Belford Roxo entrega mais de 120 carteiras de identidade a crianças da rede - Jornal Destaque Baixada

DESTAQUE

PUBLICIDADE

16/04/2019

Belford Roxo entrega mais de 120 carteiras de identidade a crianças da rede


O Projeto Protegendo o Futuro entregou as carteiras de identidade para mais de 120 alunos do 1º ao 9º ano de escolaridade da rede municipal de Belford Roxo que foram cadastrados. A entrega aconteceu na Escola Municipal Heliópolis e contou com a presença da deputada federal, Daniela do Waguinho. O projeto é desenvolvido pela Secretaria de Assistência Social e Cidadania (SEMASC), em parceria com a Secretaria de Educação, Ministério Público (MP) e Detran e tem como objetivo prevenir o desaparecimento de crianças e adolescentes. Receberam as carteiras de identidades alunos das Escolas Municipais Sebastião Herculano de Mattos, Álvaro Lisboa Braga, Heliópolis e Ernesto Pinheiro Barcelos.

Emocionada, a deputada federal, Daniela do Waguinho explicou como foi o processo de criação do Projeto Protegendo o Futuro. “Quando eu estava à frente da pasta de Assistência Social e Cidadania, em 2017, fiz uma avaliação muito ampla das necessidades da população. Foi quando recebi informações do MP da quantidade de crianças desaparecidas. De 500 crianças desaparecidas no Estado, 140 são de Belford Roxo. Fiquei em choque e preocupada. Na hora pensei em meus filhos e me sensibilizei. Foi nesse momento que percebi que tinha que fazer alguma coisa. Nos mobilizamos, fizemos parcerias e o resultado está aí na entrega das carteiras de identidade”, informou. Daniela ainda ressaltou que está empenhada a fazer muito mais em Brasília para contribuir com a cidade.

Segundo o secretário de Assistência Social e Cidadania, Diogo Bastos, o projeto é uma forma de identificar as crianças e evitar o desaparecimento. “Belford Roxo é pioneiro no projeto. O projeto foi premiado em Brasília pela Secretaria Nacional de Direitos Humanos, como o melhor projeto: Prêmio Direitos Humanos 2018, com direito a troféu e certificado. A nossa deputada Daniela do Waguinho está levando o projeto para a Câmara Federal e a tendência é ampliar com o apoio de Brasília”, informou. De acordo com a secretária executiva de Educação, Késia Macedo, o projeto já beneficiou mais de 600 crianças da rede municipal. “Nosso secretário, Denis Macedo diz que as crianças já se sentem adultas por já terem documento e sempre pede para elas andarem com ele para qualquer lugar”, finalizou.

Priscila da Silva, 29 anos, e Andreia Barbosa da Conceição, 29, mães de Alef da Silva e Arthur Barbosa, respectivamente, alunos da Escola Municipal Heliópolis, aprovaram o projeto. “A escola nos alertou sobre o projeto e achamos importante essa medida de precaução. Ficamos assustadas com o número de desaparecidos”, disseram.

Foto: Rafael Barreto
Data: 16/04/2019

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, informe nossa equipe 21 97629-7675

Post Bottom Ad

Pages