Rio cria protocolo para flexibilizar isolamento social - Jornal Destaque Baixada

DESTAQUE

PUBLICIDADE

21/05/2020

Rio cria protocolo para flexibilizar isolamento social


O Governo do Estado, através da Secretaria de Desenvolvimento Econômico, Energia e Relações Internacionais, apresentou o Pacto Social pela Saúde e pela Economia do Estado do Rio de Janeiro. O objetivo do plano é orientar e planejar, a partir do mapeamento de risco de atividades e territórios do estado, a retomada gradual da atividade econômica. O Pacto é baseado na definição prévia do ritmo de abertura, em orientações de comportamento e em protocolos de operação para administradores, empresários e trabalhadores.



As bandeiras serão determinadas pela curva endêmica da doença e pela taxa de ocupação de leitos em UTI nos hospitais públicos. As bandeiras serão atualizadas às sextas-feiras. Assim, o estado fica em bandeira vermelha (situação atual) quando a ocupação dos leitos de UTI foi superior a 90% ou se a ocupação for de 70% e a curva de contaminação estiver crescente. O estado entra em bandeira amarela quando a taxa de ocupação de UTIs ficar entre 70% a 90% e a curva de contaminação estiver decrescendo ou com a taxa de ocupação em UTIs inferior a 70% e a curva endêmica subir.



Vale ressaltar que apenas dois dos 10 hospitais de campanha previstos estão funcionando.

Na bandeira amarela, o uso de máscara por toda a população será obrigatório. Restaurantes e bares podem reabrir com 50% da capacidade ocupada e espaço de dois metros entre as mesas. Exceção para os restaurantes self-service que continuam proibidos. Transporte intermunicipal será liberado, mas passageiros terão de medir temperatura nas rodoviárias. Shoppings voltam a funcionar e lojas devem receber um cliente por cada dez metros quadrados. Não será permitido o acesso de menores de 12 anos. Academias também poderão ser reabertas nesta fase com um cliente por dez metros quadrados, mas as piscinas permanecerão fechadas.



Cinemas e teatros, com 50% de capacidade, poderão reabrir na bandeira amarela, shows, no entanto, permanecerão suspensos. Praias, parques e equipamentos turísticos não devem ser utilizados. As competições esportivas serão retomadas na bandeira amarela, preferencialmente em ambientes abertos, e os torcedores terão aferição de temperatura na entrada do estádio. Escolas, universidades, áreas de lazer públicas, shows, restaurantes e bares em plena capacidade voltam a funcionar na bandeira verde.

“O pacto apresenta as orientações de comportamento e protocolos de operação sempre condicionados às diretrizes de saúde. Sabemos da nossa responsabilidade em oferecer estrutura hospitalar, mas também estamos convocando a população para estabelecer com o governo um pacto, já que o comportamento da pandemia depende também da atitude de cada um da sociedade”, disse o secretário de Desenvolvimento Econômico, Energia e Relações Internacionais, Lucas Tristão, durante a apresentação.

TEM INSTAGRAM? SEGUE A GENTE CLICANDO AQUI

Informações da Agência Brasil
21/05/2020
Compartilhe nas redes sociais e grupos de WhatsApp

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, informe nossa equipe 21 97629-7675

cel

Post Bottom Ad

Pages