Volta dos trens de passageiros até Itaguaí faz parte do plano estratégico do estado - Jornal Destaque Baixada

DESTAQUE

Home Top Ad




PUBLICIDADE

09/02/2018

Volta dos trens de passageiros até Itaguaí faz parte do plano estratégico do estado


Volta dos trens de passageiros até Itaguaí faz parte do plano estratégico do estado Proposta foi apresentada pela Secplan e visa melhorar a mobilidade urbana no município A Secretaria Municipal de Planejamento, Orçamento e Gestão (Secplan) voltou se reunir, na quinta-feira (08/02), com representantes da Secretaria Estadual de Governo. O objetivo do encontro foi à apresentação das propostas da Prefeitura de Itaguaí para a elaboração do Plano Estratégico de Desenvolvimento Urbano Integrado da Região Metropolitana do Rio de Janeiro (PDUI/RMRJ).

Após ouvir as proposições feitas pela Secplan, o governo do estado garantiu que a reativação do ramal de trens de passageiros entre as estações de Santa Cruz, no Rio de Janeiro, e Brisamar, em Itaguaí, faz parte das ações de mobilidade urbana a serem implementadas no município nos próximos anos.


“A volta dos trens de passageiros, além de beneficiar milhares de pessoas que dependem do transporte público, melhorará muito a mobilidade urbana no município”, disse Paulo Costa, diretor-adjunto da Câmara Metropolitana, ligada à Secretaria Estadual de Governo.

Novas rodovias

Representando a Secplan, o arquiteto e diretor de Urbanismo, Alessandro Clementino, apresentou as propostas da Prefeitura que irão constar do plano estratégico do estado. Além da reativação dos trens de passageiros, Clementino sugeriu transformar a Estrada do Caçador em uma grande avenida. Com aproximadamente 18 quilômetros de extensão, a via ligará Itaguaí, altura de Ibituporanga, a Rodovia Presidente Dutra (BR-116), passando pelo Arco

Metropolitano.

A outra sugestão foi à criação de uma avenida, ligando a rodovia Prefeito Abeilard Goulart de Souza (RJ-099), mais conhecida como Piranema, a RJ-093, em Queimados. Também foi sugerida a construção de um viaduto conectando a Rio-Santos (BR-101) a Estrada da Pedra, em Santa Cruz, no Rio de Janeiro. Em sua apresentação, o diretor de Urbanismo citou a escassez de moradia no município e a necessidade de se construir ao menos três mil unidades habitacionais para atender o aumento populacional nos próximos anos. Segundo Clementino, só a Marinha está planejando enviar para a sua base em Itaguaí mais de três mil militares.

Clementino comentou, ainda, que a cidade colocou a disposição do estado, há algum tempo, um terreno de nove mil metros quadrados que seria utilizado para a construção de um batalhão da polícia militar. “Itaguaí, hoje, é considerado um município estratégico para o estado e até para o governo federal, pois aqui se encontra uma importante base militar da Marinha. As propostas que apresentamos ao governo estadual fazem parte também do Plano Estratégico do Município”, recordou Clementino

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, informe nossa equipe 21 984040-254

Post Bottom Ad

Pages