Belford Roxo começa a construir Mercado Popular para ambulantes - Jornal Destaque Baixada

DESTAQUE

PUBLICIDADE

6.18.2021

Belford Roxo começa a construir Mercado Popular para ambulantes


Na contramão da crise econômica e da pandemia, Belford Roxo mostra-se um município sólido para investimentos. Uma grande rede de eletroeletrônicos irá inaugurar duas lojas ainda neste semestre no município. Além disso, uma multinacional de produtos veterinários se instalou na Bayer. A Prefeitura está realizando um reordenamento da cidade e isso inclui os ambulantes, que há mais de 20 anos trabalhavam em lugares incertos no centro. A Secretaria de Obras já iniciou a construção do Mercado Popular, na Rua José Haddad, perto da estação ferroviária para abrigar os ambulantes cadastrados.

O Mercado Popular está sendo construído em uma área de 1.467 metros quadrados e terá 107 barracas com cobertura própria, sendo 23 de um lado e 84 de outro. Serão construídos ainda um banheiro masculino e outro feminino.


O prefeito Wagner dos Santos Carneiro, o Waguinho, destacou que ao assumir o cargo pela primeira vez, em 2017, notou que a cidade estava desestruturada. Uma das primeiras medidas foi iniciar obras de revitalização em bairros com potencial vocação comercial, como Farrula, Heliópolis, Lote XV e o Centro. Com essa parte estruturada, a Prefeitura colocou em prática a segunda etapa da revitalização do Centro: a construção do Mercado Popular. 

“Por muitos anos os ambulantes trabalharam de forma improvisada em barracas frágeis que não resistiam a uma chuva média. São pessoas que trabalham no município há muitos anos e que merecem um local digno. O Mercado Popular será todo estruturado para que ambulantes e consumidores tenham todo o conforto na hora de fazer as compras”, avaliou Waguinho. “A distribuição das barracas será definida de forma que não prejudique ninguém”, resumiu o secretário de Ordem Urbana, Robenilson Vasques Fernandes.

Categoria ansiosa pela obra

Trabalhando como ambulante há 26 anos, Débora Toledo da Silva destacou que o mercado popular é um sonho antigo da categoria. Ela frisou que está ansiosa para ver logo o local funcionando. “Vi o projeto e percebi que o espaço nos dará dignidade”, argumentou. “O prefeito nos ouviu e iremos conquistar um local digno de trabalho”, completou Suelen Dias, que trabalha há 13 anos como ambulante e, junto com Débora, representa a categoria nas negociações com a Prefeitura.


Quem também não esconde o ar de felicidade é Acácio dos Anjos Cabanelas, 71 anos, que trabalha há 41 como ambulante. Atualmente ele vende diversos itens, como cortinas, por exemplo, “É um sonho! Já passei por muito sol e muita chuva trabalhando. O Mercado Popular é uma conquista”, avaliou. “Um espaço com comodidade e dignidade. É tudo que queremos. Sei que a obra deve demorar um pouco, mas é para o nosso bem, pois o Mercado Popular ficará muito bom”, completou Rafael Carvalho, 29, que há 10 trabalha com acessórios para celulares.

TEM INSTAGRAM? SEGUE A GENTE CLICANDO AQUI

18/06/2021

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, informe nossa equipe 21 97629-7675

Post Bottom Ad

Pages