Frase histórica "Eu tenho um sonho" chega aos 57 anos - Jornal Destaque Baixada

DESTAQUE

PUBLICIDADE

24/08/2020

Frase histórica "Eu tenho um sonho" chega aos 57 anos


“I have a dream” (que na tradução significa, ‘Eu tenho um sonho’). A frase virou símbolo do movimento liderado por Martin Luther King 57 anos atrás, em Washington, capital dos Estados Unidos. A marcha pela igualdade ganhou proporção mundial e um vídeo especial no canal “História e Tu”, no YouTube, que aborda a vida de diferentes personalidades que marcaram o mundo.

Tudo começou quando a trabalhadora negra Rosa Parks retornava de casa para o trabalho no transporte público, num fim de tarde de 1955. Cansada e sem lugar disponível nos assentos dos fundos, que eram destinados aos negros, ela decidiu ocupar uma das vagas exclusivas para pessoas de pele branca. Foi presa, mas causou uma revolução.

O professor de História Danilo da Silva, fundador do canal “História e Tu” com a também professora do Ensino Fundamental Zilmar Nascimento, explica que foi Martin Luther King quem iniciou o movimento em favor de Rosa Parks. “Começou com um boicote à empresa de ônibus. Ele esperava uma adesão de 60% dos negros, mas se surpreendeu, já que o apoio chegou a 100%. A empresa quase faliu e os negros mostraram a força que tinham”, destaca Danilo, acrescentando que o ativista veio a se tornar um dos maiores líderes sociais do século XX.

Em 28 de agosto de 1963, uma multidão foi às ruas pedir igualdade. O discurso feito por Martin Luther King contou com 250 mil pessoas, entre elas, artistas como Marlon Brando, Harry Belafonte, Bob Dylan e Mahalia Jackson,

Os 57 anos da marcha são contados no quadro de biografias no Canal “História e Tu”, no YouTube. Quem acessa o vídeo, conhece a vida do homem que defendeu os direitos do negro e do trabalhador. O herói de uma luta justa, que transformou os EUA e sacudiu o mundo. Esse mesmo ganhador de um Nobel da paz foi inspirado por muitos outros homens e mulheres que não minimizaram a grandeza de pequenas atitudes.

No canal você conhece esse e outros momentos que marcaram a trajetória de um homem que não aceitou que ele ou qualquer outro fosse visto com menos valor por ser negro ou pobre. E entende que, passados 57 anos, muitas pessoas ainda não aprenderam a viver numa sociedade baseada na igualdade.

Exemplo disso é o movimento mundial “Black Lives Matter” (Vidas Negras Importam, em tradução livre). O protesto contra a violência policial sobre os negros teve início após o caso George Floyd em maio deste ano. O homem foi asfixiado e morto durante uma abordagem policial em Minnesota, nos Estados Unidos. A resistência compartilha o mesmo sonho de um século atrás, de uma nação em que as pessoas não são julgadas pela cor da pele, mas sim, pelo caráter.

O Canal “História e Tu” já produziu mais de cinco mil horas de conteúdo retirados de pesquisas em livros, e roteirizados pela dupla de professores de História do Ensino Fundamental em Porto Velho – RO, Zilmar Nascimento e Danilo da Silva, que trabalham em uma escola Estadual.

TEM INSTAGRAM? SEGUE A GENTE CLICANDO AQUI

24/08/2020
Compartilhe nas redes sociais e grupos de WhatsApp

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, informe nossa equipe 21 97629-7675

cel

Post Bottom Ad

Pages