Em três dias, ações sociais em Belford Roxo fazem mais de sei mil atendimentos - Jornal Destaque Baixada

DESTAQUE

PUBLICIDADE

06/04/2022

Em três dias, ações sociais em Belford Roxo fazem mais de sei mil atendimentos

Foto: Rafael Barreto/PMBR

O bairro Lote XV, em Belford Roxo, recebeu nesta quarta-feira (06-04), a ação social “RJ para todos” do Governo do Estado do Rio de Janeiro. Em seu terceiro dia na cidade com serviços de assistência social, saúde, beleza e recreação, essa edição especial é voltada para as famílias atingidas pelas fortes chuvas do último final de semana. O evento atendeu 1.743 pessoas, somando 6.349 durante os três dias que esteve no município nos bairros de São Bernardo, Recantus e Lote XV. A próxima ação será no bairro Heliópolis, na sexta-feira (08-04), das 9h às 13h.

Os serviços oferecidos na ação foram: emissão da 1ª e 2ª via da carteira de identidade, isenção para 2ª via da carteira de identidade e certidão de nascimento, informações sobre o cartão Recomeçar, expedição da carteira digital de trabalho, habilitação para casamento, banco de empregos do Sistema Nacional de Emprego (Sine) e muito mais. O local, que também é um ponto de apoio, dispõe de orientações e vacinação contra antitetânica e hepatite B.

Durante o evento, a primeira-dama e deputada federal Daniela do Waguinho conversou com moradores e ouviu as demandas junto ao vice-prefeito Marcelo Canella e a secretária de Assistência Social, Cidadania e Mulher, Brenda Carneiro. Ela destacou a ajuda dos governos do Estado e Federal nessa hora de dificuldade das pessoas. “Recebemos uma representante do Ministério da Cidadania para fazer um levantamento a partir de um estudo técnico e contribuir com o recomeçar de Belford Roxo. O que tiver ao meu alcance eu farei por essas famílias”, disse Daniela. “Essa parceria veio para beneficiar e ajudar as vítimas das chuvas garantindo os seus direitos. É uma concentração de forças”, acrescentou o vice-prefeito.

Debaixo d’água

Segundo a moradora do bairro Vila entre Rios, Andrea Cristina da Costa Tavares, 44 anos, o local ficou tomado por água. Dentro de sua casa a altura era na pia, e na rua, as águas batiam em seu pescoço. “Nunca tinha acontecido isso antes, só deu tempo de sair e salvar a vida das crianças, além de alguns documentos. As poucas coisas que tínhamos ficou debaixo d’água. A ação é um grande auxílio para as pessoas que precisam recomeçar e que ficaram com o psicológico abalado sem saber o que fazer. O atendimento é maravilhoso. Eu não esperava tanto e essa atitude vai dar uma esperança para as pessoas que estão desorientadas”, afirmou Andrea.

No Jardim do Ipê, as marcas da altura da água ainda estão nos muros das residências. Dona Lucia Helena de Oliveira, 65, tem um filho especial que não estava em casa na hora que a chuva invadiu as casa. Mas perdeu alguns eletrodomésticos e foi até a ação em busca de orientações, além de tirar identidade e ser atendida no Sine. “Ainda bem que estamos todos bem e com vida. Precisamos dessa força que estão nos dando, pois assim como eu, muitas pessoas perderam tudo e buscam uma orientação”, disse.

Há nove meses o casal Paulo Roberto Vieira de Aquino, 56, e Iza Barbosa Vieira, 50, vieram da Paraíba para morar no Lote XV. Desempregado, Paulo contou que perdeu o pouco que tinha na enchente e foi em busca de uma ajuda para recomeçar. “Essa ação é o amor de Deus no coração das pessoas. É muito difícil falar sobre o que está acontecendo, mas agradeço a Deus por estar vivo e com saúde e ter essa chance de recomeçar”, disse Paulo. “O atendimento é nota 10”, finalizou Iza.

TEM INSTAGRAM? SEGUE A GENTE CLICANDO AQUI

Publicado em 06/04/2022

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, informe nossa equipe 21 97629-7675

©2022 I Todos os direitos são reservados ao Jornal Destaque Baixada, conforme a Lei nº 9.610/98. A publicação, redistribuição, transmissão e reescrita sem autorização prévia são proibidas.

Pages