Cidades da Baixada Fluminense se preparam para começar vacinação contra Covid - Jornal Destaque Baixada

DESTAQUE

PUBLICIDADE

segunda-feira, janeiro 18, 2021

Cidades da Baixada Fluminense se preparam para começar vacinação contra Covid


As cidades da Baixada Fluminense já se preparam para receber as doses de vacina contra a Covid-19 e aplicar nos primeiros grupos prioritários. De acordo com informações dos executivos, medidas de distanciamento social foram mantidas e os locais de vacinação já foram definidos pelos secretários.

Os secretários de saúde de todos os municípios do RJ terão uma reunião nesta segunda-feira (18) para definir quantas doses irão para cada cidade.

Belford Roxo

A vacinação será feita em 24 unidades de saúde da família e 14 unidades básicas de saúde, além de 10 policlínicas de Belford Roxo.

Queimados 

A Prefeitura de Queimados já recebeu as seringas destinadas à vacinação contra a Covid-19 e aguarda a distribuição de cerca de 2.660 das doses destinadas pelo Governo Estadual ao município, para iniciar a primeira fase da campanha de vacinação contra a doença. As doses da vacina estão previstas para chegar nesta terça-feira (19). 

A estrutura da nossa rede de saúde já está preparada para atender à população, quando a imunização começar pelos profissionais de saúde e idosos de abrigos que fazem parte dos grupos prioritários determinados pelo Ministério da Saúde.

Duque de Caxias

A vacinação contra a Covid em Duque de Caxias deve seguir a mesma estratégia da vacinação contra a gripe. Assim, 74 unidades básicas de saúde, unidades pré-hospitalares e unidades de saúde da família serão os locais de vacinação.

O Centro Municipal de Saúde de Duque de Caxias e o Centro de Referência e Atenção Especializada à Saúde da Mulher também serão usados como pontos de vacinação.

Conforme o  secretário de Saúde do município, Duque de Caxias tem 12 mil servidores nesta área e estima começar a vacinação ainda nesta segunda-feira (18), assim que receber as doses.

Nova Iguaçu

A prefeitura de Nova Iguaçu confirmou que está aguardando um posicionamento dos governos federal e do Rio de Janeiro para saber quantas doses serão destinadas para a cidade e usará toda a estrutura da rede municipal para a vacinação.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, informe nossa equipe 21 97629-7675


Pages