre uma cadeiras de rodas, Paulo Cezar Pinheiro, 60, saiu do hospital fazendo questão de compartilhar sua satisfação. “Atendimento nota 100”, disse em bom tom. “Estive nesse mesmo hospital há muitos anos e até hoje não esqueço o péssimo atendimento que me deram. Agora as coisas mudaram e o respeito ao próximo prevalece. Parabéns ao prefeito Waguinho, que eu ainda não tive o prazer de conhecer, e a todos que prestam o bom serviço. O povo de Belford Roxo precisava de amor. Era isso que faltava”, afirma.

03/05/2018

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, informe nossa equipe jornaldestaquebaixada@gmail.com

Post Bottom Ad

Pages