Belford Roxo encerra Semana da Pátriano centro do município - Jornal Destaque Baixada

DESTAQUE

PUBLICIDADE

06/09/2019

Belford Roxo encerra Semana da Pátriano centro do município


Belford Roxo encerrou nesta sexta-feira a Semana da Pátria no Centro do município com 27 escolas e creches. Os desfiles cívicos foram promovidos pela Secretaria de Educação e desenvolveram o tema “Na infância começamos a construir, através da leitura, um novo tempo”, onde foi feita uma reflexão sobre as ações, projetos e atividades que as unidades escolares desenvolvem e promovem o incentivo à leitura. Na quinta-feira (5), 12 unidades desfilaram no Lote XV, somando 87 escolas e creches que passaram pelos cinco bairros (Heliópolis, Parque São José, Sargento Roncalli, Lote XV e Centro).

O secretário de Educação, Denis Macedo, destacou o empenho dos servidores e dos alunos para que os desfiles fossem um sucesso. “Vamos sempre participar, aprendendo a ser uma sociedade mais igualitária, mais justa e mais inclusiva. Aprendemos com as nossas crianças nessa semana. Quero destacar também a presença da deputada federal Daniela do Waguinho, que sempre prestigiou os desfiles cívicos e viu o que professores e alunso produziram durante o ano em sala de aula”, informou Denis ao lado dos vereadores Rodrigo Gomes e Cristiane Guedes.

A deputada federal, Daniela do Waguinho destacou o carinho que tem pela Secretaria de Educação. “Sou militante da Educação e busco sempre lutar por um ensino de qualidade. A Semana da Pátria nos lembra os 197 anos que o nosso país está completando de independência e precisamos exercer o nosso civismo, patriotismo, o amor à pátria. É sempre um prazer estar na minha cidade e poder assistir essas crianças maravilhosas desfilando. Os professores estão sempre lutando e levando conhecimento aos alunos para amar o país e nossa cidade”, concluiu a deputada.

Encerramento

O desfile foi aberto pela banda Fanfarra Municipal. Depois desfilaram 134 Guardas Municipais seguidos dos 200 guardas mirins que prestaram uma homenagem à guarda Heloísa Bonfim, que faleceu em março deste ano. Logo depois, desfilaram a creche Amor à Criança, José Ignácio Gonçalves “Ziza”, Manoel da Silva Curty com frases do tipo “Jamais dê ouvidos a qualquer estranho”, “Tem hora para brincar, tem hora para estudar” e “As mãos não foram feitas para bater”. A Creche Comunitária Tia Aline também desfilou.

A Escola Municipal de Educação Especial Albert Sabin apresentou cartazes defendendo a inclusão. Em seguida veio o Ciep Municipalizado Casemiro Meirelles com destaque na banda e o pelotão do curso pré-técnico. A escola Professor Paris também trouxe sua banda e faixas enfatizando a importância da leitura. Passaram também a escola Yolanda Costa dos Santos, Bairro das Graças, Alejandro Fernández Nuñez com alunos tocando flauta e violino. A José Mariano dos Passos trouxe um mar com lixo para conscientizar as pessoas sobre a poluição.


Depois passaram a Escola Municipal Príscila Bouças Villanova, primeira secretária de Educação da cidade, Condessa Infante, Sargento Euclides Alves de Araújo, Professora Maria da Paz de Santana dos Santos, Ciep Municipalizado Ministro Gustavo Capanema, escola municipal Tenente Valmor Lynch Valença com banda, Professora Márcia de Brito, Professora Juliêta Rêgo Nascimento com o troféu da Taça das Favelas, Ayrton Senna da Silva, Waldemiro José Pereira, Manoel Gomes com os pequenos Gustavo e Érica vestido de mini soldado e bailarina. A Escola Municipal Belford Roxo trouxe sua banda que animou a avenida com muita música, dança e acrobacias. Ainda desfilaram a Escola Municipal de Educação de Jovens e Adultos Professora Maria Lúcia Sindra Soares, a banda do Colégio Estadual Professor Murilo Braga (São João de Meriti) e o Clube dos Desbravadores.

Celília Lopes, 30 anos, mãe dos meninos Ítalo Alexander, 12 e Átila Alexander, 10, e tia de Heloísa Duarte, 7, destacou a importância de sua família participar dos desfiles. “Me preocupo em mostrar para eles a importância da independência e democracia. Sempre digo que é fundamental eles conhecerem os hinos e os valores que as famílias ainda não agregam. Mas na minha família prezo muito por isso”, finalizou. “Gostei muito de desfilar com os guardas mirins”, acrescentou Ítalo que já desfilou três vezes. “Desfilamos e mostramos nosso amor por Belford Roxo”, destacaram Guilherme e Rebecah Galdino, 6 e 11, que se apresentaram com a Albert Sabin, ao lado da mãe, Ana Cláudia de Souza, 38. “Nós mães corujas acompanhamos os desfiles para ensinar as nossas crianças noções de patriotismo, civismo e nacionalismo. Eles nem dormiram e estiveram empolgados para mostrar o que prepararam”, finalizou Ana Cláudia. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, informe nossa equipe 21 97629-7675

Post Bottom Ad

Pages