Agente penitenciário acusado de matar mulher em feira de Belford Roxo segue em liberdade - Jornal Destaque Baixada

DESTAQUE

PUBLICIDADE

10.20.2020

Agente penitenciário acusado de matar mulher em feira de Belford Roxo segue em liberdade



BELFORD ROXO - Há quase dois meses após o crime, a família de Amanda Nunes, 30 anos, ainda clama por justiça, pois o responsável de atirar contra a vítima, ainda segue solto. A jovem estava lanchando em uma barraca de pastel no dia 31 de agosto, quando no local, ela teria sido ofendida, onde reagiu e acabou levando tiro no rosto.

De início, ela foi socorrida e levada para o Hospital Municipal de Belford Roxo, mas por causa da gravidade, foi transferida para o Hospital Geral de Nova Iguaçu (HGNI), o Hospital da Posse, mas não resistiu aos ferimentos. O agente penitenciário, que não teve o nome revelado é suspeito de matar Amanda e até a publicação desta reportagem, segue em liberdade. A Delegacia de Homicídios da Baixada Fluminense, informou, que já pediu a prisão do acusado, mas não explicou, o porque ele se apresentou na delegacia, dois dias depois do crime, acompanhado de advogados e foi liberado.

TEM INSTAGRAM? SEGUE A GENTE CLICANDO AQUI

20/10/2020 
Compartilhe nas redes sociais e grupos de WhatsApp


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, informe nossa equipe 21 97629-7675

Post Bottom Ad

Pages