Nova Iguaçu destaca a literatura infanto-juvenil no projeto Livros para Voar - Jornal Destaque Baixada

DESTAQUE

PUBLICIDADE

quarta-feira, julho 07, 2021

Nova Iguaçu destaca a literatura infanto-juvenil no projeto Livros para Voar



O encantamento da literatura infanto-juvenil é o destaque da edição desta sexta-feira (9) da Tarde de Autógrafos do projeto “Livros para Voar”, às 14 horas, na sala de leitura, terceiro piso do TopShopping, em Nova Iguaçu. Fernanda Fonseca estará autografando o livro “Flora e o Monstro de Papelão”, escrito por Paulo Rosa e com ilustrações dela. A ação faz parte do Programa Municipal de Incentivo à Leitura da Prefeitura de Nova Iguaçu, através da Fenig, a Fundação Educacional e Cultural de Nova Iguaçu.

Formada em Matemática pela UERJ e fazendo mestrado em Ensino de Ciências, Fernanda Fonseca possui paixão pelo desenho desde criança, o que a levou para esse caminho, diagramando para exposições e ilustrando capas de livros. A primeira ilustração de um livro infanto-juvenil vem com “Flora e o Monstro de Papelão”. Com a ilustração deste livro, Fernanda buscou o equilíbrio entre a narrativa e as imagens.

“O mais legal de trabalhar nesse projeto junto com Paulo Rosa é porque, além de ser um amigo, ele é um escritor muito bom. Eu me senti super livre o tempo todo para escolher as cores que seriam utilizadas e o estilo do desenho. Ele me deixou livre para decidir qual o caminho a seguir”, afirmou Fernanda.

“Nós tivemos uma sintonia muito grande para pensar em atribuir o texto junto da imagem de uma forma que pudesse abarcar tudo sobre aquela criança que passa por uma transição de ter livros com muitas imagens para aqueles com muito mais textos. Pensar no caminho do meio foi muito legal”, destacou a ilustradora.

Além da Tarde de Autógrafos, nesta sexta, haverá distribuição de livros e gibis doados ao projeto “Livros para Voar”. São publicações arrecadadas em onze pontos de Nova Iguaçu nas caixas da ação. O projeto é dedicado a livros paradidáticos que foram doados à Fundação. São aceitos livros de diversos gêneros como romances, biografias, poesias e gibis. É só deixar o livro na caixa. Se outra pessoa quiser ler, é só pegar e levar para desfrutar da leitura e depois, se quiser, devolver numa das caixas.

A ideia do “Livros para Voar” é fazer os livros circularem pela cidade. Os 11 totens com as caixas do projeto estão na Fenig; Prefeitura de Nova Iguaçu; TopShopping; Hospital Geral de Nova Iguaçu, na Posse; Igreja Santo Antônio da Prata; Igreja São Miguel Arcanjo, em Miguel Couto; OAB Nova Iguaçu; Casa de Cultura; Casa do Professor; Cefet-NI; e Loja Caçula Nova Iguaçu.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, informe nossa equipe 21 97629-7675


Pages