Projeto Prosseguir quer corrigir distorção série/idade de alunos em Belford Roxo - Jornal Destaque Baixada

DESTAQUE

Home Top Ad




PUBLICIDADE

Projeto Prosseguir quer corrigir distorção série/idade de alunos em Belford Roxo


BELFORD ROXO - No dicionário, prosseguir significa “dar seguimento a”, “levar adiante”. Em Belford Roxo, prosseguir é o sinônimo de estudar, pois a Secretaria Municipal de Educação implantou o Projeto Prosseguir, que tem como finalidade corrigir a distorção série/idade de 950 alunos do 2º ao 9º ano de escolaridade. São 34 turmas distribuídas em 26 escolas municipais. No Prosseguir, dependendo do desempenho, o aluno pode cursar, em média, duas séries em um ano. As linhas gerais do projeto foram desenvolvidas pelo secretário-adjunto de Educação, Marcos Villaça.

De acordo com a chefe de Divisão de especialistas e a chefe de Divisão de Ensino Fundamental da Secretaria de Educação, Fernanda Capillupi e Simone Ramos, respectivamente, no início deste ano foi feito um levantamento onde verificou-se, em alguns casos, que chegava a 60% a distorção série/idade. “Os alunos ficarão em turmas específicas, facilitando assim o aprendizado”, resumiu Cappillupi, acentuando que o Ciep Municipalizado Vinícius de Moraes e a Escola Municipal Belford Roxo, por terem diversas turmas, concentram o maior número de alunos com defasagem escolar.

Um censo realizado feito pelas escolas e acompanhado pela Secretaria de Educação mostrou que entre as principais causas da distorção está a dificuldade de alunos que não conseguem escrever e ler. Somam-se a isso também as questões da violência e evasão escolar. No segundo segmento (6º ao 9º ano) essa distorção é mais acentuada, pois os alunos ficam mudando de escola. Em muitos casos eles não têm nenhum tipo de acompanhamento familiar.

Avaliações bimestrais

A montagem das turmas foi feita após uma avaliação realizada por orientadores, que traçaram o perfil dos alunos. O material utilizado em sala de aula foi produzido pelo Departamento de Ensino da Secretaria de Educação, facilitando assim, a inclusão de conteúdos específicos. “No Prosseguir faremos também avaliações bimestrais. No total, são 214 professores envolvidos no Programa”, resumiu Fernanda Capilluppi.

O secretário municipal de Educação, Denis Macedo, lembrou que ao assumir o cargo, em 2017, encontrou um quadro adverso com alunos desestimulados e a um passo da evasão escolar. “Desde então todos os nossos esforços tem se concentrado na alfabetização na idade certa. Mas não poderíamos deixar para trás aqueles que estão em defasagem pelo descaso das administrações anteriores. O Projeto Prosseguir vem para dar resposta a esse desafio. É um projeto nascido em nossa rede e que certamente contará com o comprometimento de todos os profissionais de ensino”, avaliou Denis Macedo.

Escola Municipal Heliópolis

Na Escola Municipal Heliópolis, por exemplo, 18 alunos participam do projeto Prosseguir. De acordo com as orientadoras pedagógica e educacional da unidade, Daniele Oliveira e Adriana Guerra, respectivamente, e a professora Dayana Carolina Souza Oliveira Melo, ao realizar o projeto, notou-se a mudança no comportamento dos alunos e também na autoestima. “Os alunos eram dispersos e não se interessavam pelo estudo pelo fato da distorção série/idade. Com o passar o tempo, fomos modificando esta realidade e agora notamos que eles estão mais interessados e com nova perspectiva de vida”, explicaram.

A diretora da unidade, Janete Guimarães, falou da importância do projeto para os alunos. “Estamos superando os resultados esperados. Notamos várias mudanças tanto no interesse pelo estudo, quanto com o comportamento. Ficamos contentes em ver a alegria dos nossos estudantes”, frisou a diretora. Alunos do 5º e 6º ano, Lucas dos Santos de Jesus, 15 anos e Sthefani Eduarda, de 13, estão gostando muito dos estudos. “Minha consciência aumentou e valorizo a importância do ensino”, disse Lucas. “Meu comportamento mudou, pois recebemos muita ajuda dos professores. Isso melhorou meu aprendizado”, completou Stephani.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, informe nossa equipe 21 984040-254

Post Bottom Ad

Pages