Belford Roxo fecha o ano com mais de sete mil atendimentos do Cidadania em Ação - Jornal Destaque Baixada

DESTAQUE

PUBLICIDADE

quinta-feira, dezembro 23, 2021

Belford Roxo fecha o ano com mais de sete mil atendimentos do Cidadania em Ação



A Secretaria de Assistência Social, Cidadania e Mulher de Belford Roxo realizou a última edição do projeto Cidadania em Ação no Bairro das Graças. Os moradores que passaram por lá tiveram acesso a serviços do ônibus Estação Mulher, dos equipamentos e de saúde. Ao todo, foram realizadas oito ações este ano, nos meses de novembro e dezembro somando 7.932 do projeto e 3.288 somente do Estação Mulher. O projeto passou pelos bairros São Leopoldo, Shangrilá, Bom Pastor, Gogó da Ema, Roseiral, Lote XV, Parque Amorim e Bairro das Graças.

Os serviços ofertados foram: vacina contra a covid-19; testes rápidos da covid-19; vale social; serviços jurídicos; CPF; certidão de antecedentes criminais estadual e federal; declaração de isenção do IR; quitação eleitoral; agendamento Riocard sênior; ouvidoria; exame de vista; bolsa família; pesagem de bolsa família; isenções de identidade, certidão de nascimento, casamento e militar; certidão de óbito; retificação de certidões; casamento civil; cartão do SUS; vaga legal; e passe interestadual.

A secretária de Assistência Social, Cidadania e Mulher, Brenda Carneiro, explicou que essa foi a última ação deste ano. “É uma honra estar nas ruas levando os serviços até a população. Realizamos também ações aos sábados para quem não pudesse ir nos dias de semana. Muitas pessoas aproveitaram os serviços para deixar sua documentação e saúde em dia”, explicou a secretária. Para a secretária especial de Atendimento à Saúde da Mulher, Priscila Musser, esse trabalho na ação é diferente do que está acostumada dentro da unidade onde a pessoa procura o serviço. “O Cidadania em Ação é mais para quem não tem tempo ou interesse em se cuidar, mas por estarmos nas portas de suas casas, participam também”, completou.

União de trabalhos

O presidente institucional do Grupo Hospitalar Fluminense, Leandro Santoro, destacou que o principal é mostrar que unidos o trabalho acontece em prol da população. “Trocamos muitas informações de como atender os pacientes e, principalmente, em um primeiro momento no Estação Mulher, que nos trouxe um grande ensinamento de atendimento. Percebemos também muitas mulheres que nunca foram ao médico especialista”, disse.

Pela segunda vez o cobrador rodoviário Gilson de Oliveira Marques, 46 anos, foi em busca dos serviços do Cidadania em Ação. Ele aproveitou para renovar a identidade e receber sua dose contra a influenza. “O projeto é muito bom, pois adianta muito o lado do morador que às vezes não tem acesso aos locais que são distantes. Ainda mais para quem trabalha fora. Sábado é um ótimo dia para acontecer a ação”, disse. A aposentada Marlúcia Eloy, 65, também marcou presença na ação. “Soube do projeto pela minha filha que mora no bairro. Tomei minha dose de reforço contra a covid-19, fiz o preventivo, peguei encaminhamento para mamografia, aferi glicose, pressão arterial e muito mais. É tanta coisa que aproveitei de tudo em um único local”, finalizou.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, informe nossa equipe 21 97629-7675


Pages