Agricultores de Itaguaí aprendem sobre Plantas Alimentícias Não Convencionais - Jornal Destaque Baixada

DESTAQUE

Home Top Ad

PUBLICIDADE

01/04/2019

Agricultores de Itaguaí aprendem sobre Plantas Alimentícias Não Convencionais


Todo mundo já passou por uma Planta Alimentícia Não Convencional (PANC) um dia, mas com certeza não tinha ideia de que elas podiam fazer parte do prato do dia a dia. A Prefeitura de Itaguaí, em parceria com a Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (Embrapa), realizou um curso sobre as PANCs para agricultores da cidade e convidados nessa sexta-feira (29/03), na Secretaria Municipal de Agricultura e Pesca, com o objetivo de ensiná-los sobre a utilização dessas plantas.

Pesquisadora da Embrapa Agrobiologia, Liliá Aparecida Salgado de Morais mostrou aos participantes como utilizar rama de cenoura, beterraba, ora-pro-nobis, caruru, serralha, bertalha e flor de hibisco. Ela também ensinou o aproveitamento integral da banana. Os agricultores aprenderam a fazer biomassa de banana para preparar produtos como brigadeiro. 

- Esse trabalho visa ensinar o agricultor a agregar valor e gerar renda. Mostramos os benefícios das plantas e que o mato também é importante. Estimulamos o aprendizado de coisas novas para levar para feira. Queremos mostrar que o mato é importante. No caso dos produtores de Mazomba, eles já não usam agroquímicos, mas é algo que passamos nas nossas aulas – explicou a pesquisadora.

O curso sobre as PANCS contou com parte teórica e prática. As aulas animaram os participantes, que já faziam planos para botar em ação tudo o que aprenderam. Agricultora de Mazomba, Hercília Harumi destacou a importância da atividade para os produtores.

- Solicitamos esse curso porque muitas pessoas não têm um conhecimento maior sobre as PANCs. Queríamos aprender novas receitas para poder levar para as feiras e divulgar – disse Harumi.

O secretário de Agricultura e Pesca, Jaílson Barboza, acompanhou a atividade e falou sobre os planos de ampliar essas ações na cidade, principalmente para as áreas onde será implantado o projeto do Turismo Rural. Ele também agradeceu à pesquisadora da Embrapa, Liliá Aparecida pela disponibilidade.

- Eu e o prefeito Charlinho ficamos felizes pelo sucesso dessa parceria com a Embrapa. Esse curso ajuda na integração dentro das famílias de pequenos agricultores de Itaguaí, levando conhecimento até eles. Vamos intensificar esse tipo de atividade. Quero associar ao Turismo Rural – afirmou.

As PANCS

As Plantas Alimentícias Não Convencionais (PANCs) muitas das vezes são descartadas por serem consideradas matos, ervas daninha ou plantas invasoras. Também são consideradas PANCs as plantas subaproveitadas, como bananeiras por exemplo. Elas acabam sendo descartadas por falta de conhecimento sobre o seu aproveitamento. Com a valorização dos produtos orgânicos, esse cenário mudou e as PANCs começaram a voltar ao cardápio das pessoas, sendo utilizadas em diversas receitas.

01/04/2019

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, informe nossa equipe 21 97629-7675

Post Bottom Ad

Pages