Cozinha de padaria é interditada por péssimas condições de higiene em Nilópolis - Jornal Destaque Baixada

DESTAQUE

Home Top Ad




PUBLICIDADE

04/12/2018

Cozinha de padaria é interditada por péssimas condições de higiene em Nilópolis

Procon Estadual interdita cozinha de padaria em Nilópolis
O Procon Estadual realizou nova ação da Operação Secos e Molhados nesta terça-feira (04/12). A fiscalização que teve o foco em seis supermercados em Nilópolis e Anchieta, também vistoriou uma padaria alvo de denúncia que acabou tendo sua cozinha interditada pelas péssimas condições de higiene. Os fiscais descartaram 253kg e 654g de produtos impróprios ao consumo.



Denunciada no Procon-RJ, a padaria Flor de Valença, localizada na Estrada Antônio José Bittencourt, 217, em Nilópolis teve sua cozinha interditada pelas péssimas condições de higiene. Além dos problemas estruturais que motivaram a interdição, os fiscais encontraram um gato, um botijão em uso sem autorização do Corpo de Bombeiros e 1kg e 700g de queijo vencido. A padaria não exibia cartazes do telefone e endereço do Procon, o que informa disponibilidade de água filtrada e gratuita, do combate à violência contra a mulher e não possuía Livro de Reclamações, Alvará de Funcionamento, além dos certificados do Corpo de Bombeiros, de dedetização e de potabilidade da água.


Duas filiais do Rede Economia em Anchieta somaram 176kg de produtos impróprios ao consumo descartados nessa ação. A filial da Estrada do Engenho Novo, 34, não possuía certificado de potabilidade da água e apresentou problemas estruturais como piso quebrado, um ralo aberto e um ralo quebrado. Já a localizada na Av. Chrisóstomo Pimentel de Oliveira, 1053, tinha sua câmara de congelados com piso em cimento e rugoso e utilizava de pallets de madeira. Além disso, não apresentou o certificado do Corpo de Bombeiros.

Não foram encontrados problemas no Supermercado Cristal (Estrada Antônio José Bittencourt, 429 – Nilópolis).

Balanço da Operação Secos e Molhados

1 - SuperMarket (Rua Zanini, 150 – Anchieta): Problemas estruturais: câmara de resfriados de carnes com pallets de madeira e tendais e ganchos com ferrugem, câmara do açougue com ferrugem na porta e ralo sem tela. Produtos sem especificação de validade: 16kg de carré exposto à manipulação direta pelo consumidor e 45kg de pontas de carnes em contato direto com o chão. Vencidos: 11kg de pernil suíno. Ausência de cartaz de proibição de venda de bebidas alcoólicas a menores de 18 anos.

2 – Feira Nova (Estrada Getúlio de Moura, 411 – Nilópolis): Ausência do cartaz com telefone e endereço do Procon. Problemas estruturais: câmaras de laticínios e de carnes com sujeira no chão e ferrugem nos ralos. Vencidos: 378g de pizza, 2kg e 800g de queijo muçarela, 776g de linguiça calabresa.

3 – Flor de Valença (Estrada Antônio José Bittencourt, 217 – Nilópolis): Ausência do Livro de Reclamações. Ausência do cartaz com telefone e endereço do Procon. Ausência do Alvará de Funcionamento. Ausência do certificado do Corpo de Bombeiros. Ausência do certificado de dedetização. Ausência do certificado de potabilidade da água. Ausência do cartaz que informa disponibilidade de água filtrada e gratuita. Ausência do cartaz do combate à violência contra a mulher. Problemas estruturais: condições de higiene precárias, pisos quebrados, tetos rachados, fios expostos, sujeira no chão, ferrugem nos equipamentos, mofo no teto, lixeira sem tampa, ausência de tela de proteção na cozinha. Presença de botijão em uso, sem autorização do Corpo de Bombeiros. Presença de gato na cozinha. Alimentos sem especificações de validade: 1kg e 700g de queijo. Cozinha interditada.

TEM INSTAGRAM? SEGUE A GENTE CLICANDO AQUI

04/12/2018

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, informe nossa equipe 21 984040-254

Post Bottom Ad

Pages