Saúde promove ação de combate à dengue em Queimados - Jornal Destaque Baixada

DESTAQUE

Home Top Ad




PUBLICIDADE

18/10/2018

Saúde promove ação de combate à dengue em Queimados

Dia Nacional de Combate à Dengue é comemorado com mutirão de serviços em Queimados
Em comemoração ao Dia Nacional de Combate à Dengue, a Prefeitura de Queimados, por meio da Secretaria Municipal de Saúde, promoveu uma ação de conscientização para os moradores do bairro São Roque. Agentes de endemia do município realizaram um mutirão que contou com visitas domiciliares, tratamento de pontos estratégicos de terrenos baldios e ferros-velhos e distribuição de materiais educativos.

A ação está ligada ao novo Levantamento Rápido de índices de Aedes Aegypti, o LIRAa, que trata-se de uma mostra estatística em que é determinada a quantidade de Aedes Aegypti em cada região da cidade. A porcentagem funciona da seguinte maneira: até 1%, a cidade está em situação satisfatória; entre 1% e 3,9% significa situação de risco; já superior a 4%, significa que o local está vivendo uma epidemia. No caso de Queimados, o índice bateu 0,91% em Agosto.

A visita, que acontece periodicamente, trata-se de uma inspeção criteriosa, em que são observadas as caixas d’água, calhas, ralos e os telhados das moradias. Ao encontrar algum local que esteja propício a se criar um foco, os agentes aplicam larvicidas, inseticidas e orientam a população a respeito da prevenção e controle de doenças, não só como a dengue, zika, chikungunya e febre amarela, mas também a doença de chagas, leptospirose e raiva. Ao todo, cerca de 60 mil imóveis recebem a visita da equipe da prefeitura ao longo do ano.

De acordo com a Secretária Municipal de Saúde, Drª Lívia Guedes, é fundamental que cada morador faça a sua parte para evitar a proliferação do mosquito transmissor. “A ação identifica possíveis focos dentro de residências e terrenos baldios. Em virtude disso, é que o mutirão de prevenção tem como objetivo eliminar os locais usados para o desenvolvimento do mosquito. Escolhemos o bairro São Roque, já que no último mês foi registrado 1 caso de dengue e 5 suspeitas de chikungunya”, destacou a secretária.




Flávio Costa, atual responsável pela Divisão de Monitoramento e Controle de Fatores Ambientais, explica que há uma equipe à disposição para as localidades que revelam altos índices. “Nós temos uma equipe que procura não só os moradores, mas também as associações de moradores, as igrejas, e assim fazemos um trabalho de convencimento da população”, explicou.

Sem necessidade de fumacê

O profissional também falou também sobre o uso dos carros fumacê na cidade, apontando que não é permitido pelo Estado liberar essa ferramenta com o índice do LIRAa médio da cidade inferior a 1%. “O uso de inseticida causa desequilíbrio ambiental, aumenta a resistência dos mosquitos ao inseticida e tem risco para os agentes que manipulam o produto”, explica.

O morador do bairro e técnico de manutenção, Aluísio Boechat, de 53 anos, afirmou que as visitas têm sido frequentes e são essenciais para os moradores. “Fazemos o que podemos para evitar a proliferação do mosquito, mas é importante que os agentes venham até aqui conferir. Esse tipo de trabalho é fundamental por aqui, pois nosso bairro tem muita criança também”, concluiu Aluísio, que mora há 21 anos no local.

Em casos de dúvidas sobre o combate a vetores, os moradores podem entrar em contato pelo número (21) 2665-4303 ou ir a Vigilância Sanitária do Município de Queimados, que fica na Travessa Marquês, 131, no Centro de Queimados, com funcionamento das 8h às 17h.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, informe nossa equipe 21 984040-254

Post Bottom Ad

Pages