Em Belford Roxo, quase 4 mil cães e gatos são vacinados - Jornal Destaque Baixada

DESTAQUE

PUBLICIDADE

terça-feira, novembro 30, 2021

Em Belford Roxo, quase 4 mil cães e gatos são vacinados


A Prefeitura de Belford Roxo intensificou a campanha de vacinação antirrábica no município. A equipe de Departamento de Controle de Vetores e Zoonoses da Secretaria realizou o Dia D em diversos bairros como: Palmeirinha, Xavantes, Vila São Luís e mais seis pontos. A meta é fechar o ano com 50 mil animais vacinados. No Dia D, 3.483 animais foram imunizados, sendo 2.836 cães e 647 gatos foram imunizados.

Em novembro, a Secretaria Municipal de Saúde realizou a capacitação de 51 agentes de combate às endemias para atuar na campanha. “Peço às pessoas que vacinem seus animais porque é muito importante se vacinar anualmente para enfrentarmos a raiva”, declarou o agente de endemias Alexandre Mendes Dionísio, que ficou responsável no polo de vacinação da Escola Municipal Miguel Ângelo Leone, no bairro Xavantes.

Para a estudante Sabrina Martins, 27 anos, investir nos estudos e na capacitação facilitará na adesão do público. “Sou muito ligada à pesquisa sobre os humanos e animais. Tenho o privilégio de receber a atenção e o aparato da prefeitura nesse ponto. Na minha casa tem três gatos, ainda vou vacinar o terceiro. Vamos acompanhar os canais de divulgação e saber o que é melhor para os nossos bichinhos”, recomendou Sabrina Martins.

A estudante Izadora Assis, 21, tem um cachorro há nove anos e cuida do pet como parte da família. “Quero proteger o meu cachorro com a antirrábica e com as outras vacinas que são necessárias. “É fundamental ficarmos atentas às datas de vacinação dos nossos bichinhos”, conclui Izadora.

O que é a raiva?

A raiva é uma doença infecciosa viral aguda, que acomete mamíferos, inclusive o homem, e caracteriza-se como uma encefalite progressiva e aguda com letalidade de aproximadamente 100%. É causada pelo Vírus do gênero Lyssavirus, da família Rabhdoviridae. A raiva é transmitida ao homem pela saliva de animais infectados, principalmente por meio da mordedura, podendo ser transmitida também pela arranhadura e/ou lambedura desses animais.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, informe nossa equipe 21 97629-7675


Pages