Em Nova Iguaçu, obras do Minha Casa Minha Vida Parque Guandu serão retomadas - Jornal Destaque Baixada

DESTAQUE

Home Top Ad




PUBLICIDADE

Em Nova Iguaçu, obras do Minha Casa Minha Vida Parque Guandu serão retomadas


Contemplados do programa Minha Casa Minha Vida Residencial Parque Guandu, no bairro Jardim Guandu, receberam a notícia de que o Governo Federal liberou cerca de R$ 40 milhões para a retomada das obras dos 1.192 apartamentos, paralisadas em 2016. O anúncio foi feito pelo Ministro das Cidades, Alexandre Baldy, nesta segunda-feira (04). Ele informou que o serviço deve recomeçar em até 30 dias. O ministro e o presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia, foram recebidos pelo prefeito de Nova Iguaçu, Rogerio Lisboa, no empreendimento.

De acordo com representantes do Banco do Brasil, a obra foi paralisada pela antiga construtora, que abandonou o serviço. Porém, após muita negociação, o banco conseguiu contratar uma nova empresa. “Desde o dia 26 de dezembro, última vez que estivemos aqui, estávamos nessa luta. Vencer a burocracia no Brasil é um desafio muito grande. Após seis meses, estamos de volta para assinar a autorização da retomada da obra, com verba do Fundo de Arrendamento Residencial (FAR)”, conta o ministro.

No ano passado, 1.440 unidades foram entregues. “Nessa retomada, está incluído também a reestruturação de cerca de 1.300 apartamentos que apresentaram problemas, além da construção de muros para a segurança dos moradores. Sob a responsabilidade da prefeitura, ficará a construção da creche e da escola, um pedido dos moradores”, completa Baldy.

Lisboa lembrou do Residencial Jardim Laranjeiras, que passa pelo mesmo problema. “Do mesmo jeito que lutamos para retomar essas obras, estamos lutando pelo Jardim Laranjeiras. E vamos resolver”, garante o prefeito. “Queremos trazer paz para essas pessoas que tanto lutam, tirar delas essa angústia, que começou desde a gestão passada”, completa o prefeito.

A aposentada Cláudia Maria dos Santos, 64, contou que o filho está entre os contemplados e que não vê a hora de vê-lo morar no local com a família. “O Carlos é ajudante de pedreiro e ganha muito pouco. Meu filho é casado e tem duas filhas pequenas. Seu maior sonho é dar uma casa para elas. Eles moram comigo. Hoje, estou tendo de volta a esperança de que ele vai conseguir realizar esse desejo”, revela Cláudia.

04/06/2018

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, informe nossa equipe 21 984040-254

Post Bottom Ad

Pages