Alunos de Nova Iguaçu participam de projeto ‘Bombeiro Mirim’ - Jornal Destaque Baixada

DESTAQUE

PUBLICIDADE

25/10/2019

Alunos de Nova Iguaçu participam de projeto ‘Bombeiro Mirim’


Com o objetivo de despertar nos pequenos participantes o senso de cidadania, o Corpo de Bombeiros realizou o curso de ‘Bombeiro Mirim’ ensina atividades de preservação ambiental, prevenção de incêndios e acidentes domésticos e noções de primeiros socorros. O curso é uma parceria entre a Prefeitura de Nova Iguaçu e o 4ºGBM (Grupamento de Bombeiro Militar de Nova Iguaçu), que está em sua segunda edição. Nesta sexta-feira (25), capacitou 57 alunos das escolas municipais Marcílio Dias, em Santa Rita e Jardim Montevidéo. A previsão é formar pelo menos 500 alunos até o fim do ano.

Eles participaram de oficinas simultâneas de combate a incêndio com extintor, oficina de Casa de Fumaça, onde eles desenvolveram a habilidade de resgate na brigada de incêndio, treinamento militar com teste físico e oficina de primeiros socorros, além de um ‘corridão’ com toda a turma com canções militares.

“O curso foi retomado após cinco anos de ausência. Na primeira edição, em agosto, capacitamos 100 alunos de duas escolas e em novembro abre uma nova turma, que é indicada pela Secretaria Municipal de Educação. O curso tem quatro dias de aulas teóricas e um dia com prática. Passamos para os alunos um pouco do nosso trabalho diário na rua, como conter um vazamento de gás, manusear um esguicho ou combater um incêndio”, explicou o tenente do 4ºGBM, Leonardo Ramos, um dos coordenadores do projeto Bombeiro Mirim.

Aluna do 5º ano da Escola Marcílio Dias, Mayara Santos Baptista, de 11 anos, disse que o curso a ajudou a escolher uma profissão.

“Quero ser bombeira ou uma agente da Defesa Civil. Foi um dia diferente para nós. Não imaginava que podia aprender tudo isso, mas o mais difícil foi a usar a mangueira de incêndio, pois é pesada”, brincou a menina, uma das mais animadas com o projeto.

Já sua colega, a aluna Ingrid Lopes Souza, 14, contou que estava ansiosa e motivada ao aprender o curso, principalmente após saber que quatro bombeiros do Rio perderam suas vidas durante o combate a um incêndio na semana passada.

“Peguei ainda mais gosto pela profissão após ver aqueles bombeiros morreram após inalarem fumaça, pois eles foram heróis e quero aprender a salvar vidas, me tornando uma grande bombeira”, garantiu.

Aos 12 anos, o estudante Marcelo Silva Nascimento Júnior, aprendeu a conter um vazamento de gás pela primeira vez.

“Achava que as chamas saindo do botijão pudessem causar uma explosão. Deu um pouco de medo. Treinei para detectar um vazamento de gás e vou ensinar meus pais em casa como agir nestes casos. Vou estar mais atento”, contou.

O uso do extintor no combate ao incêndio chamou atenção do aluno Lucas Oliveira Pereira, 9, que ainda teve mais dificuldade ao deixar a Casa de Fumaça, onde eles desenvolveram a habilidade de resgate na brigada de incêndio.

“Agora fui entender como um bombeiro faz para deixar um local fechado repleto de fumaça. Tive que me arrastar pelo chão. É uma técnica para não inalar fumaça e morrer. Ainda aprendi a apagar as chamas. Foi um dia diferente pra mim”, afirmou.

Orientadora educacional e professora do 5º ano da Escola Marcílio Dias, Silvia de Araújo, acredita que o aprendizado no curso, que segundo ela ajuda na questão disciplinar, pode servir como avaliação em sala de aula.

“A ideia é implantar na escola um trabalho valendo nota voltado para tudo que eles aprenderam aqui com os bombeiros. Vão se tornar multiplicadores na escola, orientando e ensinando a outros alunos”, avisou.

De acordo com a secretária Municipal de Educação de Nova Iguaçu, Maria Virginia Andrade Rocha, o número de alunos da rede participantes do curso no próximo ano vai duplicar. “Novas turmas serão abertas e em 2020 teremos mil alunos formados”, reforçou.

TEM INSTAGRAM? SEGUE A GENTE CLICANDO AQUI

25/10/2019

Compartilhe nas redes sociais e grupos de WhatsApp

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, informe nossa equipe 21 97629-7675

Post Bottom Ad

Pages