Cemitérios são interditados em Duque de Caxias - Jornal Destaque Baixada

DESTAQUE

Home Top Ad

PUBLICIDADE

07/01/2019

Cemitérios são interditados em Duque de Caxias


O prefeito Washington Reis decidiu interditar os cinco cemitérios existentes no município de Duque de Caxias após encontrar 23 corpos no necrotério do Hospital Municipal Dr. Moacyr Rodrigues do Carmo, na manhã do último sábado (05/01). Os corpos estavam acumulados no local porque a concessionária que administra os cemitérios na cidade se negou a realizar os enterros aos finais de semana. No mesmo dia, parentes das vítimas contaram que a empresa alegou só poder fazer os sepultamentos na terça-feira, ou seja, quatro dias após. Neste momento, o necrotério encontra-se lotado e sem condições de receber mais corpos.

Além deste problema no HMMRC, a concessionária apresenta uma série de outras irregularidades e fraudes constatadas pela Prefeitura na administração da empresa, que foi flagrada pela equipe da Secretaria Municipal de Fazenda e Planejamento cometendo o crime de sonegação fiscal, após ocultar um faturamento superior ao que foi oficialmente declarado.


Desde o início de 2017, quando assumiu o Executivo Municipal, o prefeito Washington Reis vem lutando para suspender a concessão dos serviços funerários da cidade entregues para a administração da empresa responsável pelo ex-prefeito Zito, quando este ainda estava à frente do governo municipal. A empresa humilha a população, apresenta um péssimo serviço e atua de maneira cruel com quem precisa se despedir de seus entes queridos.

Enquanto luta para melhorar os serviços, a Prefeitura está finalizando a construção de um novo cemitério público municipal, às margens da Rodovia Washington Luís. O local, que já poderia estar realizando enterros gratuitos para a população, está praticamente concluído mas ainda não obteve a autorização, já que a concessionária entrou com uma liminar na justiça impedindo o seu funcionamento.

Os preços abusivos cobrados pela empresa chegam a R$ 4 mil, inclusive para aqueles que comprovam não ter condições de arcar com tamanha despesa. E, mesmo quem consegue pagar essa conta, recebe um serviço incompatível e irresponsável, com grandes problemas estruturais, ambientais e de execução. Com relação aos enterros gratuitos garantidos por lei, a empresa também se omite e não cumpre o mínimo de sepultamentos determinados.

Ao mesmo tempo em que aguarda a decisão da justiça sobre o pedido de suspensão da concessão, a Prefeitura realiza vistorias de rotina para fiscalização ambiental e de serviços públicos nos cinco cemitérios existentes no município. Durante essas vistorias, várias vezes as equipes da PMDC encontraram diversas irregularidades e crimes ambientais, além de condições desumanas e um grande desrespeito com a população. As irregularidades constatadas levaram o prefeito Washington Reis a aplicar multas que ultrapassam o valor de R$ 1,5 milhão de reais, além de cobrar que a empresa regularize o serviço.

TEM INSTAGRAM? SEGUE A GENTE CLICANDO AQUI

07/01/2019

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, informe nossa equipe 21 97629-7675

Post Bottom Ad

Pages