Responsive Ad Slot

Mostrando postagens com marcador Educação. Mostrar todas as postagens
Mostrando postagens com marcador Educação. Mostrar todas as postagens

Escolas municipais de Belford Roxo participam dos Jogos Estudantis 2024

Nenhum comentário

sexta-feira, junho 07, 2024



A Prefeitura de Belford Roxo, através da Secretaria Municipal de Educação, promoveu na quinta-feira (06-06) mais uma etapa dos Jogos Estudantis 2024. A modalidade Queimada foi disputada por alunos de oito unidades na Escola Municipal Belford Roxo, no bairro das Graças.

A competição agitou a quadra com a presença de alunos de diversas unidades representados pelas seguintes escolas: Amélia Ricci Baroni, Irmã Maria Filomena, Heliópolis, Ernesto Pinheiro Barcellos, São Francisco de Assis, Rudá Iguatemi Vilannova, Belford Roxo, e CIEP Casemiro Meirelles. Além da Queimada, a modalidade Futsal também faz parte da edição dos Jogos.

O secretário municipal de Educação, Denis Macedo, enfatizou sobre a prática dos Jogos. “Faz parte da nossa prioridade incentivar e valorizar a prática de esporte nas unidades. Existem também diversos valores envolvidos nesse momento como o espírito de equipe e a cooperação”, avaliou Denis.




Experiência para os alunos









A árbitra e coordenadora municipal de Educação Física, Luciana Mafra, é uma das responsáveis pela organização da competição. “Estamos felizes de proporcionar essa experiência para os alunos. Demos um mês para os atletas se prepararem porque o principal dos Jogos é a prática de esporte, que representa muito mais que uma atividade física”, pontuou Luciana.




Os alunos da escola municipal Belford Roxo, Guilherme Joaquim de Oliveira e Karen Andrade de Lima, de 15 e 14 anos, se destacaram nas partidas do esporte coletivo. “Gostaria de agradecer pela organização da competição e das aulas de Educação Física que ajudaram a treinar toda a equipe. Os Jogos Estudantis estão sendo bem divertidos e espero sair vitorioso”, comentou Guilherme. “Não é a primeira vez que participo dos Jogos e já venci a competição uma vez. A escolha do futsal e queimada como os esportes foi ótima, porque para mim são os mais legais de jogar”, complementou Karen.

Belford Roxo inaugura escola Wanda Jansen Machado no bairro Jardim Ideal II

Nenhum comentário

terça-feira, maio 28, 2024


O prefeito de Belford Roxo, Wagner dos Santos Carneiro, o Waguinho, inaugurou a Escola Municipal Wanda Jansen Machado, no Morro do Machado, no bairro Jardim Ideal II. A unidade terá capacidade para 460 alunos da educação infantil (pré 4 e pré 5) e anos iniciais do ensino fundamental (1º ao 5º ano), entre os turnos de manhã e tarde.

A estrutura física da unidade compõe-se de: secretaria, banheiro administrativo (feminino), banheiro administrativo (masculino), sala da direção /especialistas, sala dos professores, quatro salas de aula, pátio interno com refeitório, banheiro masculino com mictório e acessibilidade, banheiro feminino com acessibilidade e área externa.

O prefeito Waguinho enalteceu a importância da escola. "As crianças que moram aqui no bairro não vão mais precisar atravessar a Avenida Automóvel Clube que é tão perigosa só para estudar. Agora elas vão estar estudando aqui onde residem", declarou. “Nós estamos aqui fazendo uma entrega muito especial para todas as crianças, porque o futuro são elas. E eu tenho certeza que daqui sairão grandes doutores, psicólogos, advogados, e muitos outros profissionais respeitados com um futuro muito promissor", finalizou a primeira-dama e deputada federal Daniela do Waguinho.

Família orgulhosa

O secretário Municipal de Gestão e Inovação em Serviços Públicos, Matheus Carneiro, declarou estar comemorando mais um dia de vitória. "Estou muito feliz por saber que o nosso trabalho impacta as pessoas aqui em Belford Roxo, que continua crescendo. Então, vamos continuar conquistando porque nós merecemos", afirmou Matheus. "Precisamos pensar no significado que é uma entrega para essa comunidade, que merece e precisa ser respeitada e acolhida, mas que nunca foi. Por isso, não podemos deixar de falar do trabalho do prefeito Waguinho, que teve a coragem e a responsabilidade de trazer uma escola aqui para o Morro do Machado", afirmou o secretário de Educação, Denis Macedo.

A moradora do bairro Jardim Ideal II, Rosângela Campagnucci, 58 anos, contou que a inauguração é uma grande felicidade para todos moradores do bairro. "Antes ele era só um colégio abandonado, quebrado e até perigoso quando se passava com tudo escuro por aqui. Agora está uma beleza", frisou. Eu agradeço muito ao prefeito Waguinho e à deputada Daniela. Creio que daqui para frente só teremos melhorias para o nosso bairro.", finalizou Rosângela, ao lado de sua neta Sofia Samparoni, 5.

A filha da homenageada, Zenaide Jansen Machado, 81, afirmou estar honrada em ver o nome de sua mãe em uma escola. "Mamãe foi uma pessoa devotadíssima à educação e eu estou muito orgulhosa pelo nome de mamãe estar em um bairro onde crianças têm necessidade", declarou. "A coisa mais importante para se inaugurar é a escola, porque a educação é o nosso futuro. E por isso, eu estou dando nota milhões para esse trabalho maravilhoso do Waguinho com a Daniela", finalizou Zenaide.

Darcy Ribeiro: um aluno ilustre

Nascida em Belém do Pará em 4 de outubro de 1907, Wanda Jansen Machado dedicou sua vida à educação. Sempre muito comunicativa e simpática com todos, foi responsável pela alfabetização de diversas crianças (inclusive seus filhos) em casa. Seu aluno mais ilustre foi o antropólogo, sociólogo, historiador, escritor e político brasileiro Darcy Ribeiro. Casada com Francisco Marques Machado e mãe de três filhos: Zenaide, Vânia e Humberto. Teve ainda quatro netos e, até os dias atuais, três bisnetos. Ela morreu aos 93 anos, de causas naturais, em 17 de agosto de 2000.

 TEM INSTAGRAM? SEGUE A GENTE CLICANDO AQUI

SEGUE TAMBÉM NOSSO TIKTOK AQUI 

Nova unidade da Faetec é reinaugurada em Nilópolis

Nenhum comentário

quinta-feira, abril 18, 2024

Foto: Giulia Nascimento

O Governo do Estado entregou mais unidade da Faetec à população em Nilópolis. Com novas instalações, a Faetec Professora Suely Araújo da Silva, em Nova Cidade, foi reinaugurada pela Secretaria de Ciência, Tecnologia e Inovação na manhã desta quinta-feira (18/04). A nova unidade contará com aproximadamente 200 vagas nas áreas de beleza, informática e serviços de manutenção.

Com início das aulas presenciais previstas para julho, moradores de Nilópolis ou adjacências poderão se inscrever nos cursos de eletricista predial, informática básica, barbeiro, trancista e de maquiagem. As obras de infraestrutura e modernização do polo de ensino resultaram em cinco laboratórios: de elétrica, maquiagem/design de sobrancelhas, barbeiro e dois de Informática.

O prefeito Abraãozinho salientou a importância do polo de ensino no município. "A nossa missão é gerar oportunidade para aqueles que mais precisam. Existe um pensamento que eu guardo comigo, que a melhor forma de se agradar a Deus é fazer bem ao nosso semelhante. Estamos reinaugurando um local que significa muito para aqueles que precisam de uma capacitação para buscar vaga no mercado de trabalho."

O secretário de Ciência, Tecnologia e Inovação, Mauro Azevedo, garantiu estar alegre por causa do impacto significativo que a Faetec trará na educação dos munícipes. Ele lembrou que o conhecimento adquirido não pode ser tirado.

"A gente sabe que inaugurar a Faetec é inaugurar oportunidade, desenvolvimento e um aparelho do Estado de qualidade. Na vida você pode perder muita coisa, mas o conhecimento que você adquire estará com você para sempre, ninguém pode tirar."

"É com muita alegria que a gente entrega essa unidade com parceria em outros serviços que serão anunciados. Começamos a trabalhar intensamente para que possa entregar mais serviços aqui. Quando a gente caminha de mãos dadas, a gente entrega sempre o melhor para a população", salientou a presidente da Faetec, Caroline Alves.

Com a reforma, a Faetec ganhou um novo espaço, a Central de Serviços, que conta com a parceria da Prefeitura de Nilópolis, Fundação Leão XIII e o Departamento Estadual de Trânsito (Detran). Em breve a população poderá contar com diversas atividades.

A inauguração contou com a presença das autoridades do município e do estado. O prefeito Abraãozinho; vice-prefeita Professora Flávia; presidente da FAETEC, Caroline Alves; presidente da Fundação Leão XIII, Luciana Calaça; secretário de Estado de Ciência, Tecnologia e Inovação, Mauro Azevedo; deputado Estadual, Rafael Nobre; deputado federal, Ricardo Abrão;

Cronograma de inscrições para cursos

O período de inscrição é de 24/06 (11h) a 14/07 (23h59) através do site www.faetec.rj.gov.br . A divulgação do sorteio será no dia 15/07, às 13h, no mesmo link acima. Os sorteados terão do dia 16/07 ao dia 22/7 para confirmar a matrícula na unidade. Logo após, em 23/07, o inscrito poderá verificar a disponibilidade de vagas. O aproveitamento de vagas ocorrerá do dia 24/07 a 26/07. As aulas iniciarão no dia 29/07.

A Faetec está localizada na Estrada Antônio José Bittencourt, n° 1270, em frente a rua Marechal Floriano Peixoto.
--

Belford Roxo e Firjan Senai Caxias formam 60 alunos de três cursos

Nenhum comentário


A Prefeitura de Belford Roxo, através da Secretaria Municipal de Indústria e Comércio, promoveu a formatura de 60 alunos dos cursos de qualificação em parceria com a Firjan Caxias e Região, no Teatro da Cidade.

A cerimônia contou com a presença de alunos dos três cursos que foram oferecidos: assistente de operações em logística, assistente administrativo e almoxarife. A União Nacional Artística Bandas e Fanfarras (Unabafa) esteve presente realizando uma apresentação musical.

Em outubro de 2023, a ex-secretária municipal de Indústria e Comércio, Enira Ranuzia foi a responsável pela iniciativa pioneira que concretizou o primeiro convênio entre as partes, com o objetivo de estimular a inovação e o desenvolvimento tecnológico em prol do setor industrial na cidade.

O assessor executivo da pasta, Ageu de Santa Anna, representou o novo secretário municipal Lincoln de Souza Marques na noite de formatura. “Estamos felizes de proporcionar essa oportunidade e dar espaço para os jovens belforroxenses se qualificarem com cursos gratuitos de qualidade”, frisou. “Vamos continuar trabalhando para trazer mais novidades e parcerias importantes como essa”, completou Ageu.

O professor da Firjan Caxias e Região, Osório Quadra, prestigiou a solenidade e ficou responsável pela entrega dos diplomas. “Nós temos certeza que os alunos estão prontos e capacitados para ingressarem no mercado de trabalho que possui uma grande demanda de profissionais nesses cursos”, pontuou Osório, que também destacou o trabalho da coordenadora de educação profissional da Firjan/Senai, Denise Martins e o gerente-operacional da Firjan/Senai, Paulo Soares.


A moradora do Bairro das Graças, Natacha Afonso, de 18 anos, foi a oradora da turma e se formou como assistente administrativa. “Acredito que o curso agregou muito no meu conhecimento, pois acabei de concluir o ensino médio. Me sinto mais preparada para buscar uma oportunidade na área e já estou procurando uma vaga de jovem-aprendiz”, relatou Natacha.


A moradora de Heliópolis, Isabelle Freire, de 21 anos, completou o curso de assistente de operações logísticas. “Adorei a experiência do curso, foi muito especial. Tivemos muitos conteúdos de qualidade com professores atenciosos e dedicados. Espero poder colocar logo esses ensinamentos em prática”, contou Isabelle.

Alunos e professores do RJ podem agora receber auxílio para compra de material

Nenhum comentário

sexta-feira, abril 12, 2024


O Governador Cláudio Castro sancionou, esta semana, duas leis que garantem mais estrutura para estudantes e professores da rede estadual de ensino do Rio de Janeiro. Ambas de autoria da deputada Célia Jordão (PL), as Leis 10.313/2024 e 10.314/2024 criam o Cartão Material Escolar e o Cartão Material de Apoio Pedagógico que proporcionam a concessão de benefício anual, por meio de auxílio financeiro via cartão de débito. Os cartões somente poderão ser utilizados em estabelecimentos comerciais dos próprios municípios e que estiverem previamente credenciados.

O Cartão Material Escolar será concedido aos pais e responsáveis legais dos alunos, e os que utilizarem o benefício com outra finalidade estarão sujeitos a sanções administrativas, cíveis e criminais. Professores, pedagogos e coordenadores pedagógicos receberão o auxílio para compra de materiais utilizados em sala de aula.

A Secretaria Estadual de Educação será o órgão responsável pela licitação, gestão e execução do Programa através de suas unidades escolares, dando ao mesmo uma capilaridade que alcançará os 92 municípios do Estado.

 TEM INSTAGRAM? SEGUE A GENTE CLICANDO AQUI

SEGUE TAMBÉM NOSSO TIKTOK AQUI 

Cláudio Castro autoriza mudança da jornada de trabalho do magistério de 18 para 30 horas semanais

Nenhum comentário

quarta-feira, abril 03, 2024


O Governo do Estado publicou, nesta quarta-feira (03/04), o decreto do governador Cláudio que autoriza a migração voluntária da jornada de trabalho do Professor Docente I de 18 para 30 horas, em caráter definitivo. O governador Cláudio Castro atendeu à uma reivindicação antiga da categoria, dando sinal verde para a Secretaria de Estado de Educação (Seeduc) realizar a mudança.

— Com muita responsabilidade e atenção às contas públicas conseguimos avançar na migração da carga horária, uma reivindicação antiga da categoria que agora se torna realidade e representa mais uma vitória para o magistério e para nossa gestão. Estamos construindo um futuro melhor para a educação do nosso estado — afirmou o governador Cláudio Castro.

A mudança não será obrigatória e o cargo de Professor Docente I não será extinto. Entretanto, o servidor que escolher fazer a migração terá assegurado todos os benefícios relativos à jornada de 30 horas semanais em sua carreira como, por exemplo, a aposentadoria e os vencimentos proporcionais à nova jornada.

A Seeduc fará um processo de seleção interno, que será divulgado no site e redes sociais da pasta, onde o servidor poderá sinalizar seu interesse. A mudança ocorrerá por etapas, conforme cronograma e regras que serão publicadas via resolução em Diário Oficial, em breve. Dentre elas, destacam-se: análise de pontuação do servidor, o exercício de GLP (Gratificação por Lotação Prioritária) e o tempo de ingresso nos quadros da Seeduc, além da carência de professores por disciplina.

A secretária de Estado de Educação, Roberta Barreto, comentou a mudança.

— Foram muitas reuniões, tanto com a categoria que foi ouvida e acolhida quanto com nossos técnicos, até finalmente conseguirmos esta importante conquista para nossos professores. Isso demonstra o compromisso que o governo tem com os docentes e como um diálogo respeitoso, aliado à uma gestão séria, pode dar resultados muito positivos para o ensino. Seguiremos trabalhando para valorizar ainda mais a carreira do magistério — enfatizou a secretária.

O regime de 30 horas semanais deverá ser cumprido na forma de 20 horas de efetiva regência, acrescida de 10 horas de planejamento e estudo, seguindo assim a Lei de Diretrizes e Bases da Educação. Também não haverá prejuízo na progressão para os que optarem pela troca do regime, sendo assegurada a manutenção do nível e referência que se encontravam antes da migração, conforme Plano de Carreira do Magistério. Será mantida, ainda, a classificação do docente na unidade escolar para efeito de alocação nas turmas e turnos.

Japeri ganha a primeira escola profissionalizante na área de games

Nenhum comentário

Tecnologia aliada à educação é algo que já mostrou dar muito resultado. Mas, já pensou em aliar aprendizado ao mundo dos games? Essa é a proposta do Projeto Game Craft Japeri, que foi inaugurado nesta segunda-feira (01), pela Prefeitura de Japeri, por meio da Secretaria Municipal do Meio Ambiente e Desenvolvimento Sustentável em parceria com Federação do Estado do Rio de Janeiro de Esportes Eletrônicos (FERJEE) e da Imperial Esports, com patrocínio da Concessionária Light.

A Secretária Municipal de Ambiente e Desenvolvimento Sustentável, Meire Lucy falou da felicidade em realizar mais um projeto para os moradores de Japeri. ” Estamos mais uma vez unidos e falando de entrega a nossa população japeriense. Falar deste projeto é falar de futuro. Ele não está tendo nenhum custo para a Prefeitura, vamos capacitar 320 jovens da nossa cidade por meio de parceria. E a Light está patrocinando esta iniciativa maravilhosa. É um passo muito importante da gestão da nossa prefeita Dra Fernanda Ontiveros “, declarou.

O local tem capacidade para comportar 40 alunos, divididos em dois ambientes. Durante as aulas, os estudantes vão aprender funcionalidades para explorarem os jogos eletrônicos, desde sua história até os aspectos mais profissionalizantes da indústria. Além disso, o projeto complementa o aprendizado com letramento digital e aula de inglês.

A prefeita Dra. Fernanda Ontiveros aproveitou para testar os equipamentos e disse que o curso será responsável por promover o acesso à cultura dos games e a tecnologia digital aos moradores da cidade. “Vivemos a era da tecnologia e da informação. E hoje estamos dando um passo importante. E trazer isto para Japeri é um grande avanço. É a primeira Escola de Games do Brasil e foi inaugurada aqui em nossa cidade”, comemorou a gestora.

O evento foi prestigiado pela diretora de Popularização da Ciência, Tecnologia e Educação Científica do Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovação (MCTI), Juana Nunes. Também contou com as presenças do vice-prefeito, Carlos Januário, do presidente da Câmara de Vereadores, Walter Trajano e secretários municipais.

Patrocínio da Light

O Especialista de Patrocínio da Light, Ruan Fischer falou da importância da Concessionária custear o curso. “Muitos projetos acontecem no Centro da Cidade e a Baixada acaba ficando esquecida. E para descentralizar, a Light vai levando estes projetos para estas áreas menos favorecidas, com um olhar carinhoso. E este projeto chegou até nós trazendo uma devolutiva social para o município “, disse.

De acordo com Ewerton Panda, Diretor de Projetos da FERJEE, o curso é muito importante para a cidade. “Meu maior orgulho foi o tempo muito recorde que conseguimos fazer. Pegamos o espaço sem nada, sem forro, estava só nas paredes e graças à parceria da Prefeitura conseguimos desenvolver num ponto estratégico, perto de tudo e facilidade o acesso de todos. É o primeiro projeto social físico, feito com muito louvor e com a disponibilidade de 320 vagas com o patrocínio da Light com o objetivo de difundir as práticas de esportes eletrônicos na cidade “, declarou.

Alunos matriculados

Entre os alunos já matriculados, o sentimento era de terem descoberto um novo mundo, cheio de possibilidades. É o caso do estudante Wedson Gabriel Serafim Braz, de 18 anos, que se inscreveu na formação. “Participei do Ambiente Jovem, e tive a oportunidade de me inscrever neste também. Descobri um hobby que pode virar uma profissão. Gosto da área de jogos e estou maravilhado pelo espaço onde serão as aulas”, disse.

Já Marcos Paulo Moraes de Souza , de 20 anos, é apaixonado por games e vai desenvolver suas habilidades na área. ” Gosto muito da área. Tenho vontade de fazer uma faculdade de TI. Pretendo permanecer nesta área e usar os conhecimentos adquiridos durante o curso para desenvolver aplicativos entre outras coisas”, planeja o jovem.

Creche Municipal Vereadora Fátima Nunes ganha playground em Belford Roxo

Nenhum comentário

sexta-feira, março 08, 2024


O secretário de Educação de Belford Roxo, Denis Macedo, e o secretário de Gestão e Inovação em Serviços Públicos, Matheus Carneiro, visitaram a Creche Municipal Vereadora Fátima Nunes, no bairro Hinterland. Na ocasião, ambos entregaram um playground para que as crianças se divirtam e participem de brincadeiras.

Denis Macedo, destacou a importância da educação infantil no município. "Para nós, a educação começa na primeira infância, por isso esse investimento em creche e também nesses brinquedos. Pois é aqui que as crianças irão desenvolver sociabilidade, oralidade e pertencimento. Então, é importante essa fase”, disse. “Quando essas crianças chegarem ao ensino fundamental, elas estarão muito muito melhor preparadas para sua vida educacional”, completou Denis.

Educação valorizada

O secretário municipal de Gestão e Inovação em Serviços Públicos, Matheus Carneiro, revelou como se sentiu ao ver as crianças brincando. “Estou emocionado em vê-las alegres com esse projeto que a Prefeitura da nossa cidade construiu, pois valorizar a educação é a certeza que teremos um país melhor”, disse. “Para a gente é uma alegria e uma conquista poder estar ao lado das crianças e de seus pais participando desse momento feliz para todas elas”, completou Matheus.

A diretora Mônica Martins enfatizou que o playground irá proporcionar mais diversão às crianças. “É muito gratificante fazer a felicidade dos alunos. Fico feliz em saber que a Prefeitura, através da Secretaria de Educação, está investindo para fazer das creches e escolas um lugar aprazível para alunos, pais e funcionários”, arrematou.

A moradora do bairro Vila Santo Antônio, Taís Ramos, 31, mãe do aluno Heitor, 5, ficou feliz com o novo brinquedo na escola. "Eu acho que é necessário, pois as crianças adoram participar de brincadeiras. Assim elas colocam para fora a energia acumulada”, concluiu. “Agradeço à prefeitura por ter proporcionado essa alegria para escola e para as crianças que aqui estudam”, completou Taís.

Alunos de colégio estadual de Magé vão transformar mais de uma tonelada de resíduos orgânicos em energia limpa

Nenhum comentário

sexta-feira, março 01, 2024

Fotos: Sandra Barros/Seeduc-RJ

Na busca por soluções ambientalmente conscientes e sustentáveis, alunos e professores do Ciep 441 - Mané Garrincha, em Magé, na Baixada Fluminense, deram um passo revolucionário ao implementar um biodigestor na escola. O projeto pioneiro, realizado em colaboração com a Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ), dará destino certo para 1,5 tonelada de rejeitos de cozinha anual, como sobras de alimentos, cascas de legumes, matéria orgânica, entre outros. Como resultado, o equipamento irá produzir uma fonte de energia limpa, o biogás, que será reaproveitado como gás de cozinha e também o biofertilizante, que poderá ser usado na horta da escola.

A unidade é uma Escola de Novas Tecnologias e Oportunidades - E-Tec, e já possui ações voltadas ao tema. Agora, o novo projeto batizado de “Vamos dar um Gás”, que tem cunho pedagógico, mobilizou os estudantes nesta quinta-feira (29/02), durante a instalação do equipamento, que em breve será operado por eles nas aulas de sustentabilidade, uma iniciativa que demonstra o potencial transformador da educação aliada à tecnologia.

Para a aluna Catarina Santana, o projeto sustentável tem potencial para ser levado para fora da sala de aula. “Foi incrível ver o biodigestor de perto. Ele não é importante apenas para a escola, mas também para a sociedade. Eu mesma quero ter uma na minha casa, afinal, além de destinar corretamente o lixo orgânico, a gente ainda economiza na compra do gás — afirmou a estudante da 2ª Série do Ensino Médio.

Com o biodigestor operando plenamente, os alunos e professores poderão monitorar de perto todo o processo de produção de biogás, desde a coleta dos resíduos orgânicos até a produção final. O professor Neuber Nogueira, um dos responsáveis pela área ambiental, destacou que essa é mais uma ação de sustentabilidade da escola. Ele afirma que são vários projetos nesse sentido e que o trabalho é muito importante, afinal estão motivando os alunos para tomarem ações parecidas. Ainda de acordo com ele, 2024 trará mais ações como essa para a escola.

O diretor-adjunto da unidade, professor Sidney Cardoso, disse que o equipamento representa um grande avanço no caminho da escola rumo à sustentabilidade. “Ele será cuidado pela equipe técnica da UFRJ e operado por nossos alunos ao longo do ano. O debate sobre o meio ambiente está em alta, como deve ser, e para os alunos é uma forma de ver como a sustentabilidade pode ser viável até mesmo em um ambiente escolar — afirmou o docente.

O arquiteto urbanista, responsável pela instalação, Thiago Óscar, destacou que a ideia é demonstrar que resíduos que poderiam estar poluindo o meio ambiente podem ser transformados em recursos, como o biogás para cozinhar e o biofertilizante para irrigar a horta.

A instalação do biodigestor no Ciep E-Tec 441- Mané Garrincha também se tornou uma ferramenta educacional valiosa, integrando conceitos de Química, Gestão de Resíduos Orgânicos, Empreendedorismo e Sustentabilidade no currículo escolar. A unidade agora caminha a passos largos rumo a um futuro mais verde e mais consciente, mostrando que pequenas ações podem ter um impacto significativo quando se trata de preservar o planeta para as gerações futuras.

 TEM INSTAGRAM? SEGUE A GENTE CLICANDO AQUI

SEGUE TAMBÉM NOSSO TIKTOK AQUI 

TDAH e a rotina escolar: Como os alunos podem ser auxiliados nesse período tão importante

Nenhum comentário

terça-feira, fevereiro 20, 2024



Um momento muito esperado por crianças e adolescentes começou: a volta às aulas! Um grande motivo para reencontrar os amigos, brincar e aprender coisas novas.

Embora a expectativa seja grande por parte deles, é muito importante instruí-los de maneira adequada, e assim, colaborar com experiências ainda mais positivas, seguras e proveitosas.

Para crianças com Transtorno de Déficit de Atenção e Hiperatividade (TDAH), a volta às aulas pode não ser tão divertida assim, já que o transtorno afeta de forma significativa o processo de aprendizagem e os relacionamentos com colegas e professores.

No caso de crianças típicas, a antecipação da rotina mesmo que um pouco antes das férias acabarem, seria o suficiente para regular os horários. "É necessário estar atento à vida acadêmica dos nossos filhos, para estimular o desenvolvimento, a autoconfiança e o interesse das crianças em aprender, o que impacta diretamente no dia a dia escolar deles", afirma Gabriel Frozi, CEO da escola Rio Christian School - o primeiro colégio na América Latina voltado ao ensino bilíngue para crianças com TDAH.

Um estudo do Programa de Transtornos de Déficit de Atenção/Hiperatividade (Prodah), da Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS) e do Hospital de Clínicas, encontrou uma prevalência de 5,8% de TDAH em crianças e adolescentes. Existem aproximadamente 50 milhões de brasileiros com idades entre 5 e 19 anos, isto significa que são 2 milhões e meio de portadores no país. O transtorno pode ser oficialmente diagnosticado a partir dos sete anos de idade, justamente no período de alfabetização e coloca o Brasil dentro do patamar internacional, com ocorrência entre 4% e 5% em crianças em idade escolar.

Diversos estudos já mostraram que o déficit de atenção, associado ou não à hiperatividade e à impulsividade, frequentemente compromete o rendimento escolar. Tendo em vista as necessidades de cada criança, esse perfil precisa ser traçado, para que um trabalho personalizado possa ser feito quando esse aluno voltar à sala de aula.

Uma comunicação efetiva e segura com a criança é o primeiro passo para que esse processo inicie. O carinho, o amor e atenção nesse momento também são fundamentais. Uma sessão de planejamento com a criança para conversar sobre o que dificulta na escola, seus medos e inseguranças, desafios e expectativas também precisam ser pontuados e posteriormente examinados com o professor.

Todo o trabalho com uma criança ou adolescente com transtorno de déficit de atenção é diário e constante. Uma família unida aliada à uma escola competente e participativa é fundamental para um aluno se desenvolver em todos os campos de forma efetiva, superando as dificuldades do TDAH.

Gabriel Frozi, também fundador da escola Recreio Christian School, pensando em facilitar esse processo de adaptação dessas crianças e adolescentes no ambiente escolar, criou um sistema inovador de ensino, que prioriza a participação em sala de aula, o comprometimento com os deveres de casa e a atuação em projetos. O modelo tradicional aplicado na instituição contempla ambientes e atividades diferenciadas, no qual o professor é o facilitador do processo ensino-aprendizagem, favorecendo o espaço de interlocução e socialização. Além disso, há a instrução bilíngue, que favorece a aquisição total na língua inglesa, em 50% do ensino, ensejando preparação para universidades brasileiras e internacionais. "Incentivamos o respeito ao indivíduo, suas potencialidades e diversidades, valorizando a inclusão social, num ambiente cooperativo, propiciando a vivência de valores cristãos", continua Frozi.

A adoção de métodos e recursos que estimulem a participação e o foco do estudante; a prática e estímulo à repetição; um comando por vez de forma objetiva e clara, além do reforço positivo na construção do aprendizado são estratégias valiosas que precisam ser adotadas. "O sistema não é baseado só em provas. Se um aluno não tira boa nota na avaliação, mas cumpre com as demais obrigações, pode ser aprovado, desde que consiga a média 7", explica Gabriel sobre o método utilizado na escola, salientado que, os alunos são submetidos a um sistema de avaliação no qual 15% da nota se refere à participação; 25%, ao dever de casa; 30%, a pequenos projetos; e 30%, à prova bimestral. A proposta impacta diretamente as crianças e os jovens com o objetivo de capacitá-los positivamente, diminuindo drasticamente o índice de reprovação escolar.

Belford Roxo inaugura primeira escola municipal com tempo integral

Nenhum comentário

sexta-feira, fevereiro 09, 2024


A Prefeitura de Belford Roxo inaugurou nesta quinta-feira (08/02), na Estrada Plínio Casado, no bairro Prata, a Escola Municipal Maria da Conceição Carneiro, nome dado em homenagem à avó do prefeito Waguinho. A unidade escolar tem capacidade para cerca de 500 alunos do primeiro ao quinto ano do ensino fundamental, sendo essa é a primeira escola do município a funcionar em tempo integral, nos turnos de manhã e tarde. O turno da noite será utilizado para as aulas da Educação de Jovens e Adultos (EJA).

A escola tem dois andares e é composta por: seis salas de aula, secretaria, sala dos professores, sala da orientação Pedagógica e Educacional, sala de recursos, sala de direção, banheiro feminino - PCD (térreo), banheiro masculino - PCD (térreo), depósito, refeitório com direito a 3 refeições por dia, despensa, cozinha, banheiro feminino aluno (1° andar), banheiro masculino para alunos (1° andar), banheiro de Funcionários (1° andar) e quadra de esportes.

Ainda durante o cerimonial, também foi entregue uma placa de condecoração a Hamilton Francisco Carneiro, filho da homenageada e pai do prefeito.

Tempo integral



O prefeito Wagner dos Santos Carneiro, o Waguinho, enfatizou a importância do ensino em tempo integral. “Nós estamos seguindo a orientação do governo federal de implantar escolas em tempo integral. Porque isso facilita a vida das famílias que precisam trabalhar, podendo deixar as suas crianças estudando. E além dos estudos, elas também participarão de outras atividades, com exercícios físicos e com lazer”, ressaltou. “Quero parabenizar a todos que estarão trabalhando nessa escola para potencializar cada vez mais, todas as áreas que as nossas crianças precisam para se desenvolver”, afirmou a deputada federal e primeira-dama, Daniela do Waguinho.




O secretário Municipal de Gestão e Inovação em Serviços Públicos, Matheus Carneiro, se emocionou falando da escola. “Eu fico feliz de olhar para a escola, que tem o nome da matriarca da minha família, sendo um lugar de referência para os alunos. Ela será uma grande ferramenta para mudar a vida de milhares de crianças que irão estudar e que irão se formar”, afirmou. “Essa é a 115ª escola de Belford Roxo. Quando o prefeito Waguinho assumiu eram 79 escolas e ele fez 36 novas, aumentando a nossa rede em 25%. Eram 37 mil alunos e hoje temos 47 mil alunos. Já são 8 anos de avanço, garantindo uma educação inclusiva e de qualidade”, concluiu o secretário de Educação, Denis Macedo.

Moradora aprova

A moradora do bairro Prata há mais de 25 anos, Adriana Soares, 43 anos, ficou muito feliz com a inauguração da unidade escolar. "Esse colégio veio em um período ótimo, pois a maioria das outras são um pouco distantes e o bairro estava precisando de uma escola”, disse Adriana. “Eu tenho uma filha de 2 anos e creio que ela vai estudar aqui. Como é perto da minha casa, vai ser muito bom! Ainda mais com essa grande estrutura, que por sinal está linda”, concluiu a moradora.

Dona “Filhinha” era muito conhecida

Maria da Conceição Carneiro nasceu em 18 de outubro de 1913, em Cambuci, Noroeste do estado do Rio. Carinhosamente conhecida como dona “Filhinha”, Maria da Conceição era uma dona de casa muito conhecida no bairro de Heliópolis e conquistava todos com o seu jeito amigável e hospitaleiro.




Cozinheira de mão cheia, os almoços em família eram marcados pela sua deliciosa macarronada com frango e salada, além do seu famoso cafezinho da tarde. Casada com Antônio Francisco, dona “Filhinha” teve 7 filhos, 22 netos, 42 bisnetos e 26 trinetos. Um dos seus queridos netos é Wagner dos Santos Carneiro, o Waguinho, que hoje é prefeito da cidade.

Aprovados no concurso de Educação serão lotados no dia 20 de fevereiro em Japeri

Nenhum comentário

quinta-feira, fevereiro 08, 2024


A Prefeitura de Japeri publicou, nesta quarta-feira-07/02, uma rerratificação do edital de convocação 01/2024. Ele informa que os candidatos aprovados e classificados dentro do número de vagas no Concurso Público nº 01/2023 poderão ser lotados no dia 20 de fevereiro, dada a urgência do início do ano letivo.

Neste caso, quem se apressar na entrega dos documentos e exames médicos e cumprir todos os trâmites, passando pela perícia médica poderá ser nomeado e lotado nas unidades escolares municipais na data prevista no edital.

Seguindo o critério de classificação e após se comprometerem a tomar posse e entrar em exercício no cargo, no prazo máximo de 48 horas. Posterior ao dia 20 os candidatos que se apresentarem irão ser automaticamente lotados.

Os profissionais aprovados devem se apresentar, das 8h às 15h, na E.M. Ary Schiavo, localizada na Praça Manoel Marques, 53 em frente à passarela da estação. Lá devem entregar os documentos habilitações exigidas de seu respectivo cargo e exames médicos. De acordo com o edital, o prazo de validade das avaliações de saúde é de três meses. Em casos específicos, a junta médica poderá solicitar exames complementares.

Exames exigidos:

- Hemograma completo; Glicemia de jejum, Lipidograma; TGO, TGP, Gama; GT; Uréia; Creatinina; EAS (Urina); Raios X de Tórax com Laudo (AP e Perfil); Laudo Psiquiátrico emitido por psiquiatra; RX da coluna vertebral com laudo;- ECG com laudo; Videolaringoscopia (Docentes); Laudo Médico no caso de candidato com deficiência.

Rio proíbe uso de celular em escolas municipais

Nenhum comentário

sexta-feira, fevereiro 02, 2024


Foi publicado nesta sexta-feira, dia 2/2, o decreto do Prefeito Eduardo Paes que proíbe o uso pelos alunos de celulares e outros dispositivos tecnológicos nas escolas. A proibição na rede pública municipal passa a vigorar dentro e fora da sala de aula. Também vale em caso de realização de trabalhos individuais ou em grupo, mesmo fora da sala de aula, e durante os intervalos, incluindo o recreio. Os celulares e demais dispositivos eletrônicos deverão ser guardados na mochila ou bolsa do próprio aluno, desligado ou ligado em modo silencioso.

"A conexão do aluno deve ser com a escola e não com o celular. O uso excessivo de aparelhos eletrônicos atrapalha a concentração e prejudica diretamente a aprendizagem. É como se o aluno saísse de sala toda vez que vê uma notificação. Não tem como prestar atenção e aprender de forma plena assim e nós não podemos menosprezar esse problema ou fingir que ele não existe. Além disso, escola é lugar de interagir com amigos e ficar no celular atrapalha a convivência social, deixa a criança isolada em sua própria tela. E ressalto que a gente não é contra o uso de tecnologia na educação, mas ela precisa ser usada de forma consciente e responsável. Do contrário, em vez de uma aliada, ela pode se tornar uma vilã do processo educacional", afirma Renan Ferreirinha, Secretário de Educação.

A decisão de proibir os celulares nas escolas foi tomada com base em diversos estudos. O mais recente é o da Organização para Cooperação e Desenvolvimento Econômico (OCDE), responsável pelo Programa de Avaliação Internacional de Estudantes (PISA), a maior avaliação mundial de estudantes. Estes estudos indicam que o uso inadequado ou excessivo da tecnologia tem impacto negativo para os alunos no ambiente escolar. A medida visa alinhar a cidade do Rio de Janeiro com países que já decidiram estabelecer proibições como França, Holanda, Inglaterra, Portugal e estados da Austrália e dos Estados Unidos. Além disso, especialistas em saúde dizem que o uso dos aparelhos por longos períodos pode causar ansiedade, instabilidade emocional e até diagnósticos de depressão.

Para o pediatra Daniel Becker, o celular atrapalha muito o aprendizado em sala de aula, tira a capacidade de atenção do aluno. "Ele favorece a distração, a cola, a dispersão dos alunos na turma. Prejudica o aprendizado profundamente e prejudica as relações em sala de aula e no recreio. O recreio é o espaço público essencial da criança, onde ela se relaciona, brinca, se movimenta, aprende habilidades fundamentais, como colaboração, empatia, negociação, viver de acordo com regras, afeto. Os relacionamentos são fundamentais para o seu desenvolvimento e aprendizado e vem sendo perturbado pelo celular. As crianças ficam isoladas, cada uma no seu celular e isso é profundamente nocivo para todos. Então, em respeito tanto ao aprendizado formal quanto ao momento fundamental dos intervalos, o "celular zero" é essencial como política escolar e está sendo adotado em vários países do mundo, vários estados americanos também e escolas privadas no Brasil", pondera Becker.

A juíza Vanessa Cavalieri, da Vara da Infância e da Juventude da capital, acredita que a restrição de celulares nas escolas é urgente. "As nossas crianças e adolescentes estão adoecidos, estão morrendo por causa de problemas gerados pelo uso dos celulares nas escolas. Há estatísticas que demonstram uma piora acentuada na saúde mental de crianças e adolescentes, como depressão, crise de ansiedade, transtornos alimentares, automutilação. Os estudos mostram que há uma relação direta entre o uso de celulares nas escolas e o aumento desses transtornos da saúde mental por causa de perderem a convivência, esse espaço de relacionamento, de afeto e de experiências humanas dentro da escola", explica a juíza.

A consulta pública promovida pela Secretaria de Educação, entre dezembro de 2023 e janeiro de 2024, a respeito da proibição de celulares durante todo o horário escolar, recebeu mais de 10 mil contribuições da população. Foram 83% de respostas favoráveis à proibição do uso do aparelho, 11% parcialmente favoráveis e 6% contrárias.

“Na consulta foi possível perceber que professores, famílias e a sociedade em geral têm cada vez mais consciência que há um uso excessivo pelas crianças do celular, das redes sociais. Da mesma forma que em casa, os pais precisam estabelecer regras e limites para uma boa criação dos filhos, não deve ser diferente na escola. Para isso, regras são fundamentais e é justamente isso que queremos com essa medida", reitera Ferreirinha.

Caso haja descumprimento do decreto, o professor poderá advertir o aluno e/ou cercear o uso dos dispositivos eletrônicos em sala de aula, bem como acionar a equipe gestora da unidade escolar. Durante o mês de fevereiro, haverá ações de conscientização nas escolas, permitindo que os alunos possam se adequar às novas regras que começam a valer a partir de março.

A Prefeitura do Rio abriu exceções para o uso do celular nas seguintes situações:

- Antes do início da primeira aula do dia ou após o fim da última aula do dia. Em ambas situações, desde que fora da sala de aula;

- Em caso de autorização expressa do professor para fins pedagógicos (pesquisas, leituras, acesso ao material didático ou qualquer outro conteúdo ou serviço);

- Para os alunos com deficiência ou com condições de saúde que necessitam destes dispositivos para monitoramento ou auxílio de sua necessidade;

- Durante os intervalos para os alunos da Educação de Jovens e Adultos;

- Durante os intervalos quando a cidade estiver classificada a partir do Estágio Operacional 3, comunicado pelo Centro de Operações Rio;

- Quando houver autorização expressa da equipe gestora da unidade escolar em casos que ensejem o fechamento ou interrupção temporária das atividades da unidade escolar, de acordo com o protocolo do programa Acesso Mais Seguro – AMS;

- Quando houver autorização expressa da equipe gestora da unidade escolar por motivos de força maior.

   TEM INSTAGRAM? SEGUE A GENTE CLICANDO AQUI

SEGUE TAMBÉM NOSSO TIKTOK AQUI 

Xerém, em Duque de Caxias, vai ganhar escola para 480 alunos

Nenhum comentário

segunda-feira, janeiro 29, 2024



Dentro do programa de ampliação da rede pública de ensino, a Prefeitura de Duque de Caxias anuncia, nesta terça-feira (30), às 18h, a construção de uma nova unidade de ensino fundamental em Xerém, no quarto distrito. A nova escola, com dois pavimentos, vai ocupar uma área de 4.922 m² e contará com 12 salas de aula, salas de informática, sala de leitura, sala de espera, auditório com 120 lugares, pátio coberto, entre outros equipamentos, além de ambientes acessíveis a pessoas com deficiência e dificuldade de mobilidade física, com rampa e banheiros de acordo com as normas do Plano Nacional de Educação.

O anúncio será feito pelo prefeito Wilson Reis, pela secretária municipal de Educação, Iracema Medeiros da Costa Silva, e pelo secretário Municipal de Obras e Defesa Civil, Valber Rodrigues Januário, na esquina da Rua Carlos Mateus com Rua Ernani Pinheiro, onde será construída a nova unidade educacional.

Como receber um aluno com autismo na escola?

Nenhum comentário

quarta-feira, janeiro 17, 2024


Um aluno com autismo passará a frequentar a escola. Qual o modo correto de lidar para compreender necessidades e moldar o ambiente para o sucesso?

Segundo Mara Duarte, neuropedagoga, psicopedagoga, psicomotricista e coach educacional, além de diretora do Grupo Rhema, antes de qualquer coisa é preciso levantar informações. “Analise o ambiente escolar, o programa vigente e as habilidades do aluno. Entenda as dificuldades comportamentais e suas implicações. Avalie o ambiente em que o aluno com autismo está inserido, desde a rotina até o desempenho frente às suas habilidades”, explica.

Com base no levantamento, Mara afirma que é hora de planejar. “Considere as necessidades educacionais e comportamentais e desenvolva estratégias para promover comunicação, autonomia e independência. Esteja atento ao estilo cognitivo no autismo, marcado por um pensamento literal e aprendizado visual”, orienta.

A especialista alerta que o perfil emocional precisa ser considerado. “Descreva os comportamentos em relação às questões emocionais, adequação social e necessidades. Estude os comportamentos problemáticos e defina condutas de trabalho “, sugere.

A criação de um ambiente inclusivo, segundo Mara, requer organização do espaço acadêmico, estabelecimento de uma rotina flexível e motivadora e planejamento conforme o estilo cognitivo do aluno. “Utilize material didático com pistas visuais, sequências de atividades adaptadas e jogos estruturados. Também integre jogos e brincadeiras estruturadas ao ambiente educacional. Isso não apenas torna o aprendizado mais divertido, mas também proporciona oportunidades para o desenvolvimento social e emocional”.

Confira outras orientações de Mara Duarte para receber bem um aluno com autismo:

Ajuste o tempo e o ritmo de trabalho de acordo com as necessidades individuais do aluno. Flexibilidade é a chave para garantir que cada criança possa aprender no seu próprio ritmo.

Certifique-se de que a sala de aula seja um lugar onde o aluno com autismo se sinta seguro e confortável, minimizando estímulos excessivos.

Mantenha um controle efetivo do aprendizado. Utilize a repetição como ferramenta para reforçar o conhecimento, garantindo que o aluno com autismo tenha oportunidade de praticar e internalizar novas habilidades.

Não subestime o poder do registro. Documente o processo de aprendizagem e acompanhe a evolução dos conteúdos. Isso fornece uma visão clara do progresso e orienta futuras estratégias de ensino.

Faça avaliações regulares da condição motora fina do aluno com autismo. “Isso permite uma abordagem mais personalizada, adaptando as atividades para promover o desenvolvimento motor fino”, explica.

Apresente um estímulo por vez, permitindo uma compreensão mais clara e a assimilação gradual de novas habilidades.

Utilize comandos verbais curtos, claros e associados a dicas visuais. Isso proporciona uma orientação eficaz, facilitando a compreensão e execução das tarefas.

Invista em sua jornada de conhecimento para entender melhor como lidar com alunos autistas. “No Grupo Rhema oferecemos uma série de cursos online gratuitos para estimular os profissionais de educação a trabalharem bem a diversão e inclusão”, afirma Mara Duarte.

Sancionada lei que prevê bolsa de permanência para alunos do ensino

Nenhum comentário

terça-feira, janeiro 16, 2024



O presidente Luiz Inácio Lula da Silva sancionou nesta terça-feira, 16 de janeiro, o Projeto de Lei nº 54, de 2021. A medida estabelece um incentivo financeiro para estudantes do ensino médio público, na forma de uma espécie de poupança.

O objetivo é enfrentar um dos maiores desafios atuais da educação: a permanência de jovens de baixa renda no ensino médio. A redução da evasão escolar e o incentivo à conclusão do ensino médio são considerados fatores centrais para garantir o acesso dos jovens a melhores condições de formação profissional e emprego.

A intenção é incentivar o acesso e a permanência dos jovens no ensino médio, mitigar efeitos das desigualdades na conclusão do ensino, reduzir taxas de retenção, abandono e evasão escolar e contribuir para a inclusão social. O primeiro ano do ensino médio é o que tem maior registro de evasão, abandono e reprovação. “Se a gente soma tudo, chega a 16%”, afirmou o ministro Camilo Santana, durante o programa Conversa com o Presidente no fim de 2023.

Pelo texto, são beneficiados estudantes de baixa renda regularmente matriculados no ensino médio nas redes públicas, em todas as modalidades, e pertencentes a famílias inscritas no Cadastro Único para Programas Sociais do Governo Federal (CadÚnico) cuja renda per capita mensal seja igual ou inferior a R$ 218. Para a modalidade Educação de Jovens e Adultos (EJA), os estudantes elegíveis estão na faixa entre 19 e 24 anos.

VALORES - Um ato conjunto dos ministros da Educação e da Fazenda vai definir valores, formas de pagamento, critérios de operacionalização e uso da poupança de incentivo à permanência e conclusão escolar. Os valores serão depositados em conta a ser aberta em nome do estudante. O tipo de conta a ser aberta poderá ser a poupança social digital.

O evento de sanção no Palácio do Planalto contou com as presenças do vice-presidente, Geraldo Alckmin, dos ministros Camilo Santana (Educação), Rui Costa (Casa Civil), Simone Tebet (Planejamento e Orçamento), Márcio Macêdo (Secretaria-Geral da Presidência), Alexandre Padilha (Relações Institucionais), além de deputados e senadores.

Matrículas da Rede municipal de Ensino de Japeri já tem data definida

Nenhum comentário

terça-feira, janeiro 02, 2024


A Prefeitura de Japeri, através da secretaria Municipal de Educação (SEMED), realiza entre os dias 9 e 12 de janeiro, das 8h às 13h, as matrículas dos alunos do 1° e 6° ano de escolaridade que foram encaminhados da própria Rede Municipal.

Já os pais e responsáveis que fizeram a pré-matrícula online devem acompanhar o resultado, a partir do dia 10, no site onde poderão verificar a disponibilidade da vaga .

De acordo com a Secretaria Municipal de Educação, a última etapa do processo de matrícula para os novos alunos é de 15 a 19/01. Isto só é válido para quem fez a pré-matrícula online e foi contemplado com a vaga.

Governo cria poupança para estudantes do ensino médio

Nenhum comentário

terça-feira, novembro 28, 2023


Fundo de até R$ 20 bilhões vai garantir a execução do programa, inclusive com recursos da exploração de petróleo e gás. Medida Provisória foi publicada no Diário Oficial desta terça, 28/11

Uma poupança destinada a incentivar a permanência de jovens de baixa renda no ensino médio, em especial os que pertencem a famílias inscritas no Cadastro Único para programas sociais.

"Nós vamos criar as condições. Vamos dar incentivo para que o jovem saiba que estamos pensando no futuro dele e da família dele” Luiz Inácio Lula da Silva, presidente da República

Antecipado pelo presidente Luiz Inácio Lula da Silva e pelo ministro da Educação durante o Conversa com o Presidente do último 14 de novembro, o programa foi oficializado nesta terça-feira, 28 de novembro, por meio da Medida Provisória nº 1.198 publicada em edição extra do Diário Oficial da União.

O objetivo é enfrentar um dos maiores desafios atuais da educação: a permanência de jovens de baixa renda no ensino médio. A redução da evasão escolar e o incentivo à conclusão do ensino médio são considerados fatores centrais para garantir o acesso dos jovens a melhores condições de formação profissional e emprego.

“Nós perdemos hoje milhares de jovens no ensino médio que abandonam a escola, às vezes por necessidade de trabalhar desde cedo. Essa bolsa, uma parte o aluno vai receber todo mês e uma outra fica como poupança para o fim de cada etapa letiva”, afirmou o ministro Camilo Santana. Segundo ele, o primeiro ano do ensino médio é o que tem maior registro de evasão, abandono e reprovação. “Se a gente somar tudo, chega a 16%”, afirmou.

Um ato conjunto dos ministros da Educação e da Fazenda vai definir valores, formas de pagamento, critérios de operacionalização e uso da poupança de incentivo à permanência e conclusão escolar.

CONTA DO ESTUDANTE - Os valores serão depositados em conta a ser aberta em nome do estudante. O tipo de conta a ser aberta poderá ser a poupança social digital.

FUNDO - Para a operacionalização, o programa prevê a criação de um fundo, administrado pela Caixa, que poderá contar com recursos públicos e privados. A MP também prevê a articulação com estados, municípios e o Distrito Federal, com a intenção de potencializar esforços para redução da evasão escolar dos jovens atendidos.

“Nós vamos criar as condições. Vamos dar incentivo para que o jovem saiba que estamos pensando no futuro dele e no futuro da família dele”, afirmou o presidente Lula durante o Conversa com o Presidente do dia 14 de novembro.

FREQUÊNCIA E DESEMPENHO - Para ter acesso à poupança, o aluno precisará ter frequência mínima, garantir a aprovação ao fim do ano letivo e fazer a matrícula no ano seguinte (quando for o caso). A regra também exige participação em exames como o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem). A poupança não será considerada no cálculo da renda familiar para a concessão ou recebimento de outros benefícios.

ORIGEM - O programa poderá contar com receitas federais da exploração de óleo e gás. A medida reforça a legislação atual, que prevê que recursos do pré-sal sejam prioritariamente destinados à educação pública e à redução das desigualdades. A União ficará autorizada a aportar até R$ 20 bilhões no fundo que implementará a poupança ao longo da execução do Programa

Alunos da rede pública do RJ podem ganhar programa de intercâmbio internacional

Nenhum comentário

segunda-feira, novembro 06, 2023




Proposta protocolada na Alerj prevê bolsas para alunos com alto desempenho e renda familiar per capita de até dois salários mínimos

O deputado estadual Rosenverg Reis (MDB) protocolou um projeto de lei na Alerj que cria o Programa Jovem Cidadão do Mundo. O objetivo é permitir que alunos com alto desempenho matriculados no Ensino Médio da rede estadual do Rio de Janeiro possam participar de programas de intercâmbio internacional.

O desempenho será avaliado por meio de um processo seletivo com etapas eliminatórias e classificatórias e, para participar do Programa, os alunos deverão preencher alguns requisitos, como ter frequência escolar mensal mínima de 85% das aulas; renda familiar per capita de até dois salários mínimos; e não ter sido reprovado nos últimos 3 anos cursados na rede pública de ensino.

¨Sabemos que existem muitos alunos que apresentam excelente desempenho nas escolas públicas e gostariam de ter a oportunidade de estudar fora do país, porém não possuem condições financeiras de arcar com as despesas que esse processo exige. O Programa gera igualdade de direitos e oportunidades a esses jovens talentos que poderão representar com excelência nosso Estado e nosso país em instituições internacionais¨, ressaltou Rosenverg Reis.

Os requisitos do processo seletivo serão estabelecidos pelo órgão responsável a ser designado pelo Poder Executivo Estadual. O aluno que for selecionado para o programa receberá uma bolsa de instalação, que lhe será paga até 30 dias antes do seu embarque para o país de destino, para despesas com vestuário e demais despesas iniciais; e 6 bolsas de manutenção, que lhe serão pagas no decorrer do Programa, enquanto estiver residindo no exterior, para custear despesas pessoais.

Segundo o PL 2378/2023, os alunos deverão também ter, no mínimo, 15 anos, até a data do embarque da viagem, e, no máximo, 20 anos, até a data do retorno do intercâmbio; se submeter a processo regular de concessão de visto, conforme as normas de cada país destinatário; ter alcançado a média mínima de 70 pontos no desempenho acadêmico escolar nas disciplinas de Português e Matemática; e obter autorização para participar do Programa por seu responsável legal.

Don't Miss
© 2015 - 2022 Jornal Destaque Baixada. Todos os direitos reservados
Destaque Baixada Jornal para ler e compartilhar