Falso médico preso pode ter atendido milhares de pessoas em Nova Iguaçu - Jornal Destaque Baixada

DESTAQUE

Home Top Ad

PUBLICIDADE

18/06/2018

Falso médico preso pode ter atendido milhares de pessoas em Nova Iguaçu


Policiais da Delegacia do Consumidor (Decon) e da Delegacia de Homicídios da Baixada Fluminense (DHBF), prenderam Roberto Carlos Rivero Salazar, de 44 anos, acusado de atuar como falso médico na Clínica Climoni, em Nova Iguaçu, na Baixada Fluminense.

De acordo com os agentes, Roberto foi detido no momento em que atendia uma vítima. O boliviano, a vítima e duas atendentes foram conduzidos à Decon, onde o mesmo foi autuado pelo crime de Exercício Ilegal da Medicina.

A Polícia instaurou inquérito policial para apurar se os responsáveis pela clínica tinham ou não conhecimento que o mesmo não era habilitado para exercer a profissão de médico. No local foram apreendidas fichas médicas de cadastros de pacientes, receituários, carimbos etc.  A polícia investiga quantas pessoas já haviam passado pelas mãos de Roberto e acredita que milhares de pacientes foram vítimas do mesmo.

A clínica onde Roberto foi preso oferecia serviços médicos a preços populares. As investigações seguem para identificar outras pessoas que possam participar do eventual esquema.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, informe nossa equipe 21 984040-254

Post Bottom Ad

Pages