Unidades de urgência e emergência de Nova Iguaçu terão equipes completas durante o carnaval - Jornal Destaque Baixada

DESTAQUE

PUBLICIDADE

20/02/2020

Unidades de urgência e emergência de Nova Iguaçu terão equipes completas durante o carnaval


Para garantir assistência médica à população que vai curtir o carnaval pela Baixada Fluminense, a Secretaria Municipal de Saúde (SEMUS) de Nova Iguaçu montou um plano de ação especial para preparar o atendimento nas unidades de urgência e emergência do município. O Hospital Geral de Nova Iguaçu (HGNI), referência para casos de trauma, média e alta complexidade, a Maternidade Mariana Bulhões, com emergência obstétrica, e as Unidades de Pronto Atendimento 24h (Upas) de Vila de Cava, Austin e Comendador Soares, para baixa e média complexidade, vão atuar com equipes completas de plantão, cada um com sua programação de atendimento, exames e cirurgias durante o feriado prolongado.

O planejamento elaborado para o carnaval pela Secretaria Municipal de Saúde e apresentado ao prefeito Rogerio Lisboa em janeiro. Ele já foi implantado nas unidades de saúde 24h como forma de assegurar que as pessoas que necessitem de atendimento de urgência e emergência possam contar com os serviços oferecidos pela rede municipal. Além disso, os funcionários foram conscientizados sobre a importância de ter equipes completas em todos os plantões para garantir o melhor atendimento médico neste período.




“Todas as unidades de urgência e emergência estarão funcionando com equipes completas e preparadas para o atendimento durante o carnaval. É muito importante lembrar que o HGNI, a Maternidade Mariana Bulhões e as Upas recebem pacientes de toda a Baixada Fluminense, e, por este motivo, organizamos, desde o atendimento pré-hospitalar do município, ao de emergência, garantindo assistência a quem precisar”, afirma o secretário municipal de Saúde, Manoel Barreto.




Além do atendimento de média e alta complexidade, o HGNI vai manter a rotina de cirurgias para os pacientes internados, e se preparar para casos cirúrgicos de urgência, priorizando as altas hospitalares e o giro de leitos durante o feriado prolongado. Para garantir a realização dos procedimentos, o hospital está em campanha de doação de sangue, recebendo doadores em horário estendido até dia 28 de fevereiro. Essa é uma forma de garantir a assistência em uma unidade que convive diariamente com a superlotação, recebendo, em média, 17 mil pacientes por mês, sendo cerca de 45% deles de outros municípios da Baixada Fluminense.




“Fizemos uma reunião com os chefes de cada serviço para priorizar a rotina cirúrgica do paciente internado durante o carnaval e a alta melhorada ou curada, evitando que em algum momento nós tenhamos leitos retidos, garantindo o atendimento na porta de entrada do HGNI. Essa é uma medida muito importante para garantir a assistência em um hospital que vive superlotado”, explica o diretor geral do HGNI, Joé Sestello.




A exemplo do HGNI, a Maternidade Mariana Bulhões também enfrenta a superlotação, chegando a ter quase 150 pacientes internadas, sendo 40% destas de outros municípios da Baixada Fluminense, mas contando com apenas 83 leitos,. Para o carnaval, a unidade também vai manter o cronograma de cirurgias obstétricas, partos e assistência de emergência às gestantes. Já as Upas 24h de Vila de Cava, Comendador Soares e Austin estão prontas para receber pacientes, nas especialidades de Clínica Médica e Pediatria, oferecendo o primeiro atendimento, exames laboratoriais e raio-x de emergência.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, informe nossa equipe 21 97629-7675

cel

Post Bottom Ad

Pages