Polícia fecha fábrica de camisas piratas da seleção brasileira em São João de Meriti - Jornal Destaque Baixada

DESTAQUE

Home Top Ad




PUBLICIDADE

Polícia fecha fábrica de camisas piratas da seleção brasileira em São João de Meriti

Por Maurício Tambasco

SÃO JOÃO DE MERITI - Policiais da Delegacia de Repressão aos Crimes Contra a Propriedade Imaterial (DRCPIM) fecharam, nesta segunda-feira (14/05), uma fábrica que produzia camisas piratas da seleção brasileira de futebol e detiveram oito pessoas. O caso ocorreu na Rua Camila César, no Centro de São João de Meriti, na Baixada Fluminense.

De acordo com o titular da especializada, delegado Maurício Demétrio, cerca de cinco toneladas de material utilizado na produção e o maquinário foram apreendidos faltando um mês para a Copa do Mundo e estão avaliados em R$ 3 milhões. O local produzia cerca de 1000 camisas por dia, que eram vendidas por R$ 50.


As investigações para encontrar o local do crime começaram em abril, depois que a delegacia especializada começou a receber denúncias anônimas.

- Há mais ou menos um mês, estávamos recebendo denúncias anônimas de que, naquela área, haveria uma fábrica de falsificação de camisas da seleção brasileira. Começamos a buscar pelo local desde então e, felizmente, após investigação, conseguimos localizar – ressaltou o delegado.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, informe nossa equipe 21 984040-254

Post Bottom Ad

Pages