Deputada e secretários visitam Centro Avançado de Acolhimento Multidisciplinar Pós-Alta Hospitalar em Belford Roxo - Jornal Destaque Baixada

DESTAQUE

PUBLICIDADE

sexta-feira, maio 07, 2021

Deputada e secretários visitam Centro Avançado de Acolhimento Multidisciplinar Pós-Alta Hospitalar em Belford Roxo


O secretário municipal de Saúde, Christian Vieira, a secretária de Assistência Social, Cidadania e Mulher, Brenda Carneiro, e a deputada federal Daniela do Waguinho, visitaram, na quinta-feira 06/05), o Centro Avançado de Acolhimento Multidisciplinar Pós-Alta Hospitalar, que funciona no bairro Xavantes. A unidade é uma parceria da Prefeitura com o Sistema Integrado Público-Privado de Saúde (SIPPS) e será a primeira no Brasil a ter o primeiro centro pediátrico pós-covid.

Um dos objetivos do Centro Avançado de Acolhimento Multidisciplinar Pós-Alta é melhorar a qualidade de pacientes pós-Covid-19, contribuindo com o seu retorno às atividades rotineiras, mediante atendimento multiprofissional especializado. A previsão é atender 180 pacientes. O tempo de recuperação dura, em média, 10 dias.

O Centro terá um núcleo de atendimento psicológico e de assistência social; sala de fisioterapia; núcleo avançado da Clínica da Mulher; consultório de nutrição; sala de enfermagem; e espaço multidisciplinar com pedagogo. O local dispõe ainda de um espaço multidisciplinar com brinquedoteca para as crianças que acompanharem as mães nas consultas e tratamentos.

Trabalho preventivo

A deputada federal Daniela do Waguinho acentuou que a Covid – 19 é uma doença que mata e deixa sequelas. A parlamentar acentuou que a parceria da Secretaria de Assistência Social, Cidadania e Mulher; e Secretaria de Saúde com o SIPPS é fundamental para os pacientes. “Esse trabalho de acolhimento é inovador e mostra que o governo municipal trabalha de forma intersetorial. A Prefeitura faz um trabalho preventivo contra a Covid-19. Em Brasília, busco sempre recursos para que essas ações continuem”, concluiu a deputada. “A Secretaria de Assistência Social, Cidadania e Mulher terá duas assistentes sociais para atender às famílias que ainda não foram referenciadas e encaminhá-las aos Cras (Centro de Referência da Assistência Social) ou Creas (Centro de Referência Especializado em Assistência Social). O Centro Avançado é importante, pois é um espaço para que o paciente seja acompanhado e os profissionais percebam a evolução”, arrematou a secretária de Assistência Social, Cidadania e Mulher, Brenda Carneiro.



Satisfeito com os resultados colhidos pelo trabalho de combate à Covid-9 em Belford Roxo, o secretário municipal de Saúde, Christian Vieira, lembrou que a revista Exame publicou recentemente uma pesquisa em que Belford Roxo aparece como primeiro lugar no Estado do Rio de Janeiro – e quarta no Brasil – como a cidade que mais salvou vidas no período de pandemia. “Conseguimos bons resultados por causa do trabalho e dedicação de todos. Agradeço aqui o empenho dos funcionários da Saúde, que trabalham de domingo para que tudo transcorra da melhor maneira possível. Agora estamos na fase de vacinação contra a Covid-19 e a situação está bem controlada. Este Centro Avançado nos ajudará muito na recuperação dos pacientes que enfrentam as sequelas da doença”, concluiu Christian Vieira, destacando o empenho do prefeito Wagner dos Santos Carneiro, o Waguinho, da deputada federal Daniela do Waguinho e do deputado estadual Marcio Canella no combate à Covi-19. Os secretários Reginaldo Gomes (Habitação e Urbanismo) e Rodrigo Gomes (Esporte e Lazer) também acompanharam a visita.

Estrutura do Centro Avançado

O Centro contará com uma equipe de profissionais composta por enfermeiros, técnicos de enfermagem, farmacêuticos, fisioterapeutas, médicos, nutricionistas, psicólogos, assistentes sociais e pedagogos. "Oferecemos um serviço completo para reduzir o tempo de permanência no hospital dos pacientes críticos e crônicos na fase da Covid-19”, resumiu o presidente do Sistema Integrado Público-Privado de Saúde (SIPPS), que administra o Hospital Fluminense, Leandro Santoro.

Os pacientes receberão orientações e auxílio dos profissionais visando a recuperação do condicionamento respiratório e o fortalecimento muscular. “A equipe multidisciplinar acompanhará o paciente com debates diários para o estabelecimento de metas. Caso seja necessário, mesmo após a alta hospitalar, o acompanhamento continua ambulatorialmente com fisioterapia e outras especialidades”, finalizou a gerente de qualidade e fisioterapia, Luana da Silva Santo, destacando que os serviços são voltados para os pacientes que ficarem internados nos hospitais da rede municipal de Saúde para tratamento da Covid-19 e para os que forem encaminhados pelo Complexo Regulador da Secretaria.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, informe nossa equipe 21 97629-7675


Pages