Belford Roxo mantém suspensão de aulas presenciais no mês de Outubro - Jornal Destaque Baixada

DESTAQUE

PUBLICIDADE

10.02.2020

Belford Roxo mantém suspensão de aulas presenciais no mês de Outubro


O Conselho Municipal de Educação de Belford Roxo reuniu-se de forma virtual, em sessão extraordinária, essa semana, para dar continuidade ao debate sobre a possibilidade de retomada das aulas presenciais nas unidades de ensino. Esse encontro complementa a discussão iniciada no dia 17 de setembro, quando foi realizada a 1ª reunião com a mesma pauta. Depois de avaliar os resultados dos questionários respondidos por professores e responsáveis decidiu-se por manter a suspensão das aulas presenciais na rede municipal durante o mês de outubro. O conselho irá se reunir novamente para decidir sobre o mês de novembro.

Até o momento, no questionário respondido por profissionais da educação, 85% não concordam com o retorno às aulas presenciais. Enquanto entre os responsáveis, 64% não mandariam seus filhos para as escolas caso as aulas presenciais retornassem agora. Porém esta pesquisa ainda não é conclusiva. Além dos conselheiros, a reunião contou com a participação de representantes das unidades escolares municipais e privadas, pais e responsáveis, representantes do setor de Epidemiologia da Secretaria de Saúde, técnicos da Secretaria de Educação e representante dos Conselhos Escolares e dos Conselhos do Fndo de Desenvolvimento da Educação Básica (Fundeb) e Conselho de Alimentação Escolar (CAE).

A decisão de manter o ensino remoto ainda no mês de outubro na rede foi embasada também nos dados que a representante do setor de epidemiologia Ana Paula Goulart apresentou com altos índices de incidência, prevalência e letalidade relativos ao COVID -19 em setembro. Para o secretário municipal e Educação, Denis Macedo, os números indicam que ainda não há segurança para o retorno das aulas presencias. “Para que aconteça essa volta, seria necessário um consenso entre profissionais da educação e responsáveis pelos alunos. A pesquisa realizada indicou que a maioria dos que responderam o questionário optaram pelo não ao retorno imediato”, explicou Denis.

A chefe do Ensino Fundamental, Simone Ramos, explicou que desde o Início da pandemia os profissionais da educação têm se empenhado em desenvolver aulas remotas, através de redes sociais e material impresso com os livros adotados pelo município. A equipe pedagógica ainda disponibilizou um link onde são preenchidos os conceitos e habilidades que os professores têm desenvolvido com os alunos e o acompanhamento da frequência nesse período. “Acompanhamos de perto todo esse processo, inclusive no se refere à condição emocional dos profissionais e que a formação oferecida de forma virtual permitiu estreitar esse contato”, resumiu Simone

Rede Privada 

Já na rede privada, devido às especificidades desse segmento, a discussão sobre a questão terá continuidade numa reunião agendada para a próxima terça-feira (06-10), entre os representantes das escolas particulares inscritos e o secretário de Educação, Denis Macedo. O mesmo acontecerá com as Instituições filantrópicas, que terá uma reunião específica, ainda a ser agendada, para debater sobre o assunto.

TEM INSTAGRAM? SEGUE A GENTE CLICANDO AQUI

02/10/2020 
Compartilhe nas redes sociais e grupos de WhatsApp


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, informe nossa equipe 21 97629-7675

cel

Post Bottom Ad

Pages