Violência contra idosos aumenta no RJ durante a pandemia - Jornal Destaque Baixada

DESTAQUE

PUBLICIDADE

15/06/2020

Violência contra idosos aumenta no RJ durante a pandemia


No Dia Mundial de Conscientização da Violência contra a Pessoa Idosa, 15 de junho, a deputada federal Daniela do Waguinho (MDB-RJ) alerta para a importância do Disque 100, serviço telefônico do governo federal que recebe denúncias. Dados do Ministério da Mulher, da Família e dos Direitos Humanos apontam que no Estado do Rio de Janeiro a violência doméstica contra o idoso aumentou 50% durante a pandemia do novo coronavírus.



E, segundo levantamento da Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz), mais de 60% dos casos de violência contra a pessoa idosa ocorrem em seus lares. As mulheres idosas são mais vulneráveis em casa e os homens, mais agredidos na rua, de acordo com o estudo.


São dados que levaram Daniela do Waguinho a assinar a coautoria do projeto de lei 641/2020, junto a outros 16 parlamentares de diferentes partidos, para implementação de medidas de combate à violência doméstica e familiar, com aprimoramento de leis já existentes, para benefício de mulheres vítimas em geral.



“A data de 15 de junho é representativa, mas precisamos estar atentos todos os dias. Temos que repudiar e denunciar qualquer violência contra idosos. A agressão ocorre de várias formas, através da negligência nos cuidados, abandono, violência física, psicológica ou emocional. A pessoa idosa merece uma velhice digna, calma, com todo o respeito e carinho”, afirma Daniela do Waguinho.

TEM INSTAGRAM? SEGUE A GENTE CLICANDO AQUI

15/06/2020
Compartilhe nas redes sociais e grupos de WhatsApp

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, informe nossa equipe 21 97629-7675

cel

Post Bottom Ad

Pages