Feiras livres de Mesquita com nova padronização e atualização de cadastro aberta - Jornal Destaque Baixada

DESTAQUE

PUBLICIDADE

5.14.2021

Feiras livres de Mesquita com nova padronização e atualização de cadastro aberta



As feiras livres de Mesquita estão de cara nova. Já há algumas semanas, as barracas estão sendo padronizadas. Mas outras novidades estão sendo inseridas, no intuito de melhorar as condições de trabalho dos feirantes e, ao mesmo tempo, facilitar as compras dos moradores da cidade. Na Vila Emil, por exemplo, a feira que acontece sempre às quartas, das 7h às 14h,passou da Rua Hipólito para a Rua Ambrósio.

“Foi bom, porque melhorou o movimento e, assim, também as nossas vendas. Com essa padronização, até a imagem das mercadorias fica mais bonita. Além disso, passa uma imagem maior de organização, de limpeza”, avalia Hélio Quintão, que já atua nesse mercado há mais de 20 anos, 15 deles no município de Mesquita.

Para garantir a organização das feiras, há sempre uma dupla de guardas municipais, com uma viatura, além de agentes de trânsito e fiscais da própria Subsecretaria Municipal de Ordem Pública. Outro ponto que tem agradado tanto quem trabalha quanto quem faz compras na feira é que, agora, todas contam com banheiro químico.

“É importante criar esse clima não só de organização, mas também de limpeza, de higiene. Quem está trabalhando o dia inteiro na rua precisa usar o banheiro. Sem os banheiros químicos, as pessoas dependiam da boa vontade de comerciantes da área. Agora, isso já não é mais preciso”, valoriza o subsecretário municipal de Ordem Pública de Mesquita, Wanderley Fordiani Júnior.

Mudança elogiada

Muitos feirantes já perceberam mudanças nas vendas desde que a feira da Vila Emil passou da Rua Hipólito para a Rua Ambrósio. “É uma via principal, as pessoas fazem de tudo por ela”, elogia Márcio Barros, que atua no local há oito anos. “Além do movimento maior, a feira ficou mais ampla. Lá, era mais apertado. Ou seja, em período de pandemia, essa mudança deixa a feira ainda mais segura também”, opina Priscila Martins, de 38 anos. Mãe de seis filhos, ela trabalha na feira com o marido.

Mesmo quem não chegou a pegar a feira na Rua Hipólito percebe que a Rua Ambrósio é um lugar com mais visibilidade no bairro. “Eu não tenho motivos para reclamar. Cheguei na feira há um mês vendendo refeições, porque todo mundo precisa comer, mesmo na crise. É uma coisa que dá lucro e que ainda não tinha aqui”, conta Nelma de Souza, que dá seus primeiros passos como profissional de feira livre. “Com essa padronização, aproveitei para usar materiais que combinam com as cores da barraca”, diz, empolgada com seu negócio.

Nova feira na Chatuba

A partir da próxima segunda-feira, dia 17, os moradores da Chatuba terão a primeira feira livre do bairro. Ela acontecerá semanalmente, sempre na Rua Lídia, entre as ruas Almirante Batista das Neves e Roldão Gonçalves.

“Os moradores da Chatuba precisavam ir a outros bairros se quisessem ter acesso a alguma feira livre da cidade. Agora, isso não será mais um problema. Essa é uma área que vem recebendo atenção especial da prefeitura e ter uma feira livre própria faz parte desse processo de mudança na qualidade de vida”, avalia Wanderley Fordiani Júnior, subsecretário municipal de Ordem Pública de Mesquita.

Recadastramento

Os feirantes vêm sendo convocados, já há algumas semanas, a se recadastrarem na Subsecretaria Municipal de Ordem Pública. Inicialmente, a chamada era para que a atualização de informações fosse realizada até o dia 30 de abril. Porém, esse prazo foi estendido até o dia 20 de maio.

Para o recadastramento, é preciso ir à Rua Juliana 479, em Santo Elias, e apresentar original e cópia de RG, CPF e comprovante de residência. Também é necessário levar duas fotos 3X4 e a antiga licença ou protocolo. O atendimento é realizado de segunda a sexta-feira, das 9h às 12h e das 13h às 16h.

Locais de feiras livres em Mesquita, sempre das 7h às 14h:

Segundas: Rua Lídia, na Chatuba;

Terças, na Avenida Dr. Manoel Duarte, em Santa Terezinha;

Quartas, na Rua Ambrósio, na Vila Emil;
Quintas, na Rua Goiás, na Coreia;
Sábados, na Avenida Marechal Castelo Branco, em Edson Passos;
Domingos, na Estrada Feliciano Sodré, no Centro.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, informe nossa equipe 21 97629-7675

Post Bottom Ad

Pages