Deputada apoia reivindicações dos entregadores de aplicativos - Jornal Destaque Baixada

DESTAQUE

PUBLICIDADE

7.02.2020

Deputada apoia reivindicações dos entregadores de aplicativos

Deputada Daniela do Waguinho apoia reivindicações dos entregadores de aplicativos
A deputada federal Daniela do Waguinho (MDB-RJ) declarou apoio ao movimento nacional de entregadores de aplicativos, que realizaram protestos em cidades brasileiras, nesta quarta-feira (1º), por melhores condições de trabalho. A categoria teve forte crescimento ao longo da pandemia do novo coronavírus.

A deputada afirma estar solidária com todos os trabalhadores, reconhece a condição precária de trabalho e os riscos que correm, seja no trânsito, ou em contato com tantas pessoas durante a pandemia. 

A principal pauta do movimento é o aumento dos valores pagos pelos aplicativos por entrega. Os trabalhadores querem ainda benefícios como seguro contra roubo e acidentes, além de auxílios específicos para o período da pandemia Covid-19, como equipamentos de proteção e licença remunerada para quem ficar doente.

“Sou a favor de uma remuneração mais justa, além de equipamentos de proteção e de auxílio de saúde, em caso de acidentes. Todas as pessoas merecem dignidade no exercício de suas profissões”, afirma Daniela do Waguinho.

A pesquisa Condições de trabalho de Entregadores Via Plataforma Digital Durante a Covid-19, publicada na revista Trabalho e Desenvolvimento Humano, mostrou que aumentou a carga de trabalho dos entregadores durante a pandemia. Antes da crise, 57% dos entregadores trabalhavam mais de nove horas por dia, percentual que chegou a 62% durante a pandemia. Os dados mostram ainda que 7,8% dizem que tem carga diária de 15 horas ou mais.

O aumento de trabalho, no entanto, não foi acompanhado por um acréscimo na remuneração dos entregadores. Segundo o estudo, 58,9% dos trabalhadores disseram que houve queda na renda durante a pandemia. A pesquisa mostra que 34,4% ganham menos do que R$ 260 por semana (aproximadamente, R$ 1.040 mensais) e apenas 26,7% conseguem receber mais de R$ 520 por semana (cerca de R$ 2.080 por mês).

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, informe nossa equipe 21 97629-7675

cel

Post Bottom Ad

Pages