Belford Roxo promove confraternização em homenagem ao Dia dos Professores e ao Outubro Rosa - Jornal Destaque Baixada

DESTAQUE

PUBLICIDADE

quarta-feira, outubro 20, 2021

Belford Roxo promove confraternização em homenagem ao Dia dos Professores e ao Outubro Rosa

Foto: Rafael Barreto/PMBR

Ainda em alusão ao Outubro Rosa e ao Dia dos Professores (15-10), a Secretaria de Esporte e Lazer de Belford Roxo realizou um aulão de pilates e ginástica aeróbica com os professores Tuiuiu e Jaqueline. Além disso, aconteceu uma confraternização com café da manhã e palestras com depoimentos de duas alunas que já tiveram câncer.

O secretário de Esporte e Lazer, Rodrigo Gomes, chamou a atenção para o diagnóstico precoce do câncer e dos exercícios para o bem-estar da população. “Sempre incentivamos esses tipos de eventos, pois a saúde começa aqui com qualidade de vida. Além disso, temos academias ao ar livre espalhadas em toda a cidade por determinação do prefeito Waguinho levando o esporte aos bairros. O psicológico também é trabalhado com a interação durante as aulas”, destacou.

Para as palestras, as alunas Natalice dos Santos, 64 anos e Rosemere Pinto, 56, foram só elogios para a Vila Olímpica. “Não me vejo fora da vila e sem fazer as atividades. Comecei a frequentar para fazer exercícios que me ajudassem com a fisioterapia oncológica depois de um câncer de mama. Já estou há três anos. Exercícios para mim é tudo. O pessoal é maravilhoso desde a administração aos professores”, disse Natalice.

Indicação médica

“Conheço a vila há anos, meus filhos frequentaram. Comecei a me preocupar com meu corpo e decidi ir às aulas. Aqui temos qualidade de vida. E hoje tratar sobre Outubro Rosa é essencial”, acrescentou Rosemere. Há cinco anos, Maria Creuza, 79, chegou na Vila Olímpica com dores e bastante sedentária. Hoje, ela diz que as pessoas ficam bobas quando a veem nas aulas. “Já emagreci, não sinto mais dores e recebi muitas dicas dos professores. Quando não tem aula, eu dou uma caminhada pela pista. Agradeço muito aos professores”, resumiu.

Moradora de Santa Amélia, Amanda Oliveira, 27, disse que resolveu fazer as aulas pela diabetes e pelo sedentarismo. “Foi indicação do meu médico fazer exercícios e a vila é mais acessível para mim. Vou todos os dias com a minha irmã e já senti a diferença na minha condição física. O esporte contribui para a saúde”, explicou Amanda.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, informe nossa equipe 21 97629-7675


Pages