Polícia e MP fazem operação contra traficantes que atuam na Baixada Fluminense - Jornal Destaque Baixada

DESTAQUE

Home Top Ad




PUBLICIDADE

Polícia e MP fazem operação contra traficantes que atuam na Baixada Fluminense


O Ministério Público do Estado do Rio de Janeiro (MPRJ), por meio do Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado (GAECO/MPRJ), e a Polícia Civil, por meio da Delegacia de Combate às Drogas (DCOD), realizam nesta terça-feira (15/05) a operação Metástase II. O objetivo é cumprir 27 mandados de prisão contra denunciados por tráfico de drogas nos municípios de Duque de Caxias, Belford Roxo, São João de Meriti, Magé e Nova Iguaçu, na Baixada Fluminense.

As investigações tiveram início em 2016, após a apreensão em flagrante de uma adolescente que transportava drogas da comunidade Nova Holanda, no Complexo da Maré, para a favela Igrejinha, em São João de Meriti e para o Morro da Formiga, na Tijuca, Zona Norte do Rio. Na ação, os policiais apreenderam um telefone celular. Com autorização da Justiça, as linhas telefônicas de pessoas cujos contatos estavam salvos na agenda deste aparelho começaram a ser monitoradas.

A partir de então, as investigações identificaram que diversos destes contatos pertenciam a núcleos criminosos distintos, porém, todos ligados à mesma facção criminosa que controla o tráfico de entorpecentes em várias comunidades do Estado do Rio de Janeiro.

Ao longo de um ano de investigações, a polícia identificou que os traficantes dos núcleos de Magé e Duque de Caxias, usavam como estratégia, a cooptação de adolescentes para vender drogas ou mesmo como “braço armado” da organização criminosa, enfrentando a polícia em trocas de tiros. Segundo a denúncia, também foi possível constatar que os criminosos faziam uso de pessoas sem anotações criminais, principalmente mulheres, para realizar o transporte de drogas e armas entre favelas da Capital e da Baixada Fluminense.

De acordo com o Ministério Público fluminense, quatro dos acusados, que faziam parte do núcleo de São João de Meriti, também atuavam no roubo de cargas na região, fazendo uso de armas de fogo. Pelos crimes praticados, o MPRJ denunciou 27 pessoas por associação para o tráfico de drogas, quatro deles também foram denunciados pelo crime de associação para roubo de carga.

A ação conta com apoio de 200 policiais civis de diversas delegacias do DGPE (Departamento Geral de Polícia Especializada (DGPE), do Departamento Geral de Polícia da Capital (DGPC), do Departamento Geral de Polícia da Baixada (DGPB) e da Coordenadoria de Recursos Especiais (CORE).

15/05/2018

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, informe nossa equipe 21 984040-254

Post Bottom Ad

Pages