Procon flagra filas enormes e autua bancos da Baixada Fluminense - Jornal Destaque Baixada

DESTAQUE

PUBLICIDADE

2.22.2021

Procon flagra filas enormes e autua bancos da Baixada Fluminense


Nesta segunda-feira, 22/02, o Procon Estadual do Rio realizou ação de fiscalização em 11 agências bancárias e quatro postos de atendimento dos correios nos municípios de Nova Iguaçu, Duque de Caxias, Nilópolis, Mesquita e Belford Roxo para apurar denúncias de consumidores. Em nove bancos vistoriados, os consumidores precisaram aguardar pelo menos uma hora para serem atendidos. Alguns relataram que chegaram às 4:30h da madrugada para garantir o atendimento. Já nos Correios, os fiscais identificaram falhas na prestação do serviço, já que os consumidores reclamaram que não conseguem informações de onde estão as suas encomendas e quando elas serão entregues.

Em agências bancárias, os fiscais identificaram ainda filas externas com aglomeração, sem marcação no chão para manter o distanciamento social, nem funcionários para organizar e orientar os consumidores. Idosos aguardavam juntos com os demais, sem haver diferenciação entre atendimento prioritário e convencional. Em um dos bancos, não havia uma separação na fila externa entre pessoas para atendimento nos caixas presenciais, FGTS e auxílio emergencial, gerando tumulto e espera de mais de 2h.

Enquanto no interior de uma agência havia lugares vagos para sentar, cidadãos aguardavam do lado externo da agência em pé. Um problema recorrente foi a ausência de autenticação eletrônica de pagamento no próprio documento, contrariando a lei estadual 6575/13. Os agentes ainda identificaram que algumas agências não possuem caixa adaptado para cadeirantes. Todos os bancos fiscalizados foram autuados.

Nos postos de atendimento dos Correios, os agentes identificaram atraso na entrega das encomendas e ausência de informação clara e precisa ao consumidor. Em uma das agências, o tempo de espera na fila foi superior a uma hora, não havia demarcação no chão, gerando aglomeração. Das quatro filiais fiscalizadas, três foram autuadas.

Balanço da operação:

BANCOS

1. Caixa econômica – Av. Getúlio Vargas, 1411, Centro, Nilópolis

Ausência de autenticação eletrônica de pagamento no próprio documento, contrariando a lei estadual 6575/13; Fila externa sem demarcação no chão para manter o distanciamento social com 50 consumidores aguardando para entrar na agência, sem haver diferenciação entre atendimento prioritário e normal, além de não ter funcionário da agência orientando; Espera superior a 1h para atendimento; Ausência do cartaz com telefone do Procon-RJ e do livro de reclamações.

2. Caixa Econômica – Av. Benjamim Pinto Dias, 121, Centro, Belford Roxo

Fila externa de aproximadamente 200 pessoas para atendimento. Consumidores relataram que chegaram na fila entre 4:30h e 5h da manhã; Não havia uma separação na fila externa entre consumidores que iriam fazer atendimento nos caixas presenciais, FGTS e auxílio emergencial, gerando aglomeração e espera de mais de 2h para atendimento; Ausência de autenticação eletrônica de pagamento no próprio documento em algumas contas, contrariando a lei estadual 6575/13.

3. Itaú – Av. Brigadeiro Lima e Silva, 1685, Centro, Duque de Caxias

Fila externa do banco sem marcação no chão, gerando aglomeração; Enquanto no interior da agência havia lugares vagos para sentar, mais de 20 consumidores aguardavam do lado externo da agência em pé; Ausência de autenticação eletrônica de pagamento no próprio documento, contrariando a lei estadual 6575/13; Ausência de guarda-volumes com chave individual para utilização do consumidor enquanto estiver no estabelecimento e também não havia caixa adaptado para cadeirante.

4. Itaú – Av. Mirandela, 165, Centro, Nilópolis

Espera superior a 1h para atendimento prioritário; Fila externa do banco gerando aglomeração;
Ausência de autenticação eletrônica de pagamento no próprio documento, contrariando a lei estadual 6575/13.

5. Banco do Brasil – Av. Benjamin Pinto Dias, 1762, Centro, Belford Roxo

Fila externa com aproximadamente 100 pessoas, com tempo de espera superior a 2h de para atendimento, sem demarcação no chão gerando aglomeração e não havia funcionário da agência dando orientações aos consumidores. Consumidores relatam que chegaram na fila entre 7h e 8h da manhã;

Ausência de guarda-volumes com chave individual antes da porta giratória para utilização do consumidor enquanto estiver no estabelecimento; Ausência de autenticação eletrônica de pagamento no próprio documento, contrariando a lei estadual 6575/13.

6. Caixa Econômica Federal – Praça Roberto Silveira, 24, Duque de Caxias

Fila externa com aproximadamente 100 pessoas para atendimento com tempo de espera superior a 2h, sem demarcação no chão, gerando aglomeração e não havia funcionário da agência dando orientações aos consumidores;

Não havia cartaz com telefone do Procon-RJ, livro de reclamações visíveis ao consumidor, nem caixa de atendimento prioritário como determina a lei; O Caixa eletrônico para pessoas portadoras de necessidades especiais apresentava a mesma altura dos outros caixas de atendimento eletrônico, possibilitando a exposição dos dados do cadeirante.

7. Banco Itaú – Av. Benjamim Pinto Dias, 1647, Cento, Belford Roxo

Fila externa de aproximadamente 20 pessoas, com tempo de espera superior a 1h para atendimento;
Guarda volume encontra-se na área externa da agência, enquanto deveria ficar internamente;
Ausência de autenticação eletrônica de pagamento no próprio documento, contrariando a lei estadual 6575/13.

8. Banco Santander Brasil – Rua Otávio Tarquino, 157, Centro, Nova Iguaçu

Fila externa de aproximadamente 50 pessoas com tempo de espera para atendimento superior a 1h, sem demarcação no chão gerando aglomeração. Descumprimento da legislação municipal que determina atendimento prioritário aos idosos das 8 às 10h;
Ausência de biombo entre consumidores e caixas; Ausência de autenticação eletrônica de pagamento no próprio documento, contrariando a lei estadual 6575/13.

9. Banco Bradesco – Av. Amaral Peixoto, 450, Centro, Nova Iguaçu.

Fila de aproximadamente 20 pessoas sem distinção entre atendimento preferencial e comum, com tempo de espera de aproximadamente 2h, gerando aglomeração; Não há atendimento específico para idosos de 08h às 10h conforme determina a lei 4901/2020; Ausência do livro de reclamações do Procon-RJ.

10. Banco Itaú – Rua Prefeito José M. Paixão, Mesquita

Fila externa com aproximadamente 1 hora de espera para entrar na agência para ser atendido, com aglomeração; Guarda volume encontra-se na área externa da agência, enquanto deveria ficar internamente; Ausência de caixa eletrônico adaptado para pessoas com necessidades especiais; Ausência de autenticação eletrônica de pagamento no próprio documento, contrariando a lei estadual 6575/13;

Ausência de informações sobre o recebimento de determinadas contas. 11. Banco Santander Brasil – Rua Prefeito Jose Montes Paixao, 1877, Centro. Livro de reclamações não autenticado pelo Procon-RJ; Consumidores aguardando atendimento no interior da agência sem distinção entre atendimento preferencial e comum;

Atendimento sendo feito por ‘ordem de chegada’ não sendo distribuídas senhas.

CORREIOS

1. Empresa Brasileira de Correios e Telégrafos – Av. Getulio de Moura, 8610, Mesquita;
Atraso da entrega de encomendas;

Ausência adequada quanto às informações referentes ao rastreio das encomendas, impossibilitando o consumidor saber onde a sua encomenda está localizada e sua previsão de entrega; Espera superior a 1h para atendimento.

2. Empresa Brasileira de Correios e Telégrafos –Av. Getúlio de Moura, 3610, Juscelino, Mesquita

Ausência de informações adequada ao consumidor em relação à retirada de mercadorias, fazendo com que consumidores percam tempo esperando atendimento na fila errada; Ausência de cartazes ou funcionários dando informações para orientação dos consumidores; Fila sem demarcação gerando aglomeração.

3. Empresa Brasileira de Correios e Telégrafos – Av Nilo Peçanha, 1172 – Duque de Caxias

Fila com 28 pessoas aguardando atendimento, sem demarcação no chão, gerando aglomeração; Falha na entrega de encomendas.

4. Empresa Brasileira de Correios e Telégrafos – Av. Vila São Luiz, Av. Prefeito Jorge Júlio dos Santos, 200, Belford Roxo

Serviço prestado de forma adequada; Não havia fila de consumidores significativa; Atendimento ao consumidor inferior a 10 minutos; Funcionários respeitando as normas de enfrentamento ao COVID-19; Não havia demarcação no chão de modo a garantir o distanciamento necessário. Orientou-se no ato a adequação imediata, o que foi acatado.

TEM INSTAGRAM? SEGUE A GENTE CLICANDO AQUI

22/02/2021

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, informe nossa equipe 21 97629-7675


Post Bottom Ad

Pages