Belford Roxo firma convênio e cateterismo é realizado em até 48h - Jornal Destaque Baixada

DESTAQUE

PUBLICIDADE

25/04/2022

Belford Roxo firma convênio e cateterismo é realizado em até 48h


Hoje a cidade de Belford Roxo, na Baixada Fluminene em conjunto com a Downtown Medic já realiza cirurgia de catarata gratuitamente. E agora o Hospital Municipal, em parceria com o Hospital Encor, está otimizando os cateterismos e, se necessário, angioplastia. Em até 48h o paciente realiza os exames na unidade e o procedimento. Antes, poderia chegar até 15 dias. O convênio foi firmado em fevereiro e são feitos de três a quatro cateterismos por dia.

O diretor do Hospital Municipal, Willian Andrade, explicou que o paciente chega com dor no peito e vai direto fazer os exames necessários. Quando comprovado o infarto, ele é internado e a cirurgia solicitada. “Depois do procedimento ele volta para cá e fica em observação. É encaminhado para o cardiologista para o tratamento da maneira correta. Com esse convênio conseguimos otimizar o tempo e hoje não perdemos mais vidas. Pelo contrário, salvamos”, destacou Willian.

Falando sobre a parte técnica, a clínica geral Ana Carolina Loback explicou que o cateterismo consiste em desobstrução de placas de gordura e colesterol, e é necessário fazer o procedimento o quanto antes para evitar complicações. “Quando o paciente chega com suspeita de infarto temos um protocolo a seguir. Fazemos um eletrocardiograma, hemograma completo e as curvas enzimáticas, que quando sofrem algum tipo de agressão elas têm um aumento significativo que pode indicar que o paciente infartou. Esse exame é repetido de quatro em quatro horas para ter a certeza do diagnóstico. Repetimos essas curvas quando é realizado o cateterismo para saber se a ação foi bem sucedida”, disse a médica.

Tratamento VIP

“Antes, o paciente vinha com o diagnóstico de infarto e tinha que entrar em uma fila de regulação do Estado. E essa espera levava alguns pacientes a óbito. Sabendo dessa demanda, o prefeito Waguinho firmou essa parceria. Dependendo do caso, o paciente já realiza o procedimento no mesmo dia. Levamos os pacientes de ambulância e damos toda a assistência. Lá (Encor) é realizado o cateterismo e se evoluir para uma angioplastia, já faz lá mesmo e depois retornam para a gente”, informou o secretário executivo de Saúde do Hospital Municipal Jean Corrêa dos Reis.

Ao sair de casa em direção ao trabalho Camila Andrade Lima, 36 anos, correspondente bancário, sentiu uma dor no peito e dormência na mão. Como não era de costume essa sensação, ela foi ao hospital e prontamente atendida. Camila contou que foi uma enfermeira que percebeu sua condição e a levou para uma sala onde teve atendimento. “Minha pressão estava muito alta, então fui medicada e fiquei no soro de repouso. Fiz exames, pois estava com suspeita de infarto. Repeti as curvas a cada quatro horas e foi comprovado. Achei que iria demorar para eu fazer o procedimento, mas foi muito rápido. Todos me receberam muito bem, tiraram minhas dúvidas e me deixaram tranquila”, disse Camila.

Camila agradeceu muito a equipe do Hospital pelo apoio e a ter socorrido naquele momento. Emocionada ao retornar para pegar seu encaminhamento ao cardiologista, ela fez questão de abraçar cada um da equipe. “Todo o cuidado foi essencial. Os profissionais são maravilhosos. Eu não estaria aqui se não fossem eles. Recebi um tratamento VIP”, afirmou.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, informe nossa equipe 21 97629-7675

©2022 I Todos os direitos são reservados ao Jornal Destaque Baixada, conforme a Lei nº 9.610/98. A publicação, redistribuição, transmissão e reescrita sem autorização prévia são proibidas.

Pages