Ex-alunos da rede municipal passam em concurso e ingressam em escolas federais - Jornal Destaque Baixada

DESTAQUE

Home Top Ad

PUBLICIDADE

28/03/2018

Ex-alunos da rede municipal passam em concurso e ingressam em escolas federais

 
Sucesso dos estudantes é atribuído à dedicação aos estudos e a excelência do ensino oferecido pela Prefeitura

Yago, de 15 anos, Richard, 15, Isabelly, 15, e Frank, 16. Os quatro adolescentes têm duas coisas em comum: concluíram o ensino fundamental na rede municipal e ingressaram este ano em escolas federais sediadas na região. O excelente desempenho dos estudantes nos concursos que realizaram para ter acesso ao Centro Federal de Educação Tecnológica Celso Suckow da Fonseca (CEFET/Itaguaí) e ao Colégio Técnico da Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro (CTUR) deve-se, em primeiro lugar, à dedicação de cada um aos estudos e depois a excelência do ensino oferecido pela Prefeitura de Itaguaí.
Yago Henrique Lanes Bonfim, Richard Luiz da Rocha Gabry e Frank de Oliveira Medeiros Júnior estudavam no Ciep 300 Municipalizado Prefeito Vicente Cicarino, no Centro. O futuro dos três garotos começou a ser desenhado no fim de 2017 quando eles decidiram prestar concurso para o primeiro ano do ensino médio, associado ao curso técnico em mecânica industrial, do CEFET/Itaguaí. A disputa foi acirrada. Eram 40 vagas para mais de 300 jovens inscritos. O resultado final para os meninos itaguaienses não poderia ter sido melhor. Yago, Richard e Frank conquistaram um lugar na famosa instituição federal.

“Meus pais e o Ciep 300 foram determinantes para que eu conseguisse a vaga”, citou Yago.

Isabelly Falagan, a única menina do grupo, terminou seu ensino fundamental na Escola Municipal Vereador José Galliaço Prata, no bairro Amendoeira. Isabelly sonha em fazer medicina. Mas, enquanto não chega essa hora, ela decidiu disputar uma vaga para o curso técnico de agroecologia do CTUR. Saiu vitoriosa.

“Os professores da Galliaço me ajudaram muito para que eu passasse no concurso”, apontou Isabelly.  
 
Basta conversar sobre o assunto com os quatro adolescentes para perceber a alegria e motivos que os levaram a obter êxito nos concursos. Modestos, eles atribuem à vitória alcançada ao bom ensino que receberam nas escolas municipais, ao apoio da família e à dedicação dos professores. Mas, nada disso foi mais decisivo para o sucesso dos jovens, do que a determinação e o desempenho que tiveram em sala de aula. Os três jovens egressos do Ciep 300 se tornaram referência para os demais alunos da escola. Recentemente eles deram uma palestra na unidade com o objetivo de incentivar os colegas a seguir o mesmo caminho.

Rita de Cássia Monteiro e Maria José de Andrade Mariano, gestoras do Ciep 300 e da José Galliaço, respectivamente, sentem orgulho dos ex-alunos. De certa forma, elas também os ajudaram a chegar às escolas federais, pois criaram meios nas unidades para que qualquer estudante possa desenvolver seus conhecimentos extracurriculares. 
 
28/03/2018

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, informe nossa equipe 21 984040-254

Post Bottom Ad

Pages