Light volta a fazer operação em Queimados e encontra 1.135 "gatos" - Jornal Destaque Baixada

DESTAQUE

Home Top Ad




Post Top Ad

Light volta a fazer operação em Queimados e encontra 1.135 "gatos"


QUEIMADOS - A Light realizou uma nova operação de combate ao furto de energia em Queimados, na Baixada Fluminense, na última sexta-feira (4). Esta região, onde 40% da energia que é distribuída é furtada, apresenta grande número de ligações clandestinas de energia e o resultado da ação de hoje não foi diferente: em 1.642 locais inspecionados, foram detectadas 1.135 irregularidades no consumo de energia, isto é, o índice de acerto nas verificações foi de 70%.

As ligações clandestinas de energia, conhecidas como “gatos”, sobrecarregam a rede de distribuição da Light e provocam interrupções do fornecimento. Entre os dias 01º e 07 de Julho de 2017, a Light atendeu a 10 mil chamados em razão de interrupções. O maior número de ocorrências foi registrado justamente nas regiões onde se furta mais energia e, além da Baixada Fluminense, as localidades mais afetadas são as Zonas Oeste e Norte do Rio de Janeiro.

Combate ao furto de energia

O furto de energia em toda a área de concessão da Light, que abrange 31 municípios do Estado do Rio de Janeiro, corresponde a cerca de 40% sobre a carga distribuída para a rede de baixa tensão, o equivalente ao consumo do Espírito Santo, durante um ano. 



E o que a Light tem feito para combater isso? Por meio de uma parceria com a Delegacia de Defesa dos Serviços Delegados (DDSD) e com as delegacias locais, a companhia já realizou, de janeiro a junho de 2017, 197.045 mil inspeções, sendo detectadas 144.983 mil irregularidades (todas normalizadas), ou seja, a cada 100 clientes, 73 furtavam energia.



O furto de energia é crime previsto no artigo 155 do Código Penal, com pena que pode chegar a oito anos de reclusão. 



Denuncie



A Light conta com o apoio da população para denunciar o furto de energia. Basta entrar em contato pelos seguintes canais:

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, informe nossa equipe jornaldestaquebaixada@gmail.com

Post Bottom Ad

Pages