Criatividade nos muros de escola para alunos especiais de Nova Iguaçu - Jornal Destaque Baixada

DESTAQUE

Home Top Ad




PUBLICIDADE

Criatividade nos muros de escola para alunos especiais de Nova Iguaçu


Despertar a criatividade, melhorar a coordenação motora, a concentração, controle, paciência e o interesse pela arte dos alunos com deficiência. Esses foram os objetivos do projeto ‘Muro Verde’, parceria entre o Supermercado Vianense e Secretaria Municipal de Educação, que esteve nesta quarta-feira (5), no Centro de Ações Integradas Castorina Faria Lima, o CAIESP, no Jardim Tropical. A unidade, que tem 205 alunos entre jovens e adultos portadores de necessidades especiais, começou a ter os muros pintados e com desenhos de coração e borboletas.

“Temos jovens e adultos todos portadores de necessidades especiais, como deficiência auditiva e física, síndrome de down, com deficiência intelectual e autismo. Tentamos trazer para eles tudo que é normal, pois já são excluídos pela sociedade. Nossa escola está mais colorida e alegre. Hoje foram 60 alunos participantes, mas vamos remarcar uma nova data para pintar toda a escola que tem 15 mil metros quadrados”, afirmou Luciana Bertolini Ferreira, diretora do CAIESP.

Mariana Mol Badia Bussada, de 25 anos, que nasceu com Anoxia cerebral (quando o oxigênio está ausente ou esgotado e incapaz de chegar corretamente aos órgãos ou tecidos) e síndrome do Apert (desordem genética que causa desenvolvimento anormal da caixa craniana), sujou as mãos de tinta e ajudou a pintar os muros da escola.

“Ver minha filha interagindo com outras pessoas é emocionante para mim. Essa escola é o mundinho dela e agora pegou amor pela arte, tanto que quer entrar no curso de pintura”, disse a mãe da menina, a dona de casa Fátima Cristina Mol, 62, que mora sozinha com a filha num apartamento em Cabuçu.

Mãe do jovem Josivan Bezerra, 16, que tem síndrome de down, Raquel Primo Martins, 44, lembrou que o filho quer seguir os passos do pai, que é pintor.

“Ele vê o pai pintando e quer fazer igual em casa. Aqui na escola, meu filho disse que vai pintar todos os muros. Com essa arte, ele ficou um garoto mais sensível e mais feliz. Ele adora misturar as cores. Vê-lo mais feliz não tem preço”, comentou Raquel.

Coordenador do projeto Muro Verde, Marcos dos Santos Gabriel, ficou surpreso com o talento dos alunos do o CAIESP. Segundo ele, os jovens puderam pôr em prática toda sua criatividade nos muros da escola.

“Fiquei surpreso com o carinho destes jovens que criaram os desenhos nas paredes como corações e borboletas. Foi uma experiência única. Já passamos por mais de 30 escolas de Nova Iguaçu e vamos continuar levando conscientização ambiental e ajudando a expressarem seus sentimentos através da pintura”, destacou.
05/09/2018

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, informe nossa equipe 21 984040-254

Post Bottom Ad

Pages