Vereador é preso acusado de mandar matar rival político em Nilópolis - Jornal Destaque Baixada

DESTAQUE

Home Top Ad

PUBLICIDADE

09/05/2019

Vereador é preso acusado de mandar matar rival político em Nilópolis


A Secretaria de Estado de Polícia Civil (Sepol), por meio da Delegacia de Homicídios da Baixada Fluminense (DHBF), realiza na manhã desta quinta-feira (09/05) a operação Dedo Podre no município de Nilópolis, na Baixada Fluminense. A ação tem como objetivo desarticular uma organização criminosa coordenada pelo presidente da Câmara de Vereadores de Nilópolis, Jorge Henrique da Costa Nunes, o Dedinho.



De acordo com o delegado Moyses Santana, titular da DHBF, as investigações tiveram início após a apreensão de um caderno pela Delegacia de Roubos e Furtos de Automóveis (DRFA), no Complexo da Penha. Nele os policiais encontraram anotações com o planejamento do assassinato do vereador Roberto de Barros, o Betinho que teria sido encomendado pelo presidente da Câmara.

Ainda segundo o delegado, durante as investigações, foi constatado que Betinho passou a incomodar o presidente da Câmara ao ingressar com um mandado de segurança para anular os atos dele relacionados a disputa pela presidência do legislativo municipal.



As investigações apontaram ainda o envolvimento de Ronaldo Izidoro e Valdemar Pereira da Silva como os executores do crime. A dupla seria também responsável pelo homicídio de um integrante da própria organização criminosa que teria sido morto por não ter conseguido executar Betinho.

TEM INSTAGRAM? SEGUE A GENTE CLICANDO AQUI

09/05/2019
Compartilhe nas redes sociais e WhatsApp

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, informe nossa equipe 21 97629-7675

Post Bottom Ad

Pages