Projeto ‘Muro Verde’ chega ao bairro de Miguel Couto, em Nova Iguaçu - Jornal Destaque Baixada

DESTAQUE

Home Top Ad

PUBLICIDADE

22/08/2018

Projeto ‘Muro Verde’ chega ao bairro de Miguel Couto, em Nova Iguaçu


Tornar escolas mais agradáveis, aconchegantes, coloridas e desenvolver a criatividade dos alunos. Esse é um dos objetivos do projeto ‘Muro Verde’, uma parceria entre a Secretaria Municipal de Educação e o Supermercado Vianense, que nesta terça-feira (21), pintou os muros da Escola Municipal Anna Maria Ramalho, em Miguel Couto, onde conta com 696 alunos da educação infantil de 5 anos até o 5º ano de escolaridade. No dia 5 de setembro, o projeto chega até o Centro de Ações Integradas Castorina Faria Lima (Caiesp), no Jardim Tropical, que atende crianças e adultos com necessidades especiais.

“Estamos retratando nesta escola a obra ‘Brincadeira de Criança’ do pintor Ivan Cruz. É um projeto sócio ambiental que leva mais vida e cor às escolas, que são de todos. O aluno começa a entender que o rabisco nas paredes não é legal, mas que pode dar lugar à pintura. Aqui descobrimos futuros pintores, novos talentos. A arte não está só no caderno, eles colocam a mão na tinta e expressam seus sentimentos através da pintura”, explicou o coordenador do projeto ‘Muro Verde’, Marcos Gabriel.

Medalhista de ouro no 1º torneio de xadrez de Nova Iguaçu, no último sábado (18), na categoria sub-14 feminino, a aluna Maria Eduarda Atanazio, de 13 anos, era uma das mais entusiasmadas pelo projeto. Ela lembrou que a pintura vai estimular os alunos a se dedicarem mais aos estudos.

“Estou dando mais vida à escola e só ao colorir os muros, já dá muita vontade de estudar. Esse projeto incentiva os alunos a se dedicarem mais. Eles encontram um ambiente mais bonito e aconchegante. Além disso, virei xerife aqui, vou ficar de olho se alguém rabiscar as paredes”, avisou a menina.

Portador de necessidades especiais, o estudante Uanderson Amaral dos Santos, 16, sujou as mãos de tinta e ajudou a pintar um pedido de paz nos muros da escola.

“Vi a felicidade nos olhos do meu filho, que tem um retardamento mental, mas pode interagir com outros alunos através da arte. Ele pintou e agora não quer saber de outra coisa”, contou o pai do jovem, Ângelo dos Santos, 35, que ainda tem outros seis filhos.

Aluna do 4º ano da terceira série, Vitória de Souza, 12, afirmou que descobriu um novo talento: a pintura.

“Não sabia desenhar ou pintar, agora quero me dedicar a essa arte. Fico orgulhosa de ter colaborado ao deixar o local onde estudo bem colorido”, comentou.

O projeto ‘Muro Verde’ existe há seis anos e contemplou mais de 30 escolas de Nova Iguaçu. No último dia 15, os muros da Escola Municipal Rui Barbosa, no bairro de Austin, começaram a ganhar vida com pinturas em referência ao pintor e artista plástico brasileiro Romero Britto.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, informe nossa equipe 21 97629-7675

Post Bottom Ad

Pages