RJ para Todos realiza mais de dois mil atendimentos em Heliópolis, Belford Roxo - Jornal Destaque Baixada

DESTAQUE

PUBLICIDADE

11/04/2022

RJ para Todos realiza mais de dois mil atendimentos em Heliópolis, Belford Roxo


Mais uma ação RJ para todos, do Governo do Estado do Rio de Janeiro, foi concluída em Belford Roxo. O projeto aconteceu no bairro Heliópolis e realizou 2.011 atendimentos nas áreas de assistência social, saúde, beleza e recreação. A ação ficou durante toda a semana na cidade para ajudar, orientar e prestar serviços às famílias vítimas das fortes chuvas do último final de semana.

O prefeito Wagner dos Santos Carneiro, o Waguinho, marcou presença na ação social e conversou com moradores e funcionários. “Durante a semana estive rodando os bairros atingidos pelas fortes chuvas para ouvir as demandas e tomar providências. Essas ações estão contribuindo com o trabalho de orientação, ajuda e acolhimento que estamos realizando em nossa cidade. É uma concentração de forças em benefício do povo. E estamos sempre à disposição para ouvir e agir”, destacou Waguinho.

“Com essas ações mais a ajuda do município vamos garantir os direitos de recomeçar da população. Uma representante do Ministério da Cidadania também esteve conosco em visita técnica para um levantamento e conseguir recursos de Brasília”, resumiu a primeira-dama e deputada federal Daniela do Waguinho, ao lado da secretária de Assistência Social, Cidadania e Mulher, Brenda Carneiro. “Além dessas ações, a população pode buscar ajuda, orientação e se cadastrar em nossos Cras e Creas”, acrescentou Brenda Carneiro.

Abrigo na casa da filha

Ao lado da filha Débora da Silva, 48 anos, e muito emocionada, Maria das Dores, 79, mora em Heliópolis, área bastante atingida pelas chuvas. Elas contaram que a chuva invadiu a casa de dona Maria e a família teve que se abrigar na casa da filha, que fica no segundo andar. “Hoje me senti como se fosse da família de cada um deles aqui. Fui muito bem acolhida e só tenho o que agradecer. Eu vi o carinho dos profissionais com as pessoas que assim como eu perderam tudo. Essa ação é muito importante para nos ajudar”, disse Maria das Dores. “É um ajudando o outro com carinho na hora do atendimento. Vamos reconstruir tudo de novo”, complementou Débora.


Suely Pereira da Silva, 45, mora no bairro Xavantes há quatro anos, mas seus pais já estão no bairro há anos e disseram que é a primeira vez que a água subiu tanto. “Ainda bem que estava em casa para ajudar aos meus pais que são idosos. Colocamos o que conseguimos para o alto. Estou desempregada há mais de dois anos e com esses acontecimentos fica mais difícil. Me cadastrei no balcão de empregos do Sine e aproveitei para tomar as vacinas. Mas o que está pesando mesmo é o psicológico. Não dormi direito essa madrugada só por pensar em falar sobre a minha situação para os atendentes. Mas toda ajuda é bem-vinda nessa hora”, explicou Suely.

Na madrugada durante as chuvas, Janete Araújo, 49, que mora próximo a Ponte Branca, contou que a família esperou a água baixar em cima da laje sem cobertura. “Meu filho ainda conseguiu salvar alguns documentos, mas minha carteira molhou. Perdemos roupas, meu tanquinho ficou boiando e ainda não conseguimos limpar nada. Hoje vim em busca de ajuda, como todos aqui. Atualizei meu Cadúnico e o atendimento foi muito bom. Todos nós estamos aqui para recomeçar já que muitas pessoas além de perderem seus pertences estão desempregadas”, disse.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, informe nossa equipe 21 97629-7675

©2022 I Todos os direitos são reservados ao Jornal Destaque Baixada, conforme a Lei nº 9.610/98. A publicação, redistribuição, transmissão e reescrita sem autorização prévia são proibidas.

Pages