Secretarias se mobilizam para ajudar vítimas das chuvas em Belford Roxo - Jornal Destaque Baixada

DESTAQUE

PUBLICIDADE

02/03/2020

Secretarias se mobilizam para ajudar vítimas das chuvas em Belford Roxo


A Secretaria Municipal de Defesa Civil e Ordem Urbana de Belford Roxo montou um gabinete de crise para acompanhar e monitorar a situação provocada pelas fortes chuvas que atingiram todo o Estado do Rio de Janeiro. Até agora foram registrados no município 8 deslizamentos de terra; 4 quedas de árvores; 3 muros tombados; um afundamento de solo e um desabamento de residência (sem vítimas). Todos esses registros estão sendo acompanhados pelas equipes da prefeitura.

A Defesa Civil informou que choveu, em média, 75 milímetros em 12 horas, o que equivale a 13 dias de chuvas. O volume de água fez o rio Botas transbordar. Os principais bairros alagados foram: Nova aurora, Lote XV, Vale do Ipê, Jardim Brasil, Parque Amorim, Roseiral, Maringá, Vila Pauline, Heliópolis, Itaipu, Andrade de Araújo, Shangrilá Rosa, Shangrilá Torre, Jardim Pinheiros e São Francisco.

Profissionais da Defesa Civil e da Secretaria de Conservação estão atuando desde a madrugada de domingo, quando as chuvas provocaram alagamentos, para ajudar as pessoas e agir

Além da Secretaria de Defesa Civil, profissionais da Secretaria de Assistência Social e Cidadania fizeram um plantão social no condomínio Babi, uma das áreas mais afetadas da cidade. Os agentes atuaram na limpeza e fiscalização dos prédios e não identificaram riscos à estrutura do condomínio. Assistentes sociais e recolheram pedidos de doações sobre necessidades emergenciais dos moradores. Além disso, realizaram emissão de segunda via de documentos.

“A prefeitura chegou aqui rápido com os equipamentos e os agentes para limpeza. Eles estão ajudando muitas pessoas aqui que perdeu tudo para recuperar documentos e trazer cestas básicas”, contou Ana Paula, moradora do condomínio.

A Fundação de Desenvolvimento Social de Belford Roxo (Funbel) está arrecadando doações para as vítimas das chuvas. O órgão também fez uma ação social no Condomínio Babi (um dos locais mais atingidos), no bairro Recantus, para cadastrar moradores que porventura precisem de cestas básicas, colchonetes e isenções para segunda via de documentos.

As doações podem ser entregues na sede da Funbel, que fica na Rua Adélia Sarruf, 39, Areia Branca.

Pontos de apoio

A Prefeitura montou também os seguintes pontos de apoio às vítimas das chuvas: Cras I (Iolanda Costa), Cras II (Santa Marta), Cras III (Nova Aurora), Cras IV (Lote XV), Cras V (Shangrilá), Cras VI (Bom Pastor), Cras VII (Sargento Roncalli), Cras VIII (Parque Suécia), Cras IX (Jardim do Ipê), Cras X (Centro), Cras XI (Wona), Cras XII (Babi), Cras XIII (Santa Tereza) e Condomínio Babi.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, informe nossa equipe 21 97629-7675

cel

Post Bottom Ad

Pages