Nova Iguaçu lança Patrulha Municipal Maria da Penha a partir desta sexta-feira - Jornal Destaque Baixada

DESTAQUE

PUBLICIDADE

quinta-feira, setembro 30, 2021

Nova Iguaçu lança Patrulha Municipal Maria da Penha a partir desta sexta-feira

Fotos: Renato Fonseca/PMNI

Com o objetivo de acompanhar mulheres vítimas de violência doméstica que receberam da Justiça medidas protetivas de urgência, Nova Iguaçu contará, a partir desta sexta-feira (1º), com a Patrulha Municipal Maria da Penha. Ela irá observar se o que determina a Lei Maria da Penha está sendo cumprida e se a vítima não está vulnerável ao agressor.

Nesta quinta (30), o major Fernando Bastos, coordenador do PROEIS - Nova Iguaçu Mais Seguro, o Programa Estadual de Integração na Segurança, recebeu a Tenente-Coronel Claudia Moraes, coordenadora do Programa Patrulha Maria da Penha - Guardiões da Vida da Polícia Militar do Estado do Rio de Janeiro (PMERJ). Em pauta, os últimos detalhes para o início do projeto que terá os mesmos moldes da Patrulha Maria da Penha da Polícia Militar.

Uma dupla de policiais, sempre um homem e uma mulher, treinados para o serviço, vai atuar, de segunda a sábado, de 10h às 18h, em uma viatura do PROEIS - Nova Iguaçu Mais Seguro. O veículo conta com identidade visual própria da Patrulha Maria da Penha, com uma faixa de cor lilás. Os policiais irão fazer uso do Boletim de Ocorrência da Polícia Militar (BOPM) online, que vai permitir saber os locais com maior incidência desses casos de violência doméstica.

"Nova Iguaçu tem se destacado por promover várias ações pelos direitos e defesa das mulheres vítimas de violência doméstica. Temos os serviços prestados pela nossa Superintendência de Políticas para Mulheres e, recentemente, criamos a Oficina Mulher Livre, que ensina defesa pessoal às mulheres. Agora, estamos ampliando essa assistência com a Patrulha Municipal Maria da Penha, que dará mais segurança e eficiência para mulheres que têm medidas protetivas da Justiça", afirmou o prefeito de Nova Iguaçu Rogerio Lisboa.

A expectativa do projeto é assistir, em média, cinco mulheres moradoras de Nova Iguaçu por dia, complementando a Patrulha Maria da Penha já realizada pelo 20º BPM, responsável também por acompanhar casos em Nilópolis e Mesquita.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, informe nossa equipe 21 97629-7675


Pages