Cedae recorre a carvão ativado no tratamento da água, para combater a geosmina - Jornal Destaque Baixada

DESTAQUE

PUBLICIDADE

09/01/2020

Cedae recorre a carvão ativado no tratamento da água, para combater a geosmina


Apesar de todos os casos de diarreia, febre e cólicas depois da água suja e com gosto de barro, e a Cedae continuando afirmando que a água fornecida está dentro dos parâmetros exigidos pelo Ministério da Saúde, e própria para o consumo, a companhia anunciou na noite desta quinta-feira (09/01), que adotará, em caráter permanente, a aplicação de carvão ativado pulverizado no início do tratamento. Isso será feito para reter a Geosmina caso esse fenômeno volte a ocorrer. A Cedae já deu ordem para a aquisição que deverá ser aplicada nos próximos dias.



Vale lembrar que o método já vem sendo utilizado por outros Estados (São Paulo, Bahia, Rio Grande do Sul, por exemplo), onde o problema tem maior recorrência. Na última vez em que a Cedae identificou a presença de Geosmina na água foi em 2004 e, à época, avaliou-se que não seria necessário adotar medida semelhante.



"Cabe informar que as amostras já analisadas desde terça-feira na Estação de Tratamento do Guandu não apresentaram alteração quanto ao cheiro e ao gosto. Ao longo do sistema, porém, a água ainda pode apresentar gosto e cheiro alterados em alguns locais. Por isto, a Cedae continuará monitorando todo o sistema de abastecimento ao longo da semana." Disse

TEM INSTAGRAM? SEGUE A GENTE CLICANDO AQUI

09/01/2020
Compartilhe nas redes sociais e grupos de WhatsApp

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, informe nossa equipe 21 97629-7675

cel

Post Bottom Ad

Pages