Conselho Municipal debate retorno das aulas presenciais em Belford Roxo - Jornal Destaque Baixada

DESTAQUE

PUBLICIDADE

9.18.2020

Conselho Municipal debate retorno das aulas presenciais em Belford Roxo

Publicado em 18/09/2020

O Conselho Municipal de Educação de Belford Roxo reuniu-se de forma virtual, em sessão extraordinária, na última quinta-feira (17-09), para analisar as possibilidades de retomada das aulas presenciais nas unidades de ensino. A rede municipal conta com cerca de 45 mil alunos. A reunião extraordinária, com pauta específica, foi conduzida pelo presidente do Conselho Municipal de Belford Roxo, Denis Macedo – que também é secretário de Educação - e teve o objetivo de analisar os protocolos necessários para o retorno e refletir sobre as adequações necessárias nos planos de ação das unidades para que esse retorno aconteça de forma responsável tendo como prioridade a segurança de alunos, professores e demais funcionários. Não há previsão de retorno das aulas presenciais.

“A nossa razão de ser enquanto profissionais da educação é estar com os alunos; estar em sala de aula e por isso precisamos refletir e considerar a retomada das aulas presenciais de forma segura, quer seja agora, quer seja mais adiante. Cabe ressaltar que foi consenso entre os participantes a necessidade da retomada das aulas presenciais. Porém, que essa seja de forma responsável e segura”, destacou Denis Macedo.

A Secretária Adjunta Eneila Feitosa falou sobre a importância da acolhida a profissionais e alunos. Ela destacou a necessidade de ouvir a opinião das famílias nesse momento. A chefe da Educação Infantil, Vanessa Alves, salientou ainda as especificidades da Educação Infantil e destacou a necessidade de interação e contato físico, principalmente na faixa etária de 1 a 3 anos. “Devemos ter olhar diferenciado com os alunos especiais, oferecendo atendimento e acompanhamento individualizado aos mesmos, respeitando as peculiaridades de cada caso”, resumiu a chefe da Educação Especial, Celia Domingues.

Todas as argumentações sobre a possibilidade de retorno farão parte de um documento que servirá de base para o posicionamento a ser adotado. O grupo voltará a se reunir na próxima semana para continuidade da pauta.

As responsáveis pelo Programa Saúde na Escola em âmbito Municipal, professora Suelen Soares, representando a Educação e pela saúde a Nutricionista Amanda Abreu e a enfermeira Érica, além da enfermeira Airan Chaves, que atua na Vigilância Sanitária, destacaram na reunião as informações sobre os protocolos sanitários com base nos documentos da Fiocruz e outros órgãos oficiais. Suelen, que também é pesquisadora da Fiocruz, esclareceu que a decisão do retorno está atrelada às taxas de transmissão da doença. 

TEM INSTAGRAM? SEGUE A GENTE CLICANDO AQUI

Compartilhe nas redes sociais e grupos de WhatsApp

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, informe nossa equipe 21 97629-7675

cel

Post Bottom Ad

Pages