Maternidade de Queimados registra milésimo parto - Jornal Destaque Baixada

DESTAQUE

PUBLICIDADE

11.03.2020

Maternidade de Queimados registra milésimo parto


À 1h38 desta terça-feira (3), mais um milagre da vida nasceu na cidade dos antigos laranjais, na Baixada Fluminense. Além de ser um grande motivo de alegria e felicidade aos pais, a pequena Julia – nome recebido em homenagem a avó - representa um marco na história da Maternidade Municipal Queimados: é o milésimo bebê vir ao mundo no local. Inaugurada pela Prefeitura, por meio da Secretaria Municipal de Saúde, há quase cinco meses, a unidade presta assistência gratuita em procedimentos de pré-parto, parto e pós-parto, 24h por dia.

Pesando 3,380 kg e medindo 49 centímetros, Julia nasceu de parto cesárea e já se tornou a queridinha na família. “É impossível descrever a minha felicidade em ver o rostinho da Julia pela primeira vez. Ter a minha única filha em meus braços é gratificante demais. Agradeço a toda equipe médica pela excelente assistência que nos deram. Graças a Deus tudo ocorreu bem”, contou recepcionista Thais Santos, mãe da nova queimadense e moradora do bairro Cerâmica, em Nova Iguaçu.

Com capacidade para realizar até 500 partos por mês, a maternidade é totalmente gratuita e realiza partos normais, cesáreas e humanizados. Além disso, a unidade conta com 42 leitos de internação, dois centros cirúrgicos com berço aquecido, berçário pós-parto, salas de medicação e de exames de ultrassonografia e cardiotocografia, consultório ginecológico, pediátrico e de classificação de risco, laboratório de análises clínicas, farmácia, atendimento psicológico e acolhimento humanizado.

De acordo com o secretário da Pasta, Elton Teixeira, a maternidade também presta assistência a gestantes de outras localidades. “É gratificante ver que não só a população de Queimados foi beneficiada com o equipamento que tanto lutamos para ter. Para se ter uma ideia, 52% dos atendimentos realizados na unidade são de moradoras da cidade, 30% são de Nova Iguaçu, 15% de Japeri e 3% de outros municípios”, afirmou o gestor.

A Casa de Saúde Bom Pastor era uma unidade particular conveniada ao Sistema Único de Saúde (SUS) e realizava cerca de 2 mil partos por ano. Em 2014, ela foi fechada pelos donos, que não conseguiam mais arcar com os custos do local. Após anos de luta judicial, o governo municipal conseguiu concretizar o processo de desapropriação do imóvel, para assim começar a transformação do espaço em uma maternidade totalmente pública, sonho antigo da população.

As obras de reforma, modernização e ampliação do local foram realizadas graças à parceria entre a Prefeitura de Queimados e o Ministério da Saúde e atende todas as normas de acessibilidade, como rampas de acesso e elevador nos três pavimentos.

Para receber o atendimento médico na maternidade, é necessário comparecer ao local (Rua Deusinho Freitas, 13, Centro) portando identidade, CPF, comprovante de residência e cartão do SUS.

TEM INSTAGRAM? SEGUE A GENTE CLICANDO AQUI

03/11/2020 
Compartilhe nas redes sociais e grupos de WhatsApp

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, informe nossa equipe 21 97629-7675

Post Bottom Ad

Pages