Semana Literária Virtual de Belford Roxo homenageia escritora Eva Furnari - Jornal Destaque Baixada

DESTAQUE

PUBLICIDADE

8.18.2020

Semana Literária Virtual de Belford Roxo homenageia escritora Eva Furnari


A Secretaria de Educação de Belford Roxo promoveu em agosto a “Semana Literária Virtual”. A temática principal foi o Projeto Autor Homenageado. Porém, os alunos puderam realizar toda e qualquer atividade que colocasse em prática o incentivo à leitura e escrita, tais como: oficinas de produção textual, contação de histórias, encenações, exposições, etc. A Semana Literária acontece sempre no mês de abril, mas devido à pandemia, este ano foi em agosto. Vinte e nove unidades escolares e seus dinamizadores de leitura participaram do evento.

A cada ano os alunos e professores têm a possibilidade de conhecer novos autores e assim ampliar o repertório literário. E este não foi diferente. Na Semana Lietrária Virtual, a autora escolhida para ser homenageada foi a italiana Eva Furnari.

De acordo com o secretário municipal de Educação, Denis Macedo, o incentivo à leitura é fundamental e importante para o processo de desenvolvimento do aluno na fase escolar. “É sem sombra de dúvida fonte de conhecimento, sabedoria e inspiração. Demonstrando assim, que a leitura se faz presente em todo ciclo de alfabetização da vida escolar do aluno”, avaliou o secretário.




A semana Literária Virtual contou uma série de atividades com muitas histórias, desafios, biografias, depoimentos e muito mais. Os alunos puderam acompanhar não só os vídeos publicados de sua unidade escolar como também de outras que participaram do projeto através do Facebook da Divisão de Leitura.

Quem foi Eva Furnari

Eva Furnari nasceu em Roma, capital italiana, em 1948, mas aos 2 anos desembarcou no Brasil. Em 1976, formou-se em arquitetura e urbanismo pela Universidade de São Paulo (USP) e, de 1974 a 1979, foi professora de artes no Museu Lasar Segall. Estreou na literatura em 1980, com a coleção de histórias visuais Peixe Vivo, e na mesma época colaborou no suplemento infantil da Folha de São Paulo, com as tirinhas da Bruxinha. Com mais de 60 títulos publicados, prêmios vários e mil ideias, a escritora e desenhista sente que ainda há muitas linhas por compor.

São mais de 60 títulos, que juntos já venderam mais de 3 milhões de exemplares, não só por aqui, mas também no México, Equador, na Guatemala na Bolívia e na Itália. Na Inglaterra, Felpo Filva foi traduzido como Fuzz McFlops recentemente pela prestigiada editora Pushkin Books.

Ao longo de sua carreira, Eva Furnari recebeu diversos prêmios. Entre eles, sete prêmios Jabuti da Câmara Brasileira do Livro (CBL): Melhor Livro Infantil por Felpo Filva e Melhor Ilustração pelos livros Truks, A bruxa Zelda e os 80 docinhos, Anjinho, O Circo da lua, Cacoete e Felpo Filva. Foi premiada nove vezes pela FNLIJ e recebeu o Prêmio da Associação Paulista de Crítica (APCA) pelo conjunto da obra.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, informe nossa equipe 21 97629-7675

cel

Post Bottom Ad

Pages