Mulher ajuda menino que estava na rua e sofre fratura no nariz após ser agredida pelo pai da criança, em Belford Roxo - Jornal Destaque Baixada

DESTAQUE

PUBLICIDADE

quarta-feira, setembro 29, 2021

Mulher ajuda menino que estava na rua e sofre fratura no nariz após ser agredida pelo pai da criança, em Belford Roxo


BELFORD ROXO - Uma mulher foi agredida de forma brutal com soco inglês em Belford Roxo, na Baixada Fluminense. Com fraturas no nariz, ela teve que ser socorrida ás pressas para o hospital da cidade. 

De acordo com informações da vítima, que relatou nas redes sociais, o caso aconteceu na tarde do último domingo (26/9), quando ela estava no portão de sua casa, no bairro de Heliópolis, e um menino de 4 anos apareceu com fome e pediu comida. Ela rapidamente pegou o que tinha e deu para a criança se alimentar. 

A jovem Larissa Santos relatou que tentou todos os meios para avisar os parentes da criança, mas que mesmo alguém vindo buscá-lo, o garoto retornou para o seu portão dela, onde acabou dormindo em seu colo. "A criança estava andando sozinha pelas ruas, suja e com muita fome". Segundo a jovem, o agressor é Richard Almeida e ele (segundo ela) estava armado com um soco inglês e o agressor partiu pra cima dela dando dois socos em seu rosto, onde ela caiu e bateu a cabeça no meio-fio. A polícia investiga o caso. 

Richard Almeida é acusado de agredir a jovem Larissa Santos com um soco inglês

Veja o relato abaixo.

"Domingo dia 26/09/2021 por volta das 16:30 da tarde, eu estava no portão da minha casa com minha prima e uma amiga, e veio o filho da minha amiga (Alice Martins) que tem apenas 4 anos de idade sozinho, todo sujo, parou ao meu lado e disse “ tia estou com fome, estou com muita fome” ao ouvir isso eu entrei e peguei biscoito, salgadinho, algumas coisas para ele comer, e nisso, o menino ficou no meu portão comigo e ninguém foi procurá-lo saber onde ele estava, se estava bem e com quem estava, as horas foi passando e ninguém apareceu, eu mandei mensagem pra mãe dele (Alice Martins) para está indo buscar o menino, comecei a perturbar ela porque já era 19:00hs da noite e ninguém tinha aparecido pra saber do menino, ela mandou mensagem pra madrasta dele (Sheron) pois o menino estava sobre a responsabilidade do pai, e quando foi 19:30 da noite a madrasta apareceu ( Sheron ) pra buscar o Arthur, levou ele com ela.

Se passaram 10 minutos, o pai da criança ( Richard Almeida) passou de moto com a criança enfrente ao meu portão, e logo após ele ter passado, deixou o menino na esquina e logo depois o menino veio sozinho novamente, sentou no chão e ficou cochilando, com sono, eu e minha prima ( Carine ) pegamos ele e colocamos ele sentado na cadeira, logo após ele encostou a cabeça na perna da minha prima ( Carine) e dormiu, minha prima pegou ele e colocou no colo dela, onde a criança ficou dormindo, quando foi 21:30 da noite eu queria entrar, porém não sabia oque eu iria fazer com a criança, pois novamente ninguém veio saber dele, se estava tudo bem, ou onde ele estava, então, mandei mensagem para mãe dele novamente e disse que já era 21:30 da noite e eu iria entrar e ninguém apareceu pra buscar o menino, eu não sabia com quem ele estava, aonde eu poderia deixar ele, se poderia entrar com ele pra minha casa, oque era pra eu fazer, pois não sabia oque fazer, fiquei com medo de entrar com ele pra minha casa e depois ficarem procurando ele achando que poderia ter acontecido algo, então mandei ela ir buscá-lo, ou falar oque era pra eu fazer, a mesma disse que iria mandar mensagem pra madrasta novamente( Sheron) e logo depois veio a Sheron pegou o menino, logo após ela ter ter pego o menino, veio o pai dele (Richard Almeida) me xingando, falando para eu não se meter na vida do filho dele, pois ele não estava sozinho que a criança estava com a madrasta, a madrasta voltou novamente e começou a me ofender verbalmente juntamente com o pai da criança, eu os ofendi de volta, e o mesmo ( Richard Almeida) me deu DOIS socos na cara, com um soco inglês que estava na mão dele, na mesma hora eu caí, bati a cabeça no meio fio, e comecei a me sufocar com o sangue, pois estava descendo muito sangue pelo meu nariz, minha prima acionou o 190, porém estava demorando muito, chamamos o Uber e fomos para o hospital municipal de Belford Roxo, chegando lá fui atendida pelo bucomaxilofacial, o mesmo disse que ele havia fraturado meu nariz, tomei 7 pontos, 5 na testa, 1 dentro do nariz e o outro em cima do nariz.

Quero deixar claro que não estou aqui me vitimizando e muito menos fazendo isso pra ganhar curtida ou seguidores, estou aqui, por INDIGNAÇÃO, E POR JUSTIÇA POR MIM MESMA. Pois no mundo que estamos vivendo hoje, estamos vendo tantos casos de estrupo com crianças, até mesmo crianças sendo sequestrada a todo tempo, e eu jamais vou desejar isso pra uma criança e sempre que eu puder proteger uma criança disso, já que os pais não são ao menos capazes disso, eu vou.
Hoje eu só quero que a justiça seja feita e digo, as crianças não pediram pra vir ao mundo, desde o momento que você tem um filho, você como pai ou mãe devem sim ter responsabilidade, não importa quem esteja responsável

Pela criança no momento, mas se seu filho está em risco, está sendo mal cuidado sua obrigação e tirar seu filho dessa situação. CUIDEM DOS SEUS FILHOS, CRIANÇAS NÃO PODEM SE CUIDAR SOZINHAS! Obs: "Vivinha" como está escrito em um dos prints é mãe da Alice." Disse ela.

TEM INSTAGRAM? SEGUE A GENTE CLICANDO AQUI

29/09/2021

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, informe nossa equipe 21 97629-7675


Pages