Shoppings abrem quase 2 mil vagas de emprego temporário - Jornal Destaque Baixada

DESTAQUE

Home Top Ad




PUBLICIDADE

20/11/2018

Shoppings abrem quase 2 mil vagas de emprego temporário

Reportagem: Ana Clara Veloso/ Foto: Alziro Xavier
Para 76.500 brasileiros, o melhor presente neste Natal deve ser uma oportunidade de trabalho ainda que temporária. Segundo a Confederação Nacional do Comércio de Bens, Serviços e Turismo (CNC), esta é projeção de contratação para o fim deste ano, o que deverá representar um avanço de 2,8% em comparação com o número de vagas ofertadas no mesmo período de 2017. Para quem busca uma colocação imediata no mercado, o EXTRA reúne, pelo menos, 1.613 chances de emprego já abertas em shopping centers. Veja abaixo como se candidatar a cada uma.

— O cenário este ano é um pouquinho melhor, pois as vendas vão crescer. E contratar é uma aposta que o comércio faz nesta data totalmente relacionada à expectativa. O Natal é a principal data do ano para o comércio, pois, além do apelo de consumo, coincide com o pagamento do 13º salário. A diferença dos números comparados aos da segunda maior data comemorativa para o varejo, o Dia das Mães, é enorme: movimentação de R$ 44 bilhões contra R$ 7 bilhões — revelou Fabio Bentes, economista-chefe da CNC.

Segundo a confederação, os segmentos com a maior oferta de oportunidades são vestuário e calçados (49.600 vagas), seguidos por hiper e supermercados (14.100) e lojas de artigos de uso pessoal e doméstico (8.900).

Bentes explica, em linhas reais, qual o perfil profissional desejado nesta época:

— Nos meses de novembro e dezembro, poucos segmentos do comércio exigem experiência dos trabalhadores. A duração do contrato varia de loja para loja, mas, em geral, gira em torno de dois meses. A expectativa salarial média para os temporários é de R$ 1.211. Eles recebem comissões.

Trata-se, portanto, de uma boa oportunidade para melhorar o currículo. Mas não pense que o trabalho é fácil. Kely Rodrigues, responsável pela loja Mercatto do Bangu Shopping, ensina.

— O trabalho temporário exige disposição. Para ter um bom desempenho, o vendedor tem que saber o que está vendendo, as tendências, as cores e os estilos, além de dar um bom atendimento ao público — afirmou a profissional, ressaltando que quem se dedica pode ser recompensado pela rede futuramente: — Quem se destaca pode, sim, ser efetivado. Quando não temos oportunidades aqui, encaminhamos para outras unidades da Mercatto.

COMO SE CANDIDATAR

Outlet Premium

O shopping oferece cerca de 200 postos, como os de gerente, vendedor, operador de caixa e estoquista. Quem se interessar pode buscar informações no portal do centro comercial (http://vagas.intranetmall.com.br/oprj/) ou levar os currículos diretamente às lojas que já estão contratando, como McDonald’s, Calvin Klein, Colcci, New Balance, Vans e Reserva. Endereço: Rodovia Washington Luiz, Km 109, Duque de Caxias, na Baixada Fluminense.

Barra Shopping

A loja Puket tem duas vagas: uma para auxiliar de loja e outra para estoquista. É necessário ter experiência no setor. Inscrições podem ser feitas pelo e-mail curriculosadm2014@gmail.com. Para ficar atento a outras chances que venham a ser abertas, acesse o endereço virtual www.barrashopping.com.br/trabalhe-conosco.

Bangu Shopping

A Aquamar está recebendo currículos de mulheres, na loja ou pelo e-mail sac@aquamar-rio.com.br. Não é preciso ter experiência. Já a South tem 20 oportunidades para vendedores e recebe currículos na loja. Fica na Rua Fonseca 240.

Shopping Jardim Guadalupe

Onze vagas estão abertas na loja Riachuelo, sendo três para operador de caixa e oito para assistente de vendas. Os candidatos devem levar seus currículos até a loja e informar que desejam concorrer às vagas temporárias de Natal. O centro comercial fica na Avenida Brasil 22.155, em Guadalupe, na Zona Norte.

Carioca Shopping

Oferece 700 vagas para maiores de 18 anos, que tenham ensino fundamental completo. Entre as chances oferecidas estão oportunidades para vendedores, estoquistas, operadores de caixa e atendentes de lanchonetes. As lojas recebem currículos diretamente (Avenida Vicente de Carvalho 909), mas também é possível se cadastrar na página virtual www.cariocashopping.com.br.

Caxias Shopping

Candidatos com mais de 18 anos e ensino fundamental completo podem se candidatar a uma das 600 vagas oferecidas. As inscrições podem ser feitas pelo endereço virtual www.caxiasshopping.com.br. Outra opção é entregar currículos diretamente nas lojas, como Aquamar e Mercatto. Endereço: Rodovia Washington Luiz 2.895.

Passeio Shopping

São 80 vagas para maiores de 18 anos. A maioria é para vendedor, mas há oportunidades em outras áreas. Os interessados podem entregar seus currículos nas lojas ou na administração do centro comercial (Rua Viúva Dantas 100, em Campo Grande), assim como enviá-los para o e-mail recepcao@passeioshopping.com.br.

Recreio Shopping

As vagas exigem mais de 18 anos e um pouco de experiência. Os interessados devem enviar currículos para My Place (recreio@myplace.com.br), Boticário (novostalentos@grupoboticario.com.br) e Corpo & Alma (corpoealmarecreio@corpoealma.com).

Shopping Nova Iguaçu

Na Mr. Cat, há vagas para caixa. Em Redley, WQSurf, Espaço Rubronegro, Sonho dos Pés, Cacau Show, Di Santinni, Zinzane e outras, a procura é por vendedores. No Frontera, procura-se pizzaiolo com experiência. No Werner Coiffeur, há chances para profissionais de beleza. Na Espaço Laser e na Euro Colchões, há vagas definitivas para gerentes de vendas. Nos restaurantes Giraffas e Degani Donuts Café, há postos para atendentes. Mais informações podem ser obtidas no aplicativo do shopping center, disponível gratuitamente em Google Play e App Store.

COMO DEVE SER O CONTRATO

O contrato de trabalho temporário ainda gera dúvidas entre os selecionados para vagas de fim de ano. Por isso, Antônio Carlos Aguiar, advogado e diretor do Instituto Mundo do Trabalho, explica que as empresas podem recrutar trabalhadores para vagas extra-Natal, mas também podem chamar um temporário para substituir um funcionário afastado por férias ou licença-maternidade. Seja qual for o motivo, há regras a seguir.

— O trabalhador precisa ficar atento. Seus direitos são jornada de oito horas, com remuneração de horas extras, que não podem passar de duas horas diárias; férias proporcionais ao tempo trabalhado; adicional por trabalho noturno; e indenização por dispensa sem justa causa ou término normal do contrato, correspondente a 1/12 do pagamento recebido; além de recolhimento para o INSS — disse o advogado, destacando que o trabalhador pode ir à Justiça em caso de descumprimento da legislação por parte da empresa.

O contrato deve ser feito por uma prestadora de serviços de terceirização de mão de obra.

— O temporário não tem seu contrato firmado diretamente com o empregador. Na verdade, sua relação contratual é com a agência, ou seja, a empresa contratada pelo tomador de serviços. Mas é preciso prestar atenção: é necessário verificar se essa empresa que faz a contratação está registrada no Ministério do Trabalho — disse Aguiar.

O trabalhador também deve ter um contrato com validade de, no máximo, 180 dias, com obrigatoriedade de carteira assinada. Segundo o especialista, a posterior efetivação, em geral, ocorre diretamente na empresa que contratou a prestadora de serviços.

TEM INSTAGRAM? SEGUE A GENTE CLICANDO AQUI

Com informações do Jornal Extra
20/11/2018

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, informe nossa equipe 21 984040-254

Post Bottom Ad

Pages