Menina que morreu envenenada ficou o tempo todo sozinha e não recebeu doce no trem - Jornal Destaque Baixada

DESTAQUE

PUBLICIDADE

28/10/2019

Menina que morreu envenenada ficou o tempo todo sozinha e não recebeu doce no trem


A Polícia Civil já teve acesso as imagens do trem da Supervia, por onde Lorrana Madalena da Luz Manoel, de 14 anos passou e já descartou qualquer hipótese dela ter recebido algum doce no vagão. De acordo com a 64ªDP (São João de Meriti), a menina ficou sozinha durante toda viagem e não recebeu o pirulito mencionado pela família. No vídeo entregue para os agentes, Lorrana aparece seguindo viagem normalmente e não conversou com ninguém entre as estações de Bonsucesso e Duque de Caxias.



Entenda o caso: Na noite da última quarta-feira (23/10), Lorrana chegou do curso, fez um lanche na barraca da tia, mas se queixou para a mãe sobre está sentindo fortes dores de cabeça, ela vomitou e foi socorrida as pressas para a UPA do Jardim Íris, em São João de Meriti, na Baixada Fluminense, com sintomas de intoxicação. A equipe médica fez uma lavagem estomacal, mas ela não resitiu. Ainda segundo a Polícia, durante o procedimento médico, o veneno que é usado para matar ratos, foi encontrado no estômago da menina. Como foi descartada a história do doce, o delegado Vinícius Domingos, quer saber se a jovem enfrentava algum problema amoroso ou algum tipo de trauma pessoal. As investigações ainda seguem em andamento e os agentes não descartam morte por consumo acidental ou até mesmo suicídio.

TEM INSTAGRAM? SEGUE A GENTE CLICANDO AQUI

29/10/2019

Compartilhe nas redes sociais e grupos de WhatsApp

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, informe nossa equipe 21 97629-7675

Post Bottom Ad

Pages